Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Animações multimídia sobre alimentação e nutrição: Um estudo sobre a compreensão por agentes comunitários de saúde de Curitiba

Multimedia animations about feed and nutrition: A study on their understanding by community health agents in Curitiba

Rojas, Carlos Felipe Urquizar;

Artigo completo:

No Brasil, agentes comunitários de saúde são um elo entre as políticas de saúde e a população e têm dentre suas responsabilidades a de orientar os hábitos alimentares das comunidades. A partir da Teoria Cognitiva do Aprendizado Multimídia (TCAM) este estudo verificou a compreensão de animações sobre alimentação e nutrição. Para identificar as características das animações, realizou-se um estudo analítico com 57 animações encontradas no Youtube e Vimeo, e um teste de compreensão com 32 agentes comunitários de Curitiba. Foram identificadas 21 características nas animações e os testes de compreensão indicaram que animação com legenda, narração e trilha obteve melhores resultados, enquanto animação com legenda obteve os piores resultados. Estes resultados não se alinham às recomendações da TCAM nos princípios da modalidade e redundância. Termos e conceitos complexos e/ou desconhecidos escritos em tela junto com narração podem ter melhorado a compreensão da animação. Conclui-se que o maior desafio no processamento de informação sobre alimentação pelos agentes comunitários é a compreensão de termos complexos. Recomendações sobre design de animações são propostas com base nos resultados obtidos.

Artigo completo:

In Brazil, health community agents act as a link between the health policies and the population and have among their responsibilities to guide the communities in their feeding habits. From the Cognitive Theory of Multimedia Learning (CTML) this study verified the understanding of animations about feeding and nutrition. To identify the characteristics of such animations, an analytical study of a sample of 57 animations available in Youtube and Vimeo was carried out, and a comprehension test was conducted with 32 community agents in Curitiba. Twenty-one features were identified in the animation sample and the comprehension tests showed that animation with narration, captions and soundtracks had the best results, whereas animation with captions only had the worse results. These results are not aligned with the recommendations of CTML for the principles of modality and redundancy. Complex and/or unfamiliar terms and concepts written on the screen together with narration may have improved comprehension. It is concluded that for the community agents the greatest challenge in information processing about feeding is the comprehension of complex terms. Recommendations on the design of animation are proposed based upon the results.

Palavras-chave: animação multimídia, alimentação e nutrição, compreensão, agentes comunitários de saúde,

Palavras-chave: multimedia animation, feed and nutrition, understanding, community health workers,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-2.0216

Referências bibliográficas
  • [1] Andrade, R. D. C. (2014). Infográficos animados e interativos em saúde: Um estudo sobre a compreensão de notícias.
  • [2] Bloom, B. S.; Engelhart, M. D.; Edward, J. F.; Hill, W. H., & Krathwohl, D. R. (1974). Taxionomia de objetivos educacionais – domínio cognitivo. Porto Alegre – Ed. Globo.
  • [3] Brasil. (2004). Proposta de formação do agente comunitário de saúde - Habilitação profissional técnica. Ministério da saúde. Brasília
  • [4] Brasil, 2012. Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas. – Brasília, DF: Ministério da Saúde; Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
  • [5] Brasil, (2014). Guia alimentar para a população brasileira - Ministério da Saúde - Secretaria de atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. 2 Ed. - Brasília: Ministério da Saúde.
  • [6] Brasil, (2014b). Estratégia Saúde da Família. Portal da saúde - Departamento de Atenção básica. Disponível em http://dab.saude.gov.br/portaldab/ape_esf.php, acesso em 5 de março de 2014.
  • [7] Clark, R. C., & Mayer, R. E. (2008). E-learning and the science of instruction: Proven guidelines for consumers and designers of multimedia learning. John Wiley & Sons.
  • [8] Curitiba, (2014) – Agência de notícias da prefeitura de Curitiba, Câmara aprova criação de carreira de agente comunitário de saúde. Acesso em fev.2016, disponível em: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/camara- aprova-criacao-de-carreira-de-agente-comunitario-de-saude/33376
  • [9] FAO, (2014). The Rome Declaration on Nutrition, infographics Details. Food and Agriculture Organization of the United Nation. Acesso em 1o de dezembro, disponível em: http://www.fao.org/resources/infographics/infographics- details/en/c/266118/
  • [10] Filatro, A., & Piconez, S. C. B. (2004). Design instrucional contextualizado. São Paulo: Senac
  • [11] Hegarty, M., & Kriz, S. (2008). Effects of knowledge and spatial ability on learning from animation. Learning with animation: Research implications for design, 3-29.
  • [12] Horn, R. E. (1998). Visual language. MacroVu Inc. Washington.
  • [13] Lowe, R. (2008). Learning from animation: Where to look, when to look. In Learning with animation: Research implications for design (pp. 49-68). Cambridge University Press.
  • [14] Maia, T. C. (2008). A representação de dimensões de tempo em instruções visuais e sua relação com imagens mentais de usuários (Dissertação Mestrado).
  • [15] Mayer, R. E., & Moreno, R. (2002). Animation as an aid to multimedia learning. Educational psychology review, 14(1), 87-99.
  • [16] Mayer R. E., (2008). Research-bases principles for learning with animation. p.30 in: Lowe & Schnotz (2008) – Learn with Animation, Cambridge. University Press.
  • [17] Mayer, R. E. (Ed.). (2014). The Cambridge Handbook of Multimedia Learning. Cambridge University Press.
  • [18] Miranda. F. (2013). Animação e interação na infografia jornalística - Uma abordagem do Design da Informação. Dissertação - UFPR - Curitiba
  • [19] Paivio, A. (2006). Dual coding theory and education. University of Western Ontario. Pathways to literacy achievement for high poverty children. The university of Michigan school of education, 1-
  • [20] Rojas, C. F. U. (2016). Animações multimídia sobre alimentação e nutrição: um estudo sobre a compreensão dos agentes comunitários de saúde.
  • [21] Sadoski, M., Goetz, E. T., Stricker, A. G., & Burdenski, T. K. (2003). New findings for concreteness and imagery effects in written composition. Reading and Writing, 16(5), 443-453.
  • [22] Schnotz, W., & Lowe, R. K. (2008). A unified view of learning from animated and static graphics. Learning with animation: Research implications for design, 304-356.
  • [23] Spinillo, C. G., Souza, J. M. B. D., Maia, T. C., Storck, G. R., & Oselame, A. (2010). A representação gráfica de instruções visuais animadas: Um estudo analítico na perspectiva da ergonomia informacional. In 10o Congresso Internacional de Ergonomia e Usabilidade de Interfaces Humano-Computador, PUC-Rio. Rio de Janeiro. Anais.
  • [24] Spinillo, C., Souza, J., Storck, G., & Pottes, A. (2011). Alguns aspectos sobre os modos de representação e o processamento da informação em instruções visuais animadas. In 11o Congresso Internacional de Ergonomia e Usabilidade de Interfaces Humano-Tecnologia. Manaus.
  • [25] Spinillo, C. G. (2012). Graphic and cultural aspects of pictograms: an information ergonomics viewpoint. Work, 41(Supplement 1), 3398-3403.
  • [26] Twyman, M. (1985). Using pictorial language: A discussion of the dimensions of the problem. In Designing usable texts (pp. 245-312). Academic Press.
  • [27] Weiss, R. E., Knowlton, D. S., & Morrison, G. R. (2002). Principles for using animation in computer-based instruction: Theoretical heuristics for effective design. Computers in Human Behavior, 18(4), 465-477.
  • [28] World Health Organization. (2014). Global status report on noncommunicable diseases 2014 (No. WHO/NMH/NVI/15.1). World Health Organization.
Como citar:

Rojas, Carlos Felipe Urquizar; "Animações multimídia sobre alimentação e nutrição: Um estudo sobre a compreensão por agentes comunitários de saúde de Curitiba", p. 963-972 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-2.0216

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações