Dezembro 2020 vol. 7 num. 3 - VIII Simpósio de Engenharia de Produção

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ALUNOS/EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UPE- CAMPUS SALGUEIRO/PE

ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ALUNOS/EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UPE- CAMPUS SALGUEIRO/PE

Lima, Danilo de Queiroz; Machado, Tiago Silveira; Brandão, Wanderberg Alves;

Artigo completo:

No decorrer dos anos, o empreendedorismo vem crescendo no Brasil, consequentemente atraindo a atenção dos estudiosos, para compreender como esse grupo age na economia. Este artigo teve como objetivo analisar o perfil empreendedor dos alunos/egressos do curso de administração da UPE campus Salgueiro. Os conceitos teóricos abordados contemplam o tema de empreendedorismo e o perfil do empreendedor, dando ênfase na temática principal da pesquisa, que são os alunos e egressos da instituição. Metodologicamente, foi utilizada a abordagem quantitativa, usando como ferramenta de coleta de dados um questionário composto por 10 questões objetivas e uma delas em escala Likert com 05 afirmativas, aplicado por meio do Google Forms, obtendo 100 respostas, onde afirma que o público em questão são cautelosos, investem pouco, e tendem a ser empreendedores por oportunidade, tendo uma certa curiosidade acerca do tema, porém não tem o incentivo necessário da universidade quando se trata empreender, buscando outras áreas da administração para se profissionalizarem.

Artigo completo:

No decorrer dos anos, o empreendedorismo vem crescendo no Brasil, consequentemente atraindo a atenção dos estudiosos, para compreender como esse grupo age na economia. Este artigo teve como objetivo analisar o perfil empreendedor dos alunos/egressos do curso de administração da UPE campus Salgueiro. Os conceitos teóricos abordados contemplam o tema de empreendedorismo e o perfil do empreendedor, dando ênfase na temática principal da pesquisa, que são os alunos e egressos da instituição. Metodologicamente, foi utilizada a abordagem quantitativa, usando como ferramenta de coleta de dados um questionário composto por 10 questões objetivas e uma delas em escala Likert com 05 afirmativas, aplicado por meio do Google Forms, obtendo 100 respostas, onde afirma que o público em questão são cautelosos, investem pouco, e tendem a ser empreendedores por oportunidade, tendo uma certa curiosidade acerca do tema, porém não tem o incentivo necessário da universidade quando se trata empreender, buscando outras áreas da administração para se profissionalizarem.

Palavras-chave: ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ALUNOS/EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UPE- CAMPUS SALGUEIRO/PE,

Palavras-chave: ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ALUNOS/EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UPE- CAMPUS SALGUEIRO/PE,

DOI: 10.5151/viisimep-315729

Referências bibliográficas
  • [1] DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo na prática: Mitos e verdades do empreendedor de
  • [2] sucesso. 7ª ed. São Paulo: Elsevier, 136 p, 2007.
  • [3] BARROS, Aidil Jesus da Silveira; LEHFELD, Neide Aparecida de Jesus. Fundamentos de Metodologia
  • [4] Científica. 3. ed. São Paulo: Pearson, 2007.
  • [5] BONA, André. Empreender por oportunidade ou necessidade? Acesso em 26 de novembro de 2019.
  • [6] Disponível em: https://andrebona.com.br/empreender-por-oportunidade-ou-necessidade/
  • [7] CERBASI, Gustavo. Empreendedores inteligentes enriquecem mais: Inteligência financeira para quem já tem
  • [8] ou quer começar o próprio negócio. São Paulo: Sextante, 208 p, 2016.
  • [9] CHÉR, Rogério. Nasce um Empreendedor: Empreendedores, empresários e executivos. In:
  • [10] NUCCIO, Dony de; WOLLHEIM, Bob. Nasce um empreendedor: Dicas, provocação e reflexões para quem quer
  • [11] começar um negócio próprio. São Paulo: Portifolio Penguin, 2016. Cap. 1. p. 22-36.
  • [12] CHIAVENATO, Idalberto. EMPREENDEDORISMO: DANDO ASAS AO ESPÍRITO EMPREENDEDOR. 4.
  • [13] ed. Barueri/sp: Manole, 315 p, 2012.
  • [14] COSTA, Sandra Trujillo. Necessidade X oportunidade: o que muda no empreendedorismo com a crise. 2017.
  • [15] Acesso em 01 de abril de 2019). Disponível em: https://comunidadesebrae.com.br/blog/necessidade-xoportunidade-o-que-muda-no-empreendedorismo-com-a-crise.
  • [16] CRESWELL, John W. Projeto de Pesquisa: Métodos e Qualitativos, Quantitativos e Mistos. 3. ed. São Paulo :
  • [17] Artmed, 2010. 296 p.
  • [18] CUSTODIO, Telma Padilha. A importância do empreendedorismo como estratégia de negócio. GuaiçaraSão Paulo, 2011. 62 p.
  • [19] DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo na prática: Mitos e verdades do empreendedor de
  • [20] sucesso. 7. ed. São Paulo: Elsevier, 136 p,2007.
  • [21] DRUCKER, Peter Ferdinand. Inovação e Espírito Empreendedor: Prática e Princípios. 2. ed. São Paulo:
  • [22] Cengage Learning, 1986. 378 p. Tradução de Carlos J. Malferrari.
  • [23] GEM- Global Entrepreneurship Monitor- Relatório Executivo ano 2017 Empreendedorismo no Brasil.
  • [24] Acesso em 15 de Outubro de 2018. Disponível
  • [25] em:https://m.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/Relat%C3%B3rio%20Executivo%20BRASIL_we
  • [26] b.pdf.
  • [27] GEM- Global Entrepreneurship Monitor- Relatório Executivo ano 2018 Empreendedorismo no Brasil.
  • [28] Acesso em 28 de Abril de 2019. Disponível em: https://datasebrae.com.br/wpcontent/uploads/2019/02/Relat%C3%B3rio-Executivo-Brasil-2018-v3-web.pdf.
  • [29] GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 175 p, 2002.
  • [30] HASHIMOTO, Marcos. A diferença entre ter uma empresa e ser empreendedor. 2016. Acessado em 05 de
  • [31] março de 2018, Disponível em: https://revistapegn.globo.com/Colunistas/MarcosHashimoto/noticia/2016/09/diferenca-entre-ter-uma-empresa-e-ser-empreendedor.html
  • [32] IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 2018. Cidade Salgueiro/PE. Acesso em 05 de maio de
  • [33] 2019. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/pe/salgueiro.html.
  • [34] MALLMANN, Tuani. (Novembro de 2017) Empreendedor por oportunidade e necessidade: entenda a
  • [35] diferença. Acesso em 28 de Março de 2019). Disponível em: https://coworkingbrasil.org/news/empreendedorpor-necessidade-ou-por-oportunidade/.
  • [36] MAXIMIANO, Antonio Cesár Amaru. Empreendedorismo. In: MAXIMIANO, Antonio Cesár Amaru. Teoria
  • [37] Geral da Administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, Cap. 20. p. 327-340. 2012.
  • [38] MENDES, Jerônimo. Empreendedorismo 360º: A prática na prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 320 p. 2017.
  • [39] NUCCIO, Dony de; WOLLHEIM, Bob. Nasce um empreendedor: Dicas, provocação e reflexões para quem
  • [40] quer começar um negócio próprio. São Paulo: Portifolio Penguin, p. 184,2016.
  • [41] ODA, Luciana Sayuri. EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO: A moeda para o sucessos nos negócios. 10
  • [42] de Outubro de 2017. Disponível em Sebrae: https://blog.sebrae-sc.com.br/empreendedorismo-e-inovacao/.
  • [43] Acesso em 15 de abril de 2019.
  • [44] PACHECO, Andressa Sasaki Vasques; NETO, Luis Moretto. A contribuição do curso de Administração da
  • [45] Universidade de Santa Catarina para o desenvolvimento de competências empreendedoras. Florianópolis,
  • [46] p.24. 2006.
  • [47] VALE, Glaucia Maria Vasconcelos; CORRÊA, Victor Silva; REIS, Renato Francisco dos. Motivação para o
  • [48] Empreendedorismo: Necessidade Versus Oportunidade. Rio de Janeiro 2014. 17 p.
  • [49] VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de Pesquisa em Administração. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2015. 296 p.
Como citar:

Lima, Danilo de Queiroz; Machado, Tiago Silveira; Brandão, Wanderberg Alves; "ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR DOS ALUNOS/EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UPE- CAMPUS SALGUEIRO/PE", p. 1924-1937 . In: Anais do VIII Simpósio de Engenharia de Produção . São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/viisimep-315729

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações