Artigo - Open Access.

Idioma principal

Análise de similaridade entre os setores empresariais beneficiados pelo programa Subvenção Econômica à Inovação

Pinho, Gabriel Alves de; Gomes, Rogério;

Artigo:

Estepresente artigo visa examinar as possíveis similaridades entre os setoresempresariais beneficiados pelos recursos oriundos dos editais de SubvençãoEconômica à Inovação – FINEP primeiramente por uma análise descritiva dos dadosseguido da metodologia de clusterhierárquico segundo Método de Ward. Os resultados obtidos foram a presença demaior homogeneidade entre os grupos de alta intensidade tecnológica,predominantes tanto na quantidade quanto no volume de recursos alocados edemandados. As conclusões apontam para um maior detalhamento nos editais paraatender as especificidades das empresas e maior integração com as outrasmodalidades de financiamento, especialmente para as micro e pequenas empresas.

Artigo:

Palavras-chave: Subvenção Econômica, Inovação, FINEP, cluster,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/enei2018-65

Referências bibliográficas
  • [1] AVELLAR, A.P; BITTENCOURT, P.F. Políticas de Inovação: Instrumentos e Avaliação. In: RAPINI, M.S.; SILVA, L.A.; ALBUQUERQUE, E.M. Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação: Fundamentos teóricos e a economia global. 1ª ed., Editora Prismas, 2017. BAKKER, G. Money for nothing: How firms have financed R&D-projects since the Industrial Revolution. Research Policy nº42, pp.1793-1814, 2013. CARRIJO, M.C.; BOTELHO, M.R.A Cooperação e inovação: uma análise dos resultados do Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (PAPPE). Revista Brasileira de Inovação, v.12, n.2, pp.417-448, 2013. CAVALCANTE, A.; RAPINI, M.S.; LEONEL, S.G. Financiamento da Inovação: uma proposta de articulação entre as abordagens pós-keynesiana e neoschumpeteriana. In: RAPINI, M.S.; SILVA, L.A.; ALBUQUERQUE, E.M. Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação: Fundamentos teóricos e a economia global. 1ª ed., Editora Prismas, 2017. CAVALCANTE, L.R. Classificações tecnológicas: uma sistematização. Nota Técnica, n.17. Brasília, 2014. CEPAL. Comissão Econômica para a América Latina e Caribe. Políticas para promover la innovación y el desarrollo tecnológico. Capítulo 6. Relatório Desarrollo Productivo em Economías Abiertas. Chile, 2004. CGEE e ANPEI. Os novos instrumentos de apoio à inovação: uma avaliação inicial. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2009. COSTA, A.C.; SZAPIRO, M.; CASSIOLATO, J.E. Análise da operação do instrumento de subvenção econômica à inovação no Brasil. Conferencia Internacional LALICS, Rio de Janeiro, 2013. DE NEGRI, F; DE NEGRI, J. A.; LEMOS, M. B. Impactos da ADTEN e do FNDCT sobre o Desempenho e os Esforços Tecnológicos das Firmas Industriais Brasileiras. Revista Brasileira da Inovação, Rio de Janeiro (RJ), 8 (1), p.211-254, janeiro/julho 2008. FINEP. Manual de Programa de Subvenção Econômica à Inovação Nacional. Rio de Janeiro, 2010. ______. Relatório de Gestão 2012. Rio de Janeiro: Finep, 2013. FREEMAN, C.; SOETE, L. (1997) A Economia da Inovação Industrial. Campinas. Editora da Unicamp, 2006. HOLLANDA, F. S. M. Financiamento e incentivos à inovação industrial do Brasil. Campinas: Instituto de Economia; Universidade Estadual de Campinas, 2010. Tese de Doutoramento em Economia. IPEA. A subvenção econômica cumpre a função de estímulo à inovação e ao aumento da competitividade das empresas brasileiras? In: Brasil em desenvolvimento 2011- Estado, planejamento e políticas públicas, v.2, pp.343-358, Rio de Janeiro, 2012. MINGOTI, S.A. Análise de dados através de Métodos de Estatística Multivariada: uma abordagem aplicada. Editora UFMG, Belo Horizonte, 2005. MIRANDA, Z.; MIRRA, E. Trajetórias do Desenvolvimento no Brasil.Revista USP, n.93, pp.33-44. Março/Abril/Maio de 2012. PAVITT, K. Innovation Process. In: FAGERBERG, J.; MOWERY, D.; NELSON, R. The Handbook of Innovation, Oxford: Oxford University Press. pp. 86-114. 2005. RAPINI, M. Sistemas Financeiros e o Financiamento a Inovação: Algumas Reflexões para o Brasil. Texto para Discussão Nº 367. Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 2009. ________. O Financiamento aos Investimentos em Inovação no Brasil. Tese de Doutorado. UFRJ. Rio de Janeiro, 2010.
Como citar:

Pinho, Gabriel Alves de; Gomes, Rogério; "Análise de similaridade entre os setores empresariais beneficiados pelo programa Subvenção Econômica à Inovação", p. 1181-1196 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2018-65

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações