setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE EXPERIMENTAL E DESENVOLVIMENTO DE MODELO EMPÍRICO PARA CORRELACIONAR PROPRIEDADES DE EMULSÕES A/O E O/A DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO

CORDEIRO, C. H. T; CASTRO, R; MENEGUELO, A. P;

Pôster:

A formação de emulsões durante a produção de petróleo é inevitável.Transportá-las é uma operação de elevado consumo energético, uma vez que, emulsõesdo tipo A/O apresentam elevada viscosidade e consequentemente, elevada perda decarga. Com o objetivo de correlacionar o comportamento de variáveis forampreparadas emulsões sintéticas a partir de vaselina líquida, água e agenteemulsificante (Span 80), uma vez que a correlação entre variáveis a partir de petróleo écomplexa devido a variabilidade das amostras. Neste trabalho as emulsões sintéticasforam caracterizadas seguindo um planejamento fatorial 2k, variando os fatoresconcentração de água, concentração de Span 80 e rotação utilizada no processo deemulsificação. Foram avaliadas como variáveis resposta o tipo de emulsão formada(A/O ou O/A), tamanho de gotas, condutividade elétrica e viscosidade dinâmica. Osresultados mostraram uma relação diretamente proporcional entre a porcentagem deágua e a condutividade elétrica e uma relação inversamente proporcional daviscosidade com a condutividade. Observou-se que a região onde as curvas deviscosidade e condutividade se interceptam é identificada como uma região de inversãode fases. Esta relação entre as variáveis pode ser empregada como técnica auxiliar notransporte de emulsões, garantindo que este seja conduzido na região de emulsão O/Adevido a menor perda de carga devido ao atrito e consequente menor gasto energético. 

Pôster:

-

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0005

Referências bibliográficas
  • [1] BECHER, P. Emulsion Theory and Practice. 3ªed. New York: Oxford University Press, 200 HASAN, S. W.; GHANNAM, M. T.; ESMAIL, N. Heavy crude oil viscosity reduction and rheology for pipeline transportation. Fuel, 89, p. 1095-1100, 2010. HONSEA S. DE O., KASHEFIA K., CHARINB R. M., TAVARES F. W., PINTO J. C., NELE M., Emulsion phase inversion of model and crude oil systems detected by nearinfrared spectroscopy and principal component analysis, Colloids and Surfaces A, v. 538 p. 565–573, 2018. KESELOGLU, S.; PETTERSEN, B. H.; SJOBLOM. J.; Flow proprieties of water-in-North Sea heavy crude oil emulsions. Journal of Petroleum Science and Eng. 2012. OLIVEIRA, A. G. de.; Caracterização da Distribuição do Tamanho de Gotas em Emulsões Água em Óleo Utilizando Diferentes Tipos de Medição. Dissertação (Mestrado Em Engenharia Mecânica) – Universidade Federal de Itajubá MG. 2010.
Como citar:

CORDEIRO, C. H. T; CASTRO, R; MENEGUELO, A. P; "ANÁLISE EXPERIMENTAL E DESENVOLVIMENTO DE MODELO EMPÍRICO PARA CORRELACIONAR PROPRIEDADES DE EMULSÕES A/O E O/A DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO", p. 14-17 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0005

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações