Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ARTESANATO E DESIGN: RELAÇÕES DELICADAS

Lima, Marcela Fonseca; Oliveira, Alfredo Jefferson de;

Artigo Completo:

O artesanato é praticado por uma grande parcela da população brasileira como alternativa de renda, sua importância, no entanto, extrapola o nível econômico, quando a atividade é vista como uma prática social. A atividade desempenha importante papel ao promover a inclusão social por meio da geração de renda e também pelo resgate de valores culturais e regionais. Como o artesanato está voltado para produção de artefatos utilitários da cultura material, pode-se ver uma aproximação com o design, o que facilita as intervenções entre os campos. O artigo problematiza o papel desempenhado pelo artesão e pelo designer e suas inter-relações e reflete sobre a delicadeza desse encontro, que para ser benéfico deve acontecer sem dominação e imposição de saberes, em um diálogo pautado no respeito.

Artigo Completo:

Palavras-chave: design; artesanato; inter-relações.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0442

Referências bibliográficas
  • [1] ALEGRE, Sylvia Porto. Arte e ofício de artesão: História e trajetórias de um meio de sobrevivência. In: Encontro Anual da Associação Nacional de Pesquisa em Ciências Sociais, 1985, Águas de São Pedro. Anais do IX Encontro Anual da Associação Nacional de Pesquisa em Ciências Sociais, 1985.
  • [2] ______. Arte e ofício de artesão: História e trajetórias de um meio de sobrevivência. 1988. 239f. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, São Paulo. 1988.
  • [3] ______. Mãos de mestre: itinerários da arte e da tradição. São Paulo: Maltese, 1994.
  • [4] BORGES, Adélia. Design + Artesanato: o caminho brasileiro. São Paulo: Terceiro Nome, 2011.
  • [5] BOMFIM, Gustavo. Sobre a possibilidade de uma teoria do design. Estudos em Design, Rio de Janeiro, v. 2, n.2, p. 15-22, nov. 1994.
  • [6] CIPINIUK, Alberto. Design e artesanato: aproximações, métodos e justificativas. In: Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2006, Paraná. Anais do 7 Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 200
  • [7] DA MATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis. Rio de Janeiro: Rocco, 199
  • [8] DA SILVA, C.A. et al. Pensamento vivo de Ana Clara Torres Ribeiro. Redobra, Salvador, n.9, p.22-29, 2012.
  • [9] FORTY, Adrian. Objetos de desejo - design e sociedade desde 1750. São Paulo: Cosac Naify, 2013.
  • [10] FOUCAULT, Michael. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.
  • [11] FROTA, Lélia Coelho. Artesanato tradição e modernidade em um país em transformação. In: Velho, Gilberto et al. Cultura material identidades e processos sociais. Rio de Janeiro: Funarte, CNFCP, 2000. p. 23-45.
  • [12] GUIMARÃES, Mariana de Souza. O design dos objetos artesanais produzidos no cotidiano de mulheres idosas. 2010. 108f. Dissertação (Mestrado em Design) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Artes e Design, Rio de Janeiro, 2010.
  • [13] HAGE, Fernando. Múltiplos Artesanatos. IARA-Revista de Moda, Cultura e Arte, São Paulo, v.2 n. 1, set. /dez. 2009.
  • [14] KELLER, Paulo F. O artesão e a economia do artesanato na sociedade contemporânea. In: Revista de Ciências Sociais, n. 41, pp. 323-347, outubro de 20
  • [15] LATOUR, Bruno. Um Prometeu cauteloso?: alguns passos rumo a uma filosofia do design (com especial atenção a Peter Slotedijk). Agitprop: revista brasileira de design, São Paulo, v.6, n.58, jul/ago. 2014.
  • [16] LIMA, Ricardo Gomes. Artesanato e arte popular: duas faces de uma mesma moeda? Disponível em:
  • [17] Acesso em: 04/06/2015.
  • [18] LIMA, Greilson José de. Retalhos e linhas, tecendo nossas imagens: etnografia do artesanato de bonecas de pano no sítio Riacho Fundo – Esperança - PB. 2005. 99f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Pernambuco, Curso de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Recife, 2005.
  • [19] Informações extraídas do texto preparado, em primeira versão sob o título “Engenho e arte”, para o Programa Um Salto para o Futuro, da TVE do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.cnfcp.gov.br/pdf/Artesanato/Artesanato_e_Arte_Pop/CNFCP_Artesanato_Arte_Popular_Gomes_Lima.pdf
  • [20] Cipiniuk (2006) afirma que a noção de planificação é moderna e é presidida pela crença de que as ações humanas, sejam elas práticas ou espirituais, devem ser comandadas por um critério abstrato, geométrico ou matemático, guiadas pela razão.
  • [21] A autora passa a maior parte do livro “Design e artesanato: o caminho brasileiro” ressaltando as experiências positivas da inter-relação entre design e artesanato e levanta as principais consequências: desenvolvimento econômico local, transformação social, reforço da identidade cultural nos produtos e a preservação cultural e ambiental local. Nesse artigo, as interferências com impactos negativos foram salientadas, a fim de problematizá-las e para que as futuras relações entre artesanato e o design possam ser aprofundas e enriquecidas.
  • [22] _ PAGE 10
Como citar:

Lima, Marcela Fonseca; Oliveira, Alfredo Jefferson de; "ARTESANATO E DESIGN: RELAÇÕES DELICADAS", p. 5164-5174 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0442

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações