Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DE CALÇADAS PÚBLICAS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SOB A ÓTICA DA ERGONOMIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO

VILLAROUCO, Vilma; CABRAL, Ana Karina Pessoa; FIGUEIREDO, Leila Seixas; MONTEIRO, Pollyanna de Sá;

Artigo Completo:

No Brasil, é dever do Estado adequar todas as suas instituições de ensino, principalmente instituições de ensino superior (IES) públicas, à legislação vigente quanto a acessibilidade, aplicando ainda preceitos de Ergonomia e Desenho Universal. A pesquisa buscou realizar uma avaliação ergonômica em calçadas públicas em uma IES, sob a ótica da Ergonomia do Ambiente Construído. Realizou-se pesquisa de campo, exploratória-descritiva, aplicando a Metodologia Ergonômica para o Ambiente Construído (MEAC). Foram entrevistados 08 sujeitos (estudantes, funcionários e pessoas com deficiência), sendo identificados condicionantes nesse trajeto, relacionados a obstáculos, risco de acidentes, conforto ambiental e artefatos, sendo, por fim, fornecidas recomendações ergonômicas.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Ergonomia, Ambiente Construído, Rotas Acessíveis, Acessibilidade,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-eneac2016-AMB02-1

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT NBR 9050. Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. 2015. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/
  • [2] BRASIL. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. 4. ed., rev. e atual. – Brasília: Secretaria de Direitos Humanos/Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, 2011.
  • [3] ______. Ministério da Educação. POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Brasília, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf
  • [4] ______. Decreto n° 5.296/200 Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm
  • [5] CIAM – Congresso Internacional de Arquitetura Moderna. Carta de Atenas. Novembro 1933. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/
  • [6] DISCHINGER, M. Designing for all senses: accessibile spaces for visually impaired citizens. Goteborg, Sweden. 2000. 260 p. Thesis (for the degree of Doctor of Philosophy) – Department of Space and Process School of Architecture, Chalmers University of Technology, 2000.
  • [7] ELALI, G. A. Elementos do processo projetual como fonte de stress ambiental: explorando aspectos que podem influenciar a relação usuário-ambiente. São Carlos, SP – Brasil, 2009. Anais... Simpósio Brasileiro de Qualidade do Projeto no Ambiente Construído/ IX Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios.
  • [8] GOMES, M.M.A. et al. UFPB PARA TODOS: TRILHANDO CAMINHOS... ação ergonômica – Revista Brasileira de Ergonomia. 2012. volume 7, número 2. P. 92-106.
  • [9] IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. In: ______. 2 ed. São Paulo: editora Edgard Blucher, 2005.
  • [10] MATOS, E.; QUEIROZ, L. P. Árvores para cidades. Salvador: Solisluna, 2009.
  • [11] SANOFF, Henry. Visual Research Methods in Design. New York: Van Nostrand R 1991.
  • [12] VILLAROUCO, V. O que ambiente está adequado? I Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído. II Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. 2007, Recife. Anais... Recife: ENEAC, 2007.
  • [13] ______. Construindo uma metodologia de avaliação ergonômica do ambiente – AVEA. Congresso Brasileiro de Ergonomia. XV, 2008, Porto Seguro. Anais... Recife: ABERGO, 2008.
  • [14] ______. An ergonomic look at the work environment WORLD CONGRESS ON ERGONOMICS, XVII, 2009, Beijing-China. Anais… Beijing-China: IEA, 2009.
Como citar:

VILLAROUCO, Vilma; CABRAL, Ana Karina Pessoa; FIGUEIREDO, Leila Seixas; MONTEIRO, Pollyanna de Sá; "AVALIAÇÃO DE CALÇADAS PÚBLICAS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SOB A ÓTICA DA ERGONOMIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO", p. 169-180 . In: Anais do VI Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído & VII Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral [=Blucher Design Proceedings, v.2 n.7]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-eneac2016-AMB02-1

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações