Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Arquitetura Narrativa e a experiência do jogador

Narrative Architecture and the player experience

Gonçalves, Diogo A.; Nesteriuk, Sérgio;

Artigo completo:

A utilização do termo arquitetura no âmbito dos videogames é motivo de interesse e discussão do presente artigo. Todavia, a experiência do sujeito-jogador ultrapassa a questão espacial, sendo necessário, portanto, estabelecer uma relação com arquitetura – experiência em que se considera a intersecção de diversos códigos que os videogames proporcionam. Sendo assim, propõe-se a adoção do termo “arquitetura narrativa” como um conceito que associa a experiência do sujeito-jogador com o espaço virtual dos videogames, o qual é estimulado por uma ecologia de informações considerando questões atinentes à narrativa, exploração, espaço, percepção, jogo e interação. Para tanto, são apresentados conceitos de Vassão (2010) para costurar relações entre arquitetura da informação, design de interação e affordance, visando definir a relação entre arquitetura da informação e arquitetura narrativa, tema norteador deste trabalho. O texto investiga as possibilidades narrativas da arquitetura (Coates, 2012) para criar uma aproximação do conceito de arquitetura narrativa com level design (Totten, 2014), percepção espacial (Noe, 2004) e design de interação a partir do espaço virtual (Murray, 2012; Rogers, 2013). Considerando que os videogames apresentam formas de experiências distintas e que se ramificam devido aos múltiplos estímulos orientados pelos sistemas de informação, é possível compreender a arquitetura narrativa como um modelo de entendimento das relações que o espaço virtual estabelece com o sujeito-jogador, a partir do design, da arquitetura, da narrativa e da percepção.

Artigo completo:

The use of the term architecture in the context of videogames, associated to the construction of virtual space, leads the interest and discussion of this paper. However, the subject-player experience goes beyond the spatial matter of videogames, so it is necessary to establish a relation between architecture – experience which considers the intersection of several codes that videogames provide. Thus, it is suggested to use the term “narrative architecture” as a concept that associates the subject-player experience with the virtual space of videogames, which is stimulated by an information ecology in a high degree of complexity, considering narrative, exploration, space, perception, play and interaction issues. For this concepts of Vassão (2010) are presented to sew the relation between information architecture, interaction design and affordaance aiming to define the guidind theme of this paper that consists of the relation between information archictecture and narrative architecture. The paper investigates the narrative possibilities of architecture (Coates, 2012), to create na approximation of the concept of narrative architecture with level design (Totten, 2014), spatial perception (Noe, 2004) and interaction design from virtual space (Murray, 2012; Rogers, 2013). Considering that videogames presente diferente forms of experiences and that are branched out due the multiple stimuli oriented by information systems, it is possible to understand narrative architecture as a model of understanding the relations that are established with the subject-player by virtual space in videogames from design, architecture, narrative and perception.

Palavras-chave: arquitetura narrativa; level design; narrativa; arquitetura; e experiência,

Palavras-chave: narrative architecture; level design; narrative; architecture; experience,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-4.0232

Referências bibliográficas
  • [1] Assis, J. P. Artes do Videogame: Conceitos e Técnicas. São Paulo : Alameda, 2007.
  • [2] Bleeckere, S.; Gerards, S. Narrative Architecture: A Designer’s Story. Routledge, 2017.
  • [3] Coates, N. Narrative Architecture. Wiley, 2012.
  • [4] Kremers, R. Level Design: Concept, Theory & Practice. CRC Press, 2009. (KINDLE)
  • [5] Murray, J.H. Inventing the médium: principles of interaction design as a cultural practice. The MIT Press, 2012. (KINDLE)
  • [6] Noe, A. Action in Perception. The MIT Press, 2004.
  • [7] Rogers, Y.; Sharp, H.; Preece, J. Design de Interação: Além da interação humano-computador. Bookman, 2013.
  • [8] Totten, C. W. An Architecture approach to level design. CRC Press, 2014. (KINDLE)
  • [9] Vassão, C. A. Metadesign: Ferramentas, estratégias e ética para a complexidade. São Paulo: Blucher, 2010.
  • [10] Zevi, B. Saber ver a arquitetura. Trad. Maria Isabel Gaspaz, Gaetan Martins de Oliveira. 5ª ed. – São Paulo : Martins Fontes, 1993.
Como citar:

Gonçalves, Diogo A.; Nesteriuk, Sérgio; "Arquitetura Narrativa e a experiência do jogador", p. 1783-1790 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-4.0232

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações