Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Análise da Interface do Jogo Persona 5

Interface Analyze of Persona 5 Game

Sagae, Julia Yukari Bertineti; Battaiola, André Luiz; Moreira, Victor Emanuel Montes;

Artigo completo:

Persona 5, um RPG publicado pela Atlus para o console Playstation em 2017, é um jogo sobre rebelião juvenil, representada não só através da história do jogo, mas pela estética inspirada na cultura punk e pela suposta quebra de paradigmas na maneira como a interface do jogo se apresenta, quase transformando os menus na atração principal do jogo. Em certos eventos como aqueles que celebram a cultura japonesa ou promovem jogos é comum se deparar com o fenômeno conhecido como cosplay, onde os fãs das mídias que veiculam este tipo de cultura, tais como HQs, animações e jogos, se fantasiam como os personagens com os quais se identificam. Enquanto é comum encontrar cosplays dos personagens presentes nos jogos, Persona 5 chama a atenção pelo fato dos fãs se fantasiaram dos menus do jogo. Esse fato originou a seguinte pergunta de pesquisa: Por que a interface do Persona 5 causa uma “forte empatia” em seus jogadores? A pesquisa descrita neste artigo, de natureza aplicada, abordagem qualitativa e objetivo exploratório, busca responder a esta pergunta.

Artigo completo:

Persona 5, an RPG published by Atlus for the Playstation console in 2017, is a game about youth rebellion, represented not only through the history of the game, but also through the aesthetics inspired by punk culture and the supposed breakdown of paradigms in the way the game presents itself, almost turning the menus into the main attraction of the game. In certain events such as those celebrating Japanese culture or promoting games, it is common to come across the phenomenon known as cosplay, where fans of the mediums that carry this kind of culture, such as comics, animations and games, fantasize about how characters with which are identified. While it is common to find cosplays of the characters present in the games, Persona 5 draws attention to the fact that fans have fantasized about the menus of the game. This led to the following research question: Why does the Persona 5 interface cause "strong empathy" in its players? The research described in this article, of applied nature, qualitative approach and exploratory objective, seeks to answer this question.

Palavras-chave: Interfaces de jogos, Interface do jogo Persona 5,

Palavras-chave: Game interfaces, Persona 5 game interface,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-1.0048

Referências bibliográficas
  • [1] Aarseth, E. (2003). Playing Research: Methodological approaches to game analysis. In: Proceedings of the digital arts and culture conference, pp. 28-29.
  • [2] Araujo, B. B. P. L., Faria, W. V., Loureiro, C. G., Carmo, M. I. M. M., Donato, N. J., Silva, T. S. T., Maidantchik, V. D., & Marques, Y. L. M. M. (2015). Design de jogos de RPG digitais: uma investigação sobre a experiência de jogo. SBC-Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Brasília, DF, Brasil, pp. 658-665.
  • [3] Araújo, R. P. D., & Souto, V. T. (2015). Linhas-guia para o design de HUDs em jogos imersivos. SBC-Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Brasilia, DF, Brasil, pp. 313-318.
  • [4] Awards, The Game. Categories. Disponível em < http://thegameawards.com/awards/ > Acesso em: 08/02/2017.
  • [5] Azevedo, F. M., Silva, I. C. S., & Frosi, F. O. (2017). Game user experience (UX): explorando a teoria da diegese. SBC - Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Curitiba, PR, Brasil, pp. 40-48.
  • [6] Battaiola, A. L., Elias, N. C., Domingues, R. G., Assaf, R., & Ramalho, G. L. (2002). Desenvolvimento da Interface de um Software Educacional com base em Interfaces de Jogos. IHC Simpósio sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais.
  • [7] Beck, K. (2017) Cosplayers dress up as a literal video game menu and it's amazing. Disponível em < https://mashable.com/2017/07/05/persona-menu-cosplay/#2vleIYl3OmqK > Acesso em: 04/11/2018.
  • [8] Costa, A. F., & Nakamura, R. (2015). Experiência de usuário e experiência de jogador: discussão sobre os conceitos e sua avaliação no projeto de jogos digitais. SBC - Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Brasília, DF, Brasil, pp. 512-517.
  • [9] Cuperschmid, A. R. M., & Hildebrand, H. R. (2013). Avaliação Heurística de Jogabilidade. SBC - Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, São Paulo, SP, Brasil, pp. 371-378.
  • [10] Llanos, S. C., & Jørgensen, K. (2011). Do players prefer integrated user interfaces? A qualitative study of game UI design issues. In Proceedings of DiGRA 2011 Conference: Think Design Play.
  • [11] Manzini, E. J. (2004) Entrevista semi-estruturada: análise de objetivos e de roteiros. Seminário internacional sobre pesquisa e estudos qualitativos, v(2), 10.
  • [12] Moroni, L., & Battaiola, A. L. (2011). Heads-up Display integrados ao universo de um jogo eletrônico. SBC- Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Salvador, BA, Brasil, pp. 1-11.
  • [13] Pedersen, R. E. (2003). Game design foundations. Wordware Publishing, Inc.
  • [14] Petry, A. D. S., Bitencourt, A. B. S., Clua, L. R. M., Battaiola, A. L., Petry, L. C., & Vargas, A. (2013). Parâmetros, estratégias e técnicas de análise de jogo: o caso A mansão de Quelícera. SBC - Anais do SBGames - Culture Track – Full Papers, São Paulo, SP, Brasil, pp. 141-151.
  • [15] Prodanov, C. C., & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico -2ª Edição. Editora Feevale.
  • [16] Rogers, Y., Sharp, H., & Preece, J. (2013). Design de Interação. Bookman Editora.
  • [17] Rollings, A., & Adams, E. (2003). Andrew Rollings and Ernest Adams on game design. New Riders.
  • [18] Silva, E. L., & Menezes, E. M. (2005). Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. UFSC, Florianópolis, 4a. edição.
  • [19] Souto, R. P., & Araujo, V. T. (2015) Linhas-guia para o design de HUDs em jogos imersivos. SBC-Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Teresina, PI, Brasil, pp. 313-318.
  • [20] Viana, G. S., Salgado, L. C. C., & Trevisan, D. G. (2017) Usabilidade em Jogos em Diferentes Plataformas e Gêneros. SBC - Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Curitiba, PR, Brasil, pp. 158-164.
  • [21] Vitorino, R. F., & Serrano, P. H. S. M. (2017) Os Efeitos de Sentido e a Usabilidade na Interface de Call of Duty. SBC - Anais do SBGames - Art & Design Track – Full Papers, Curitiba, PR, Brasil, pp. 233-241.
Como citar:

Sagae, Julia Yukari Bertineti; Battaiola, André Luiz; Moreira, Victor Emanuel Montes; "Análise da Interface do Jogo Persona 5", p. 56-65 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-1.0048

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações