Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DO USO DE SMARTPHONES NA INCIDÊNCIA DA NEUROPATIA COMPRESSIVA: SÍNDROME DO TUNEL DO CARPO

PEREIRA, Juliana Fernandes; PASCHOARELLI, Luis Carlos; MEDOLA, Fausto Orsi;

Artigo Completo:

O Smartphone tem se tornado na ultima década objeto de uso contínuo e considerado uma extensão do homem em suas relações sistêmicas de uso. Este acréscimo repentino sobre a quantidade de usuários e o vasto tempo em que desenvolvem suas atividades repetitivas, pode acarretar no surgimento ou desenvolvimento de neuropatias compressivas como a síndrome do túnel do carpo. Deste modo, é necessário realizar um estudo sobre a relação entre usuário-objeto e o aumento na incidência alarmante desta síndrome do mundo moderno.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-conaerg2016-7016

Referências bibliográficas
  • [1] ASSUNÇÃO, A A, ALMEIDA IM. In: MENDES R. Patologia do trabalho. 2ª ed. Rio de Janeiro: Atheneu; 2002.
  • [2] DAWSON, D. M. Current concepts: entrapment neuropathies of the upper extremities. The New England journal of medicine. Boston. 1993.
  • [3] DANGELO J.G. Anatomia Humana sistémica e segmentar, 2ª edição. Atheneu, 1995.
  • [4] KAPANDJI, A. I. Fisiologia articular. 5 ed. São Paulo: Panamericana, 2000
  • [5] KENDALL, F. P.; McCREARY, A. K.; PROVANCE, P. G. Músculos – provas e funções com postura e dor. 4 ed. São Paulo: Manole, 199
  • [6] López, M., Laurentis, J.M.; Semiologia Médica, livraria Atheneu, Livraria Interminas, 1988.
  • [7] MATTAR Jr., R.; STARCK, R.; AZZE, R. J.; CAMILLO, A. C. Liberação endoscópica do canal do carpo por acesso único: estudo comparativo com a técnica aberta convencional. Revista brasileira de ortopedia. v. 31, n. 04, p. 297-302, abr. 1996, CDROM.
  • [8] MOORE, K. L.; DALLEY, A. Membro superior: Anatomia orientada para a clínica. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.
  • [9] PAGET, J. Lectures on surgical pathology. 2 ed. Philadelphia: Lindsay and Blakiston, 1854; p. 42-8.
  • [10] PORTILLO, R. Síndrome do túnel do carpo. Correlação clínica e neurofisiológica. Revista da Faculdade de Medicina San Fernando, Vol.65, 2004
  • [11] SEVERO, Antonio; AYZEMBERGUE, Henrique; PITAGORAS, Tatiana; NICOLODI, Daniel; MENTZ, Liege; LECH, Osvandre. Síndrome do túnel carpal: análise de 146 casos operados pela mini-incisão. Revista Brasileira de Ortopedia: 2001.
  • [12] TATAGIBA, Marcos; MAZZER, Nilton; AGUIAR, Paulo H. P.; PEREIRA, Carlos U. Nervos periféricos. 1 ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2003.
  • [13] VERDUGO, R. J.; SALINAS, R. S.; CASTILLO, J.; CEA, J. G. Surgical versus nonsurgical treatment for carpal tunnel syndrome (Cochrane Review). The Cochrane library. Oxford, v. 03, 12 p. 2002.
  • [14] VILLA MARTINEZ, S. Los smartphones y su incidencia en el síndrome del túnel carpiano. Ciencias Administrativas, Económicas y Contables USB Cartagena, Cartagena, 20
  • [15] WERNER, R. A.; ANDARY, M. Carpal tunnel syndrome: pathophysiology and clinical neurophysiology. Clinical Neurophysiology. v. 113, n. 09, p. 1373-1381, sep. 2002.
Como citar:

PEREIRA, Juliana Fernandes; PASCHOARELLI, Luis Carlos; MEDOLA, Fausto Orsi; "AVALIAÇÃO DO USO DE SMARTPHONES NA INCIDÊNCIA DA NEUROPATIA COMPRESSIVA: SÍNDROME DO TUNEL DO CARPO", p. 933-942 . In: 1º Congresso Internacional de Ergonomia Aplicada [=Blucher Engineering Proceedings, v.3 n.3]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-conaerg2016-7016

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações