Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DA FIBRA DO SISAL COMO SUBSTRATO EM BIOPROCESSOS

COSTA, W. A. DA; SANTOS, E. A. DOS; SILVA, F. L. H. DA; SILVA, J. D.; CONCEIÇÃO, M. M. DA;

Artigo Completo:

Tendo em vista a grande relevância que os produtos de origem microbiológica vêm tomando nas ultimas décadas, o presente artigo estudou a viabilidade do uso da fibra do sisal como substrato em bioprocessos. A caracterização do material mostrou que o mesmo apresenta uma composição de 51,00% de celulose, 17,64% de hemicelulose e 12,26% de Lignina. Na etapa de pré-tratamento ácido, a condição que forneceu uma maior produção de açúcares fermentescíveis foi a realizada com 3,5% de H2SO4 e 2 h de reação em autoclave, a uma proporção de material sólido/solução de 1:10 (m/v).

Artigo Completo:

Palavras-chave: fibra do sisal,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-401

Referências bibliográficas
  • [1] CANILHA, L. et al. Bioconversion of Sugarcane Biomass into Ethanol: An Overview about composition, Pretreatment methods, Detoxification of hydrolysates, Enzymatic Saccharification and Ethanol fermentation. Journal of Biomedicine and biotechnology, p. 1-15, out 2012.
  • [2] CASSALES, A. R. Otimização da hidrólise da casca de soja (Glycine max) e a avaliação da capacidade de produção de xilitol e etanol por microrganismos sobre este hidrolisado. Porto Alegre:UFRGS, 2010. 138 p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, 2010.
  • [3] DA SILVA, O. R. R. F. et al. Cultivo do sisal no nordeste brasileiro. EMBRAPA. Campina Grande, p. 1-23, jul, 2008.
  • [4] LIMA, C. S. S. et al. Characterization of acid hydrolysis of sisal. Applied Energy, v. 102, p. 254-259, 2013.
  • [5] LIMA, E. E. et al. Produção de Etanol de segunda geração proveniente do bagaço do pedúnculo do caju. Revista Caatinga, Mossoró, v. 28, n. 2, p. 26-35, abr-jun 201
  • [6] MARTIN et al., Caracterização química e estrutural de fibra de sisal da variedade Agave sisalana. Polímeros: Ciência e Tecnologia, v.19 n.1 p.40-46, São Paulo, 2009.
  • [7] MORAIS, J. P. S.; ROSA, M. de F.; MARCONCINI, J. M. Procedimento para análise lignocelulósica. Campina Grande: Embrapa Agroindústria Tropical, 2010.
  • [8] ROBERTO, I. C.; MUSSATTO, S. I. Avaliação de diferentes tipos de carvão ativo na destoxificação de hidrolisado de palha de arroz para produção de xilitol. Food Science and Technology, v. 24, n. 1, Campinas, 2004.
Como citar:

COSTA, W. A. DA; SANTOS, E. A. DOS; SILVA, F. L. H. DA; SILVA, J. D.; CONCEIÇÃO, M. M. DA; "AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DA FIBRA DO SISAL COMO SUBSTRATO EM BIOPROCESSOS", p. 3240-3245 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-401

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações