Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ACESSIBILIDADE EM EDIFÍCIOS PÚBLICOS: ESTUDO DE CASO - INSTITUTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES NO CAMPUS DO PICI - UFC

SANTIAGO, Zilsa Maria Pinto; DO NASCIMENTO, Raquel Martins; SALES, Fernanda Rocha;

Artigo Completo:

Reconhecendo a importância da acessibilidade espacial e o potencial inclusivo da prática de esportes, este trabalho tem o objetivo de contribuir com o debate sobre o processo de adequação de prédios públicos, sendo escolhido para análise o Instituto de Educação Física e Esportes (IEFES) da Universidade Federal do Ceará (UFC), dada a importância do complexo como equipamento público de ensino superior e portal de inclusão, onde funcionam o curso de Educação Física e programas esportivos de cunho social, inclusive para pessoas com deficiência. Apresenta, portanto, os resultados de análise das condições de acessibilidade do prédio do referido instituto de ensino superior, tendo como referencial metodológico técnicas de Avaliação Pós-Ocupação (APO).

Artigo Completo:

Palavras-chave: Acessibilidade; Avaliação Pós-Ocupação; Instituição Pública de Ensino Superior,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-eneac2016-ACE02-1

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro, 2004.
  • [2] BRASIL. Decreto Nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004, que regulamenta as Leis nºs10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências.
  • [3] CAMBIAGHI, Silvana. Desenho universal: métodos e técnicas para arquitetos e urbanistas. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2007.
  • [4] CEARÁ. Guia de Acessibilidade: Espaço Público e Edificações. 1 ed./ Elaboração: Nadja G.S. Dutra Montenegro; Zilsa Maria Pinto Santiago e Valdemice Costa de Sousa. Fortaleza: SEINFRA-CE, 2009.
  • [5] IBGE, Censo Demográfico 2010. Disponível em: Acesso em: 18/06/2013.
  • [6] ORNSTEIN, Sheila; ROMÉRO, Marcelo. Avaliação Pós-Ocupação (APO) do ambiente construído. São Paulo: Studio Nobel; Editora da Universidade de São Paulo, 1992.
  • [7] PREISER, Wolfgang F.E. Post-occupancy evaluation. New York: Van Nostrand Reinhold, 1988.
Como citar:

SANTIAGO, Zilsa Maria Pinto; DO NASCIMENTO, Raquel Martins; SALES, Fernanda Rocha; "ACESSIBILIDADE EM EDIFÍCIOS PÚBLICOS: ESTUDO DE CASO - INSTITUTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES NO CAMPUS DO PICI - UFC", p. 124-135 . In: Anais do VI Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído & VII Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral [=Blucher Design Proceedings, v.2 n.7]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-eneac2016-ACE02-1

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações