Artigo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE ARROIO DO PADRE/RS

FAVRETTO, Carliana Rouse; SCHUMANN, Cauana; DALL'AGNOL, Ana Luiza Bertani; NAZARI, Mateus Torres; ARAUJO, Mélory Maria Fernandes de; QUADRO, Maurizio Silveira;

Artigo:

O trabalho teve como objetivo avaliar o sistema de distribuição de água do município de Arroio do Padre, localizado no Rio Grande do Sul (RS). As informações necessárias foram obtidas através do levantamento de dados a campo, além de sistematização de dados da Prefeitura. A avaliação consistiu em um comparativo entre os índices do município, do RS e do Brasil. O sistema de abastecimento de água funciona de forma satisfatória, entretanto algumas ações são importantes de serem aplicadas uma vez que a rede de distribuição de água do município é pequena, de fácil monitoramento e que a gestão do abastecimento de água é fundamental para a eficiência dos resultados.

Artigo:

Palavras-chave: abastecimento de água, distribuição de água, índice de perdas de água,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-eneeamb2016-pogi-002-5063

Referências bibliográficas
  • [1] ALEGRE, H. et al. Controlo de perdas de água em sistemas públicos de adução e distribuição. Guia técnico. Instituto Regulador de Águas e Resíduos. Lisboa – Portugal, 2005.
  • [2] IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Acessado em 19 de Abril de 2016. Online. Disponível em http://www.ibge.gov.br/home/
  • [3] Instituto Trata Brasil. Acessado em 19 de Abril de 2016. Online. Disponível em http://www.tratabrasil.org.br/
  • [4] FUNASA. Manual de Saneamento. Ministério da Saúde. Brasília, 2007.
  • [5] MARINOSKI, A. K. Aproveitamento de água pluvial para fins não potáveis em instituição de ensino: estudo de caso em Florianópolis – SC. 2007. 107 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro Tecnológico, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.
  • [6] MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. CONSUMO SUSTENTÁVEL: Manual de educação. Brasília: Consumers International/ MMA/ MEC/IDEC, 2005. 160 p.
  • [7] MORAIS, D. C.; ALMEIDA, A. T. Modelo de decisão em grupo para gerenciar perdas de água. Pesquisa Operacional, v.26, n.3, p.567-584, Setembro a Dezembro de 2006.
  • [8] NEGRISOLLI, R. K. Análise de dados e indicadores de perdas em sistema de abastecimento de água – estudo de caso, 2009. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos) - Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientai, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
  • [9] SNIS- Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. Acessado em 19 de Abril de 2016. Online. Disponível em http://www.snis.gov.br/
  • [10] VENTURINI, M.A.A.G; BARBOSA, P.S.F. & LUVIZOTTO Jr., E. (2001). Estudo de Alternativas de Reabilitação para Sistemas de Abastecimento de Água. In: XIV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, Aracajú-SE, Brasil.
Como citar:

FAVRETTO, Carliana Rouse; SCHUMANN, Cauana; DALL'AGNOL, Ana Luiza Bertani; NAZARI, Mateus Torres; ARAUJO, Mélory Maria Fernandes de; QUADRO, Maurizio Silveira; "ANÁLISE DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE ARROIO DO PADRE/RS", p. 1253-1262 . In: Anais do XIV Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Ambiental [= Blucher Engineering Proceedings v.3 n.2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-eneeamb2016-pogi-002-5063

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações