Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DASAVALIAÇÃO DAS CONCENTRAÇÕES DE INÓCULO E DE MELAÇO DE SOJA NA PRODUÇÃO DE BIOSUSFACTANTE. CONCENTRAÇÕES DE INÓCULO E DE MELAÇO DE SOJA NA PRODUÇÃO DE BIOSUSFACTANTE.

CASTRO, A. L. M.; GOMES, B. C. DE CARVALHO; RODRIGUES, M. S.; CARODOSO, V. L.; RESENDE, M. M. DE;

Artigo Completo:

No presente trabalho utilizou-se Pseudomonas Aeruginosa ATCC 9027 e o melaço de soja para a produção de biosurfactante. A fermentação foi realizada nas concentrações de melaço de soja de 100 g/L e 250 g/L e em duas concentrações de inóculo 0,6 e 1,0 g/L. A linhagem de Pseudomonas aerugina 9027 estudada apresentou produção de biossurfactante, com a presença de emulsões estáveis após 24 horas e o biossurfactante, produzido não se apresentou como bom redutor da tensão superficial nas concentrações encontradas.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Pseudomonas Aeruginosa,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-460

Referências bibliográficas
  • [1] BANAT, I. M., FRANZETTI, A., GANDOLFI, I., BESTETTI, G., MARINOTTI, M. G., FRACCHIA, L., SMYTH, T. J., MARCHANT, R. Microbial biosurfactants production, applications and future potencial. Appl. Microbiol. Biotechnol., v. 87, p. 427-444, 2010.
  • [2] DESAI, J. D.; BANAT, I. M. Microbial production os surfactant and their comercial potential. Microbiol. Mol. Biol. R., v. 61, p.47-64, 1997.
  • [3] EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Disponível em: < https://www.embrapa.br/soja/cultivos/soja1/historia> acesso em 07 de dezembro de 2015.
  • [4] HABA E, ESPUNY MJ, BUSQUETS M, MANRESA A (2000) Screening and production of rhamnolipids by Pseudomonas aeruginosa 47 T2 NCIB 40044 from waste frying oils. J Appl Microbiol, Oxford, v. 88, p. 379-387.
  • [5] HOLMBERG, K. Natural Surfactants. Current Opinion in Colloid and Interface Science, v. 6, p. 148-159, 2001.
  • [6] JOHNSON, L.A., MYERS, D.J., BURDEN, D.J. Soy Protein’s History. Prospectis in Food, Feed. Inform 3:429-444, 1992.
  • [7] KAMALI, F. P.; MEUWISSEN, M. P. M.; BOER, I. J. M.; VAN MIDDELAAR, C. E.; MOREIRA, A.; OUDE LANSINK, A. G. J. M. Evaluation of the environmental, economic, and social performance of soybean farming systems in southern Brazil. Journal of Cleaner Production, p. 1-10, 2016
  • [8] LANG, S. Biological Amphiphiles: Microbial Surfactants. Opinion in Colloid and Interface Science, v. 74, p. 59-70, 2002.
  • [9] MESQUITA, A. C. Uso das Técnicas de Oxidação Química e Biodegradação na Remoção de Alguns Componentes Recalcitrantes. Tese de Doutorado, UFRJ, 2004, 158p.
  • [10] MULLIGAN, C. N.; Environmental Applications for Biosurfactants. Environmental Pollution, v. 133, p. 183-198, 2005.
  • [11] RAMIRÉZ, I. M.; TSAOUSI, K.; RUDDEN, M.; MARCHANT, R.; ALAMEDA, E. J.; ROMÁN, M. G.; BANAT, I. M. Rhamnolipid and surfactin production from olive oil mil waste as sole carbono source. Bioresource Technology. V. 198, p. 231-236, 2015.
  • [12] ROSENBERG, E.; RON, E. Z. High and low-molecular-mass microbial surfactants. Applied Microbiol. Biotechnol., v. 52 (2), p. 154-162, 1999.
Como citar:

CASTRO, A. L. M.; GOMES, B. C. DE CARVALHO; RODRIGUES, M. S.; CARODOSO, V. L.; RESENDE, M. M. DE; "AVALIAÇÃO DASAVALIAÇÃO DAS CONCENTRAÇÕES DE INÓCULO E DE MELAÇO DE SOJA NA PRODUÇÃO DE BIOSUSFACTANTE. CONCENTRAÇÕES DE INÓCULO E DE MELAÇO DE SOJA NA PRODUÇÃO DE BIOSUSFACTANTE.", p. 2885-2890 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-460

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações