Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Análise de dados da Plataforma Sucupira sobre teses e dissertações relacionadas a Design da Informação (1997-2017)

Analysis of data from Plataforma Sucupira about theses and dissertations related to Information Design (1997-2017)

Sant’Anna, Hugo Cristo;

Artigo completo:

Estudos anteriores sobre a produção científica brasileira em Design da Informação (DI) investigaram anais de eventos e dados da Plataforma Sucupira (PS) para construir panoramas sobre os temas dos trabalhos, regiões e instituições de origem dos autores. Em função da multidisciplinaridade e abrangência da área, esses estudos demandam esforços qualitativos de busca, recuperação e análise das produções a serem avaliadas, uma vez que os descritores dos trabalhos abarcam variados interesses e opções dos pesquisadores. Este artigo teve como objetivo investigar dados sobre teses e dissertações disponíveis na PS relacionadas a DI, no período de 1997 a 2017. Partindo de palavras-chaves identificadas em toda a coleção da Revista InfoDesign, foram verificados dados de 249 teses e dissertações disponíveis na PS. Destas, 116 (46.6%) tinham registros completos e foram analisadas empregando nuvens de palavras, análise de correlações, gráficos de redes direcionadas e análise de conteúdo. Os resultados endossam a concepção multidisciplinar e abrangente do DI, uma vez que os trabalhos discutem processos de organização da informação em ambientes físicos e virtuais, interagindo com mudanças tecnológicas e linguagens diversas, orientados pelas necessidades físicas, cognitivas e afetivas dos usuários.

Artigo completo:

Previous studies about Brazilian Information Design (ID) scientific production researched conference proceedings and data from Plataforma Sucupira (PS) to build overviews about the themes, author’s institutions, and regions of origin. Due to the multiplicity and comprehensiveness of the area, those studies demand qualitative efforts of search, retrieval, and analysis of the productions evaluated, since their descriptors embrace various interests and choices of their authors. This paper aims to investigate data about theses and dissertations available at PS related to ID, between 1997 and 2017. Among these, 116 (46.6%) had complete records and were analysed using word clouds, correlation analysis, directed network graphs, and content analysis. Results endorse the multidisciplinary and comprehensive conception of ID, as the works discuss the process of information organization in physical and virtual environments, interacting with technological changes and diverse languages, oriented by users’ physical, cognitive, and affective needs.

Palavras-chave: design da informação, ciência de dados, plataforma sucupira, pós-graduação,

Palavras-chave: information design, data science, plataforma sucupira, graduate studies,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-2.0165

Referências bibliográficas
  • [1] Bardin, L. (2009). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.
  • [2] Bonsiepe, G. (1994). A Step Towards the Reinvention of Graphic Design. Design Issues, 10(1), 47–5 https://doi.org/10.2307/1511655
  • [3] Bonsiepe, G. (1997). Design: Do material ao digital. Florianópolis: IEL/SC.
  • [4] Butts, C. (2008). network: A Package for Managing Relational Data in R. Journal of Statistical Software, Articles, 24(2), 1–36. https://doi.org/10.18637/jss.v02i02
  • [5] Capes. (2014). Sobre a Avaliação. Recuperado 27 de setembro de 2018, de http://www.capes.gov.br/avaliacao/sobre-a-avaliacao
  • [6] Coelho, L. A. (2014). Design em quatro lustros. Estudos em Design, 22(3), 37–48.
  • [7] Cosmos, M. R. P., Silveira, M. A. A. da, & Silva, F. M. e. (2013). Fontes de informação digitais: Análise das dissertações do Programa de Pós-graduação em Design da UFPE. Informação & Informação, 18(3), 114–13 https://doi.org/10.5433/1981-8920.2013v18n3p114
  • [8] Dhar, V. (2013). Data Science and Prediction. Commun. ACM, 56(12), 64–73. https://doi.org/10.1145/2500499
  • [9] Diniz, R. L. (2018). Pós-Graduação em Design no Brasil: Especificidades das regiões Norte e Nordeste. Diálogo com a Economia Criativa, 3(7), 80–93. https://doi.org/10.22398/2525-2828.3780-93
  • [10] Fry, B. (2008). Visualizing Data. Sebastopol: O’Reilly Media, Inc.
  • [11] Horn, R. E. (1999). Information design: Emergence of a new profession. In R. Jacobson (Org.), Information design. Cambridge: MIT Press.
  • [12] Júnior, W. K. (2014). O Brilho do Olhar da Pós-Graduação. Estudos em Design, 22(3), 115–129.
  • [13] Marzullo, R. Z., & Oliveira, A. (2016). Design de informação: Uma revisão sistemática. Anais do 2o Simpósio de Pós-Graduação em Design da ESDI.
  • [14] Mukaka, M. (2012). A guide to appropriate use of Correlation coefficient in medical research. Malawi Medical Journal : The Journal of Medical Association of Malawi, 24(3), 69–71.
  • [15] Neves, E. P. das, Silva, D. N. da, Silva, J. C. P. da, & Paschoarelli, L. C. (2014). Panorama da pesquisa em Design no Brasil: A contribuição dos Programas de Pós-Graduação em Design nas pesquisas científicas e no desenvolvimento da área. Arcos Design, 8(1), 78–95. https://doi.org/10.12957/arcosdesign.2014.13927
  • [16] Paschoarelli, L. C., Silva, J., Silva, D., Bonfim, G., Medola, F. O., & Neves, E. (2015). Brazilian Research Panorama on Information Ergonomics and Graphic Design. In A. Marcus (Org.), Design, User Experience, and Usability: Users and Interactions (p. 330–340). Springer International Publishing.
  • [17] Pennec, E. L., & Slowikowski, K. (2019). ggwordcloud: A Word Cloud Geom for “ggplot2”. Recuperado de https://CRAN.R-project.org/package=ggwordcloud
  • [18] Portugal, C. (2010). Questões complexas do design da informação e de interação. InfoDesign - Revista Brasileira de Design da Informação, 7(2), 01–06.
  • [19] R Core Team. (2018). R: A Language and Environment for Statistical Computing. Recuperado de https://www.R-project.org/
  • [20] Redig, J. (2004). Não há cidadania sem informação, nem informação sem design. InfoDesign - Revista Brasileira de Design da Informação, 1(1), 51–59.
  • [21] Russell, M. A. (2013). Mining the Social Web: Data Mining Facebook, Twitter, LinkedIn, Google+, GitHub, and More. Sebastopol: O’Reilly Media, Inc.
  • [22] Sant’Anna, H. C., & Alves, J. C. R. (2018). Análise de dados da Plataforma Sucupira sobre a Pós-Graduação em Design no Brasil (2013-2017): Uma primeira aproximação. Revista de Design, Tecnologia e Sociedade, 5(2), 1–18.
  • [23] Silva, R. P. da. (2018). Programas de Pós-Graduação em Design: Especificidades da região sul do Brasil. Diálogo com a Economia Criativa, 3(7), 94–110. https://doi.org/10.22398/2525-2828.3794-110
  • [24] Souto, V. T., & Iida, I. (2014). Pesquisa e Pós-Graduação em Design no Centro-Oeste do Brasil. Estudos em Design, 22(3), 100–114.
  • [25] Wei, T., & Simko, V. (2017). R package “corrplot”: Visualization of a Correlation Matrix. Recuperado de https://github.com/taiyun/corrplot
  • [26] Wickham, H., & Grolemund, G. (2017). R for data science: Import, tidy, transform, visualize, and model data. Sebastopol: O’Reilly Media, Inc.
Como citar:

Sant’Anna, Hugo Cristo; "Análise de dados da Plataforma Sucupira sobre teses e dissertações relacionadas a Design da Informação (1997-2017)", p. 869-880 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-2.0165

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações