Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ASPECTOS ERGONOMICOS DO AMBIENTE CONSTRUIDO DE UM ALMOXARIFADO EM EMPRESA PÚBLICA DA CIDADE DO RECIFE

VILLAROUCO, Vilma; FERREIRA, Edeilson Vicente; LIMA, Janaina Vanessa Laurindo Afonso; AZEVEDO, Paula Araújo;

Artigo Completo:

Este trabalho expõe uma análise ergonômica com foco no ambiente construído. O almoxarifado objeto do estudo está inserido em uma instituição pública e é responsável pelo abastecimento de itens para manutenção predial em três Campi. Este setor sofreu uma redução de espaço físico de forma brusca e sem planejamento prévio. Por isso, boa parte dos materiais foi realocada em outros galpões de maneira desordenada. Hoje, apesar de possuir um software que auxilia a gestão do estoque, Sistema de Controle de Almoxarifado (SCA), a estrutura do setor dificulta bastante o andamento do trabalho, com falhas de localização e controle do estoque. Este problema causa estresse, retrabalhos, esforços e deslocamentos desnecessários e como consequência ineficiência do setor. Utilizamos a metodologia ergonômica para o ambiente construído (MEAC) desenvolvendo uma abordagem ergonômica a fim de entender, avaliar e modificar o ambiente e a interação contínua com seu usuário.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Almoxarifado, Ambiente construído e Usuário,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-conaerg2016-18898

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050 – Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamento urbanos. Rio de Janeiro, 2004.
  • [2] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10152 – Níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 1987. 4 p.
  • [3] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5413 – iluminância de interiores. Rio de Janeiro, 1992.13 p.
  • [4] BRASIL, Ministério do Trabalho e Emprego. NR 17 – Ergonomia. Brasília: 2007.
  • [5] VILLAROUCO, Vilma. O ambiente está adequado? In: Anais do I Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído, II Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. Recife, 2007.
  • [6] RHEINGANTZ, Paulo A.; AZEVEDO, Giselle A.; BRASILEIRO, Alice; ALCANTARA, Denise de; QUEIROZ, Mônica. Observando a qualidade do lugar: procedimentos para a avaliação pós-ocupação. Rio de Janeiro: Proarq | FAU-UFRJ, 2009 [livro eletrônico].
  • [7] RHEINGANTZ P.; AZEVEDO, G. et al. Observando a qualidade do Lugar: procedimentos para a Avaliação Pós-Ocupação. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Pós-Graduação em Arquitetura, 2009. Disponível em: www.fau.ufrj/prolugar. Acesso em: junho 2012.
  • [8] SANOFF, H. Methods of Architectural Programming. Stroudsburg: Dowden, Hutchinson & Ross Inc., 1977. Participatory Design: Theory and Technique. Raleigh: Henry Sanoff, 1990.. Visual Research Methods in Design. Nova Iorque: Van Nostrand Reinhold, 1991.
  • [9] RHEINGANTZ, P. A.; AZEVEDO, G.; BRASILEIRO, A.; ALCANTARA, D.; QUEIROZ, M.. Observando a Qualidade do Lugar: procedimentos para a avaliação pós-ocupação. Rio de Janeiro: FAU-UFRJ (Coleção PROARQ), 200 Disponível em: www.fau.ufrj.br/prolugar acesso em junho de 2010 SANOFF, H. Creating Environments for Young Children. Mansfield, Ohio: BookMasters, 1995. SANOFF, Henry. School Building Assessment Methods. Washington: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2001. Disponível em http://www4.ncsu.edu/~sanoff/schooldesign/schoolassess.pdf acesso em set/2010. SOMMER, Robert. Espaço Pessoal: As Bases Comportamentais de Projetos e Planejamentos. São Paulo, EPU, EDUSP, 1973
Como citar:

VILLAROUCO, Vilma; FERREIRA, Edeilson Vicente; LIMA, Janaina Vanessa Laurindo Afonso; AZEVEDO, Paula Araújo; "ASPECTOS ERGONOMICOS DO AMBIENTE CONSTRUIDO DE UM ALMOXARIFADO EM EMPRESA PÚBLICA DA CIDADE DO RECIFE", p. 228-240 . In: 1º Congresso Internacional de Ergonomia Aplicada [=Blucher Engineering Proceedings, v.3 n.3]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-conaerg2016-18898

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações