Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE DE EMULSÕES ÁGUA-EM-ÓLEO: EFEITO DA FORMULAÇÃO E DAS CONDIÇÕES DE EMULSIFICAÇÃO

CUNHA, N. A; PINTO, J. C; FERRAZ, H. C; , ;

Pôster:

Emulsões são sistemas heterogêneos instáveis, que propicia a ocorrências de diversos fenômenos de desestabilização. O presente trabalho propôs um planejamento experimental para análise de estabilidade de emulsões água em óleo (A/O), usando diesel, heptano ou metacrilato de metila na fase oleosa através de uma análise baseada na varredura da turbidez. Os resultados indicaram, quando olhados em conjunto, que o aumento do teor de surfactante, a redução de quantidade de fase dispersa e da velocidade do cisalhamento contribuem positivamente com a estabilidade das emulsões A/O. Ademais, os aspectos mecânicos controlaram a estabilidade das dispersões em meio mais hidrofóbico e os aspectos químicos, em meio mais hidrofílico.

Pôster:

Palavras-chave: metacrilato de metila,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0818

Referências bibliográficas
  • [1] GOODWIN, J. W. Colloids and Interfaces with Surfactants and Polymers – An Introduction. England: John Wiley and Sons LTD, 2004.
  • [2] MYERS, D. Surfaces, interfaces, and colloids: Principles and Applications. 2 ed. New York: John Wiley & Sons, 1999. PEREIRA, L. J. B., GARCIA-ROJAS, E. E. Emulsões múltiplas: formação e aplicação em microencapsulamento de componentes bioativos. Ciên. Rur., v. 45, p. 155–162, 2015.
  • [3] SCHRAMM, L. Emulsions, foams and suspensions. Weinheim: Wiley-VCH, 2005.
Como citar:

CUNHA, N. A; PINTO, J. C; FERRAZ, H. C; , ; "AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE DE EMULSÕES ÁGUA-EM-ÓLEO: EFEITO DA FORMULAÇÃO E DAS CONDIÇÕES DE EMULSIFICAÇÃO", p. 3088-3091 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0818

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações