Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

AGRO-INDUSTRIAL WASTE WITH POTENTIAL USE AS A SUBSTRATE IN THE PRODUCTION OF BIOSURFACTANT.

RESÍDUOS AGRO-INDUSTRIAIS COM POTENCIAL UTILIZAÇÃO COMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE BIOSURFACTANTES.

Márcio Costa Pinto da, Silva; Edna dos Santos, Almeida; Érika Durão, Vieira; Bruna, Pita;

Artigo completo:

: The aim of this work is a technical economic comparison limited to five agro-industrial waste as a possible substrate for biosurfactants production. The wastes selected were: sugarcane bagasse, sugarcane molasses, manipueira, residual frying oil and oily sludge. The primary comparative data collected in the literature were: availability in the market with low or no commercial value; needs of treatments for use as substrate and availability of carbon source. Of the residues, the best comparative performance in these 3 factors was oily sludge: it has availability and no market value, simple reproduction treatment for adaptation as a substrate and a great carbon source.

Artigo completo:

Este artigo faz uma comparação técnico econômica limitado a cinco resíduos agro-industrais como fonte possível de substrato para produção de biossurfactantes. Os resíduos selecionados foram: bagaço de cana-de-açúcar, melaço de cana-de-açúcar, manipueira, óleo residual de fritura e borra oleosa. Os principais dados comparativos coletados na bibliografia foram: disponibilidade no mercado com baixo ou nenhum valor comercial; tratamentos necessários para uso como substrato e disponibilidade de fonte de carbono. Dos resíduos o de melhor desempenho comparativo nestes 3 fatores foi a borra oleosa: tem disponibilidade e sem valor de mercado, tratamento de simples reprodução para adaptação como substrato e boa fonte de carbono

Palavras-chave: agro-industrial waste; substrate; comparation; oily sludge; biosurfactant.,

Palavras-chave: : resíduo agroindustrial; substrato; comparação; borra oleosa; biossurfactante.,

DOI: 10.5151/siintec2020-AGRO-INDUSTRIAL

Referências bibliográficas
  • [1] BEZERRA, M. S. Estudo da Produção de biosurfactante sintetizados por Pseudomonas aeruginosa AP029-GVIIA utilizando manipueira como fonte de carbono, UFRN, 2012.
  • [2] 2 SANTOS, D et al. Potencialidades e Aplicações da Fermentação semi-sólida em biotecnologia. Universidade de Lorena, 2006.
  • [3] 3 AQUINO, PEDRO L. M. Produção de Biossurfactantes a partir de bacillus
  • [4] velezensis utilizando resíduos Agroindustriais como
  • [5] substrato. Universidade Estadual Paulista,São José do Rio Preto, 2011.
  • [6] 4 MORAIS, ALAINE P. S. Estudo do pré-tratamento do bagaço de cana-de-açúcar e caracterização físico-química. Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu, São Paulo, 2010.
  • [7] 5 PITARELO, A. P. Avaliação da susceptibilidade do bagaço e da palha da cana-de-açúcar à bioconversão via pré-tratamento à vapor e hidrólise enzimática. 2007, 142f. Dissertação (Mestrado). Curso de Química. Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 200
  • [8] 6 SILVA, MÁRCIO C. P. Disponibilidade, pré-tratamento de matéria prima e projeto de reator a explosão à vapor para produção de E2G. Dissertação de Mestrado, UNIFACS, Salvador, 2015
  • [9] 7 ZHENG, Y.; ZHAO, J..; XU, F.; LI, Y. Pretreatment of lignocellulosic biomass for enhanced biogas production. Progress in Energy and Combustion Science, Elsevier, Ohio, v.42, p.35-53, jun. 2014.
  • [10] 8 STELTE, W. Steam explosion for biomass pre-treatment. Centre for Renewable Energy and Transport. Section for Biomass - Danish Techonological Institute, Compenhague - Dinamarca, 2013.
  • [11] 9 MARIM, MARÍLIA G Obtaining of biosurfactant by Bacillus subtilis ATCC 9372 from sugar cane molasses. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso de graduação em Engenharia de Alimentos. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Campo Mourão, 2014.
  • [12] 10 EMBRAPA. Cartilha de publicação sobre a manipueira. Revista 2009.
  • [13] 11 CARA, DIEGO V. C. Produção de Biossurfatante por Flavobacterium sp. a partir de óleo de soja residual e fertilizante comercial. Rio de Janeiro, 2009.
  • [14] 12 SILVEIRA, D. A.; VIEIRA, G. E. Emprego do óleo residual de fritura na produção de biodiesel vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2015.
  • [15] 13 CARVALHO, ANDRESSA P. H. Qualidade física, química e antimicrobiana de sabões líquidos elaborados com óleo residual de fritura e diferentes agentes saponificantes. Dissertação de mestrado. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás, 2013.
  • [16] 14 SILVA, MÁRCIO C. P. Preliminary evaluation use of lees generated in the refining vegetable oil mixture as a substrate for the production of biosurfactant. 5th Latin American Congress on Biorefineries. Concepcion, Chile January, 2019.
  • [17] 15 FRÉ, N. C. Obtenção de ácidos graxos à partir da acidulação de borra de neutralização de óleo de soja. Dissertação de Mestrado, UFRS, 2009.
  • [18] 16 JUN, A. at al. Reatividade de Compostos Orgânicos II e Biomoléculas - lipídios, ácidos graxos e fosfolipídeos. UNESP, São Paulo, 2016.
  • [19] 17 SANTOS, R. R. Caracterização e aplicação de borras do refino de óleos vegetais para produção de lipase fúngica por fermentação no estado sólido. Dissertação de Mestrado, UFFRJ, 2012.
  • [20] 18 VOLKMANN, G. C. M.; JENSKE, G.; KREMER, L. C. Determinação de ácidos graxos em alimentos por cromatografia gasosa, 2014.
  • [21] 19 NITSCHKE, MÁRCIA. et al. Oil Wastes as Unconventional Substrates for Rhamnolipid biosurfactant production by Pseudomonas aeruginosa LBI. Biotechnology Progress, n.5, p. 62-66, 2005
Como citar:

Márcio Costa Pinto da, Silva; Edna dos Santos, Almeida; Érika Durão, Vieira; Bruna, Pita; "AGRO-INDUSTRIAL WASTE WITH POTENTIAL USE AS A SUBSTRATE IN THE PRODUCTION OF BIOSURFACTANT.", p. 43-51 . In: Anais do VI Simpósio Internacional de Inovação e Tecnologia. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7592, ISBN: 2357-7592
DOI 10.5151/siintec2020-AGRO-INDUSTRIAL

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações