Maio 2018 vol. 4 num. 3 - Colóquio Internacional de Design 2017

Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Alfabeto: o melhor sistema de escrita? Uma querela induzida entre Flusser e Havelock versus Daniels e Man

Is the alphabet the best writing system? A quarrel induced between Flusser and Havelock versus Daniels and Man

Silva, Sérgio Luciano da;

Artigo Completo:

O presente artigo busca caracterizar o sistema de escrita alfabético em relação à diversidade de sistemas existentes. Seu objetivo é aproximar designers tipográficos que projetam em múltiplas escritas de temas da linguística e da gramatologia, exigidos nesse campo de trabalho. Como estratégia de abordagem são analisadas as concepções do filósofo Vilém Flusser e do classicista Eric Havelock em contraposição às do linguista Peter T. Daniels e do historiador John Man. Do embate dessas quatro visões são extraídos alguns dos critérios que consideramos essenciais para subsidiar o design tipográfico multiescrita em seus aspectos linguísticos e gramatológicos.

Artigo Completo:

This paper seeks to characterize the alphabetic writing system in relation to the diversity of existing systems. Aims to approximate typeface designers who work in multi-script to fields such linguistics and grammatology, required in design area. As an approach strategy to analyze the conceptions of the philosopher Vilém Flusser and the classicist Eric Havelock in contrast to the ideas of the linguist Peter T. Daniels and the historian John Man. From the clash of these four views are extracted some of the criteria that we consider essential to subsidize the typeface multi-script design in their linguistic and grammatological aspects.

Palavras-chave: sistemas de escrita; escritas; alfabeto; design tipográfico multiescrita; gramatologia,

Palavras-chave: writing system; script; alphabet; multi-script typeface design; grammatology,

DOI: 10.5151/cid2017-07

Referências bibliográficas
  • [1] BRINGHURST, Robert. A forma sólida da linguagem: um ensaio sobre escrita e significado. Tradução Juliana A. Saad . São Paulo: Editora Rosari, 2006.
  • [2] BRINGHURST, Robert. Elementos do estilo tipográfico – versão 3.0. Tradução André Stolarski. São Paulo: Cosac Naify, 2005.
  • [3] CONNOR, M. O’. Epigraphic semitic scripts. In: DANIELS, Peter T. et al . The world’s writing systems. New York, Oxford University Press, 1996. p. 88-107.
  • [4] DANIELS, Peter T. et al . The world’s writing systems. New York, Oxford University Press, 1996.
  • [5] DANIELS, Peter T. The first civilizations. In: DANIELS, Peter T. et al . The world’s writing systems. New York, Oxford University Press, 1996. p. 21-32.
  • [6] FLUSSER, Vilém. A escrita: há futuro para a escrita? Trad. Murilo Jardelino da Costa. São Paulo: Annablume, 2010.
  • [7] FLUSSER, Vilém. A dúvida. São Paulo: Annablume, 2011.
  • [8] HAVELOCK, A. Eric. A revolução da escrita na Grécia e suas consequências culturais. Tradução. Ordep José Serra. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1994.
  • [9] MAN, John. A história do alfabeto: como 26 letras transformaram o mundo ocidental. Tradução Edith Zonenschain. Rio de Janeiro, Ediouro, 2002.
  • [10] SILVA, S.L. Faces & Fontes Multiescrita: fundamentos e critérios do design tipográfico. 1. ed. Belo Horizonte: Adaequatio Editora, 2016.
  • [11] SWIGGERS, Pierre. Transmission of the Phoenician Script to the West. In: DANIELS, Peter T. et al . The world’s writing systems. New York, Oxford University Press, 1996. p. 261-270.
  • [12] UNICODE, Consortium. The Unicode Standard Version 5.2. 2009. 656 p. Disponível em: < http://www.unicode.org/versions/Unicode5.2.0/Unicode Standard-5.2.zip >. Acesso em: 22 abr. 2011.
Como citar:

Silva, Sérgio Luciano da; "Alfabeto: o melhor sistema de escrita? Uma querela induzida entre Flusser e Havelock versus Daniels e Man", p. 76-85 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, ISBN: cid2017
DOI 10.5151/cid2017-07

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações