Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Análise das marcas gráficas das universidades federais do centro-oeste

Graphic marks analysis of Brazilian midwest federal universities

Arakaki, Marina; Pinheiro, Olímpio José; Andrade Neto, Mariano Lopes de; Landim, Paula da Cruz; Medola, Fausto Orsi;

Artigo completo:

Recentemente as instituições de ensino de superior – IES – tem recebido especial atenção da sociedade. Com isso, nota-se um potencial para torná-las fonte de referências comportamentais e de valores. Para tanto, o Design pode contribuir no sentido de fortalecer a comunicação das universidades, em especial, com a criação e gestão de suas identidades visuais. Essas ações para divulgação e aproximação das IES com a comunidade externa, via soluções de design, também favorecem o reconhecimento da própria área de conhecimento e de seus resultados. Os estudos em Design na região centro-oeste do Brasil ainda são escassos, o que se reflete também nas pesquisas de identidade visual. Visando documentar e contribuir com a discussão do Design na região pela comunidade universitária, o objetivo desse trabalho foi analisar as marcas gráficas das 5 universidades federais do centro-oeste, apresentando um breve diagnóstico de sua efetividade. Nesse sentido, os procedimentos da pesquisa foram realizados em duas etapas – primeiramente, para entender a presença do Design nas IES do centro-oeste; em seguida, para avaliar as marcas gráficas destas instituições. Como método de análise, utilizou-se uma ficha de avaliação desenvolvida por Silva (2012), baseada em princípios da ergonomia informacional e da gestalt. Os resultados indicam que os projetos das marcas gráficas foram desenvolvidos com alguma propriedade, porém apresentaram fragilidades quando submetidos ao método selecionado.

Artigo completo:

Recently higher education institutions - HEIs - have received special attention from society. Therefore, there is a potential to make them a source of behavioral references and values. For this, the Design can contribute by strengthening the communication of the universities, especially, with the creation and management of their visual identities. These actions for the dissemination and approximation of HEIs with the external community, via design solutions, also favor the recognition of the knowledge area and its results. Design studies in the brazilian midwest are still scarce, which is also reflected in the visual identity area. Aiming to document and contribute to the design discussion in the region by the university community, the objective of this work was to analyze the graphic marks of five Brazilian midwest federal universities, presenting a brief diagnosis of its effectiveness. In this sense, the research procedures were performed in two stages - first, to understand the Design presence in the Brazilian midwest HEIs; and then to evaluate the graphic marks of these institutions. As a method of analysis, we used an evaluation form developed by Silva (2012), based on principles of informational ergonomics and gestalt. The results indicate that the graphic marks projects were developed with some property, but presented weaknesses when submitted to the selected method.

Palavras-chave: identidade visual, marca gráfica, centro-oeste, universidades federais,

Palavras-chave: visual identity, graphic mark, brazilian midwest, federal universities,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-3.0039

Referências bibliográficas
  • [1] Arnheim, R. (2005). Arte e percepção visual. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.
  • [2] Cavalcanti, J. F., Soares, M. M., & Spinillo, C. G. (2009). Sinalização: um enfoque da ergonomia informacional e cultural. Estudos Em Design, 17(2).
  • [3] Chaves, N. (1996). La imagen corporativa: teoria y metodología de la identificación institucional (4th ed.). Barcelona: Editorial Gustavo Gili.
  • [4] Dondis, A. D. (1991). Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes.
  • [5] Farias, P. L. (2013). Tipografia digital: o impacto das novas tecnologias (3rd ed.). Teresópolis, RJ: 2AB.
  • [6] Gomes Filho, J. (2001). Gestalt do objeto: sistema de leitura visual da forma. São Paulo: Escrituras.
  • [7] MEC. (2019). e-mec. Retrieved June 28, 2019, from http://emec.mec.gov.br
  • [8] Péon, M. L. (2003). Sistemas de identidade visual (3rd ed.). Rio de Janeiro: 2AB.
  • [9] Ruão, T., & Carrillo, M. V. (2012). A modernização da identidade visual das Universidades. Os casos da Universidade da Extremadura (Espanha) e da Universidade do Minho (Portugal). Comunicação e Sociedade, 8(0), 85. https://doi.org/10.17231/comsoc.8(2005).1184
  • [10] Silva, C. S. (2012). Abordagem sistêmica como foco na gestão de design sustentável: o caso nuovo design. UFSC, Florianópolis.
  • [11] Silva, J. C. R. P. da. (2017). Análise do processo de design de marca gráfica por meio da ergonomia informacional – uma alternativa metodológica. Unesp - Universidade Estadual de São Paulo Júlio de Mesquita Filho.
  • [12] Silva, J. C. R. P. da S. (2012). Diretrizes Para Análise E Desenvolvimento De Identidade Visual – Contribuições Para O Design.
  • [13] Strunk, G. L. T. L. (2001). Como criar identidades visuais para marcas de sucesso. Rio de Janeiro: Rio Books.
  • [14] Wheeler, A. (2012). Design de identidade de marca: guia essencial para toda a equipe de marcas (3rd ed.). Porto Alegre: Bookman.
Como citar:

Arakaki, Marina; Pinheiro, Olímpio José; Andrade Neto, Mariano Lopes de; Landim, Paula da Cruz; Medola, Fausto Orsi; "Análise das marcas gráficas das universidades federais do centro-oeste", p. 1239-1249 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-3.0039

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações