Setembro 2017 vol. 4 num. 1 - VIII Encontro Científico de Física Aplicada

Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Aplicação do método Pensar-Emparelhar-Compartilhar no Ensino de Física

Ferreira, M. I. A.; Alvarenga, F. G.;

Artigo Completo:

Em um ambiente ativo de ensino e aprendizado, a sala de aula se torna um lugar para troca de conhecimentos onde os alunos se desprendem do papel de simples receptores de informação para se tornarem também participantes ativos da aula e professores deixam de ser apenas transmissores de informação, tornando-se também facilitadores do aprendizado. A criação de tal ambiente visa tornar o aluno mais independente no processo de aprendizagem, ensinando-o a “aprender a aprender.” Para isso, faz-se uso das chamadas metodologias ativas, as quais auxiliam na dialética e interação da turma. Para esse artigo, analisamos a aplicação de um método ativo chamado Pensar-Emparelhar-Compartilhar (Think-Pair-Share) em uma turma de Eletromagnetismo composta por alunos de engenharia. O tema abordado foi “indução eletromagnética”, sendo divido em três aulas: a primeira sobre lei de Faraday e lei de Lenz; a segunda, força eletromotriz produzida pelo movimento e campo elétrico induzido; e a terceira, correntes de Foucault. As aulas foram ministradas na UFES, no campus de São Mateus. Durante as aulas, os alunos se mostraram receptivos ao método utilizado e, por meio de testes conceituais, constatamos que o aprendizado também foi beneficiado.

Artigo Completo:

In active learning environments, the classroom becomes a place for knowledge exchange where students are less of just receivers of information but more of active participants of the class and teachers are not only providers of information but also facilitators of learning. Such environment aims on the improvement of student’s independence in the learning process, helping them “learn how to learn.” For such, so called active methodologies are devised to help dialectic and interaction in class. In this paper, we analyze the use of an active learning method called Think-Pair-Share in an Electromagnetism class for engineering students. The chosen topic was “electromagnetic induction”, being covered in three classes: the first one covering Faraday’s law and Lenz’s law; the second, motional electromotive force and induced electric fields; and the last one dealing with Foucault’s currents. The classes took place at UFES, São Mateus. During classes, students were receptive to the method we used and, by means of conceptual tests, we verified their learning was benefited.

Palavras-chave: ensino de física, aprendizado ativo, pensar-emparelhar-compartilhar,

Palavras-chave: physics teaching, active learning, think-pair-share,

DOI: 10.5151/phypro-viii-efa-26

Referências bibliográficas
  • [1] Moreira, M. A. Aprendizagem Significativa: a teoria e textos complementares. São Paulo. Livraria da Física, 201
  • [2] O que é afinal aprendizagem significativa?, Porto Alegre. Disponível em . Acesso em 12 julho de 2017.
  • [3] Berbel, N. A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n. 1, p. 25, 2011.
  • [4] Araújo, I. S.; Mazur, E. Instrução pelos colegas e ensino sob medida: uma proposta para o engajamento dos alunos no processo de ensino-aprendizagem de física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 30, n.2, p. 362, 2013.
  • [5] IFUSP adota método de ensino que aumenta a participação do aluno em sala de aula, São Paulo. Disponível em . Acesso em 9 maio de 2017.[6] Trevelin, A. T. C.; Pereira, M. A. A. A utilização da “sala de aula invertida” em cursos superiores de tecnologia: comparação entre o modelo tradicional e o modelo invertido “flipped classroom” adaptado aos estilos de aprendizagem. Revista de Estilos de Aprendizagem, v. 6, n. 12, 2013.
  • [6] [7] Sampsel, Ariana, Finding the Effects of Think-Pair-Share on Student Confidence and Participation. Honors Projects. Paper 28. 2013.
Como citar:

Ferreira, M. I. A.; Alvarenga, F. G.; "Aplicação do método Pensar-Emparelhar-Compartilhar no Ensino de Física", p. 112-115 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2358-2359, DOI 10.5151/phypro-viii-efa-26

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações