Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Avaliação, análise e desenvolvimento de jogo sério digital para desktop sobre sintomas e procedimentos de emergência do Acidente Vascular Cerebral

Evaluation, analysis and development of desktop digital serious game on symptoms and emergency procedures of stroke

Limeira, Carlos Felippe Dias; Rosa, José Guilherme Santa; Pinho, André Luís Santos de;

Artigo Completo:

O presente artigo apresenta parte do resultado de uma pesquisa de mestrado e busca demonstrar que o uso de um jogo sério digital pode facilitar o processo de ensino-aprendizagem de pré-adolescentes acerca dos sintomas e procedimentos de emergência do Acidente Vascular Cerebral (AVC), partindo da hipótese de que na transmissão de informações sobre os sintomas do AVC e do número do SAMU (Serviço Ambulatório Móvel de Urgência) a utilização de um jogo sério digital pode ser mais eficaz no que se refere à preferência e retenção das informações apresentadas do que uma animação digital desenvolvida com a mesma finalidade. A metodologia adotada visou à coleta e análise de dados qualitativos e quantitativos, a partir de instrumentos metodológicos adaptados dos já existentes na literatura (prototipagem de jogo digital, entrevista semiestruturada, escala visual de humor Pick-A-Mood, grupo focal) e desenvolvidos exclusivamente para a pesquisa (teste de retenção com "dedoches" e teste de preferência). Concluiu-se que embora não houve diferenças significativas entre a retenção do número do SAMU ao comparar o jogo com a animação, o jogo sério digital demonstrou ser mais eficaz na retenção dos sintomas do AVC e na preferência dos pré-adolescentes.

Artigo Completo:

This article presents part of the result of a master''s research and seeks to show that the use of a digital serious game can ease the process of teaching and learning pre-teens about the symptoms and emergency procedures of stroke, based on the following hypothesis that the transmission of information on the symptoms of stroke and ambulance number using a digital serious game can be more effective with regard to preference and retention of information presented than a digital animation developed for the same purpose. The methodology seeked to collect and analyze qualitative and quantitative data from adapted methodological tools existing in the literature (digital game prototyping, semi-structured interviews, visual scale of humor Pick-A-Mood, focus group) and developed exclusively for the search (retention test finger-puppet and preference test). It was concluded that although there were no significant differences between the retention of ambulance number to compare the game with animation, digital serious game was more effective in retaining symptoms of stroke and preference for pre-teens.

Palavras-chave: Design, Jogo sério digital, Design Centrado no Usuário, Acidente Vascular Cerebral, Design, Digital Serious Game, User-Centered Design, Stroke,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-CIDI2015-cidi_190

Referências bibliográficas
  • [1] ALVES, M. M.; BATTAIOLA, A. L. 2014. Design Centrado no Usuário e concepções pedagógicas como guia para o desenvolvimento da animação educacional. Revista Brasileira de Design da Informação, v.11, n.1: 21-35.
  • [2] ALVES, D.; PADOVANI, S. 2006. Estabelecendo Relações entre Critérios de Avaliação Ergonômica em HCI e Recomendações de Game Design. In: Anais do V Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento Digital: SBGAMES Andlt;http://sbgames.org/sbgames06/proceedings/index.htmAndgt;, 15/03/2015.
  • [3] BATES, B. 2004. Game Design. 2ed. Boston: Cengage Learning.
  • [4] BATTAIOLA, A. L. 2000. Jogos por Computador: Histórico, Relevância Tecnológica e Mercadológica, Tendências e Técnicas de Implementação. Anais da XIX Jornada de Atualização em Informática, v. 2, n.1: 83-122.
  • [5] BATTAIOLA, A. L.; ELIAS; N. C.; DOMINGUES, R. G.; ASSAF, R.; RAMALHO, G. L. 2002. Desenvolvimento de um Software Educacional com base em Conceitos de Jogos de Computador. Anais do XIII Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, v.1, n.1: 282-290.
  • [6] COSTA, L. D. 2010. O que os jogos de entretenimento tem que os educativos não tem: 7 princípios para projetar jogos educativos eficientes. Teresópolis, RJ: Ed. Novas Idéias; Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio.
  • [7] CSIKSZENTMIHALYI, M. 1999. A descoberta do fluxo. Rio de Janeiro: Rocco.
  • [8] CSIKSZENTMIHALYI, M.; HUNTER, J. 2003. Happiness in everyday life: the uses of experience sampling. Journal of Happiness Studies, v.4, n.2: 185-199.
  • [9] DESMET, P.; VASTENBURG, M. V.; VAN BEL, D.; ROMERO, N. 2012. Pick-A-Mood: Development and application of a pictorial mood-reporting instrument. In: Proceedings of 8 International Design and Emotion Conference London 2012. TUDelft – IDStudioLab. Andlt; http://studiolab.ide.tudelft.nl/studiolab/pmri/files/2011/08/pick-a-mood-FA.pdfAndgt;, 15/03/2015.
  • [10] GREENFIELD, P. M. 1988. O desenvolvimento do raciocínio na era da eletrônica: os efeitos da TV, computadores e videogames. São Paulo: Summus.
  • [11] LÉVY, P. Cibercultura. 1999. 3 ed. São Paulo: Editora 34.
  • [12] PORTUGAL, C. 2013. Design, educação e tecnologia. Rio de Janeiro: Rio Books.
  • [13] RIBEIRO, L. O. M.; TIMM, M. I.; ZARO, M. A. 2006. Modificações em jogos digitais e seu uso potencial como tecnologia educacional para o ensino de engenharia. Revista Novas Tecnologias na Educação, v.4, n.1: 1-10.
  • [14] RUBIN, Jeffrey. 1994. Handbook of usability testing. New York: John Willey Andamp; Sons.
  • [15] SALEN, K.; ZIMMERMAN, E. 2012. Regras do jogo: fundamentos do design de jogos: principais conceitos: volume 1. São Paulo: Blucher.
  • [16] SANTA ROSA, J. G.; MORAES, A. 2012. Avaliação e projeto no design de interfaces. 1 ed. Teresópolis, Rio de Janeiro: 2AB.
  • [17] SANTA ROSA, J. G.; LIMEIRA, C. F. D.; SANTOS, J. B. M.; FILGUEIRA, M. S. G.; KULPA, C. C.; PINHO, A. L. S.; JÚNIOR, A. P. 2014. Teste de Jogabilidade e Avaliação de um Jogo Digital sobre Sintomas do Acidente Vascular Cerebral e Procedimentos de Emergência. Anais do 11o Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design.
  • [18] TIMM, M. I.; RIBEIRO, L. O. M.; VIEIRA, V. R. L.; AZEVEDO, A. M.; VIEIRA, E. B. 2008. Game educacional: desafios da integração de elementos ficcionais, tecnológicos, cognitivos e de conteúdo. In: Anais do VII Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento Digital – SBGAMES. Andlt;http://www.sbgames.org/papers/sbgames08/gameandculture/full/gc14_08.pdfAndgt;, 15/03/2015.
  • [19] SCHELL, J. 2008. The Art of Game Design: a book of lenses. Burlington: Morgan Kaufmann.
  • [20] VENTURELLI, S.; MACIEL, M. L. B. 2008. Imagem interativa. Brasília: Editora Universidade de Brasília.
  • [21] XAVIER, G. 2010. A condição eletrolúdica: Cultura visual nos jogos eletrônicos. Teresópolis, RJ: Novas Idéias.
  • [22] YUE, W. S.; ZIN, N. A. M. 2009. Usability Evaluation for History Educational Games. ICIS ''09 Proceedings of the 2nd International Conference on Interaction Sciences: Information Technology, Culture and Human, v.1, n.1: 1019-1125.
Como citar:

Limeira, Carlos Felippe Dias; Rosa, José Guilherme Santa; Pinho, André Luís Santos de; "Avaliação, análise e desenvolvimento de jogo sério digital para desktop sobre sintomas e procedimentos de emergência do Acidente Vascular Cerebral ", p. 398-409 . In: . In: C. G. Spinillo; L. M. Fadel; V. T. Souto; T. B. P. Silva & R. J. Camara (Eds). Anais do 7º Congresso Internacional de Design da Informação/Proceedings of the 7th Information Design International Conference | CIDI 2015 [Blucher Design Proceedings, num.2, vol.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, ISBN: 978-85-8039-122-0
DOI 10.5151/designpro-CIDI2015-cidi_190

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações