Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Abordagem Sistêmica do Design e Educação Quilombola: instrumentalizando histórias de Itamatatiua em um projeto colaborativo para a sustentabilidade cultural.

Systemic Approach to Design and Quilombola Education: using Itamatatiua's sustainability stories in a collaborative project for culture

Cestari, Glauba Alves do Vale ; Figueiredo , Luiz Fernando Gonçalves de ; Perpetuo, Nayara Chaves Ferreira ; Lima , Terezinha de Jesus Campos de;

Artigo :

Este artigo traz um recorte do desenvolvimento de um projeto colaborativo, em andamento, apoiado pelo Campus São Luís – Centro Histórico (CCH) do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão, Unidade Centro Histórico (IFMA), em parceria com o Núcleo de Abordagem Sistêmica de Design, vinculado à Universidade Federal de Santa Catarina (NASDesign/UFSC). O projeto, de natureza extensionista, é realizado em Itamatatiua, território quilombola localizado no município de Alcântara, Maranhão, envolvendo uma escola do ensino fundamental, entidades associativas e a comunidade em geral. Entendendo que a educação pode ser um caminho para a resistência da cultura local, a ação defende a interação entre o ensino e a aprendizagem formal e informal como mitigadores do distanciamento das novas gerações das práticas que identificam o povoado e os decorrentes impactos à sustentabilidade cultural. Metodologicamente amparado na Pesquisa Ação, o projeto vem se organizando em fases que contemplaram desde a realização de oficinas voltadas ao resgate do ato de contar histórias entre gerações, à confecção de recursos didáticos para a elaboração de atividades pedagógicas. Como referência advinda das Ciências Sociais Aplicadas, nos apoiamos em ferramentas e estratégias de gestão e abordagem sistêmica do Design para aqui apresentar/descrever o processo de instrumentalização das histórias contadas no quilombo neste projeto colaborativo que vem promovendo aproximações, construções e reconstruções de conteúdos advindos das vozes de filhos do quilombo, crianças, adultos e idosos.

Artigo :

This article presents an excerpt from the development of an ongoing collaborative project, supported by the São Luís Campus – Centro Histórico (CCH) of the Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão, Centro Histórico unit (IFMA), in partnership with the Center of Systemic Approach to Design, linked to the Universidade Federal de Santa Catarina (NASDesign/UFSC). The project, of an extension nature, is carried out in Itamatatiua, a quilombola territory located in the municipality of Alcântara, Maranhão, involving an elementary school, associative entities and the community in general. Understanding that education can be a path to the resistance of local culture, the action defends the interaction between teaching and formal and informal learning as mitigating the distancing of new generations from the practices that identify the village and the resulting impacts on cultural sustainability. Methodologically supported by the Action Research, the project has been organized in phases that ranged from the holding of workshops aimed at recovering the act of telling stories between generations, to the preparation of teaching resources for the development of pedagogical activities. As a reference from Applied Social Sciences, we rely on management tools and strategies and systemic approach to Design to present/describe here the process of instrumentalization of stories told in the quilombo in this collaborative project that has been promoting approaches, constructions and reconstructions of content arising from voices of children of the quilombo, children, adults and the elderly.

Palavras-chave: Abordagem Sistêmica; Design; Educação quilombola; Sustentabilidade Cultural,

Palavras-chave: Systemic Approach; Design; Quilombola education; Cultural Sustainability,

DOI: 10.5151/jopdesign2021-29

Referências bibliográficas
  • [1] "AROS, K. C. (2016). Elicitação do processo projetual do Núcleo de Abordagem Sistêmica do Design da Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo. 2016. 103 p. Dissertação (Mestrado em Gestão de Design) - Programa de Pós-graduação em Design e Expressão Gráfica. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.
  • [2] BRASIL. Lei 10.639/03: Plano nacional de implementação das diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Brasilia: MEC/SECADI, 2004. 104 p. Disponível em: http://etnicoracial.mec.gov.br/images/pdf/diretrizes_curric_educ_etnicoraciais.pdf . Acesso em: 10 de março 2021.
  • [3] BERTALANFFY, L. Teoria Geral dos Sistemas: fundamentos, desenvolvimento e aplicações. Tradução: Francisco M. Guimarães. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.
  • [4] CAPRA, F.; LUISI, P. L. A visão sistêmica da vida: uma concepção unificada e suas implicações filosóficas, políticas, sociais e econômicas. Tradução: Mayra Teruya Eichemberg, Newton Roberval Eichemberg. São Paulo: Cultrix, 201 615 p.
  • [5] ESCOBAR, A. Autonomía y diseño. La realización de lo comunal. Popayán: Universidad del Cauca. Sello Editorial, 2016.
  • [6] FREIRE, P., Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
  • [7] HAMPÂTÉ BÂ, A. A tradição viva. p 155-188. in MEDEIROS, F.H.N.; MORAES, T.M.R. Contação de histórias: tradição, poéticas e interfaces. São Paulo: Edições Sesc São Paulo, 2015. 544 p.
  • [8] LACERDA, R.S.; SILVA, G.M. Desafios para a construção do conceito afrocentrado de desenvolvimento em comunidades quilombolas no Brasil. Desenvolvimento Meio Ambiente, Paraná, v. 45, p. 294-315, abril, 201 Sistema Eletrônico de revistas UFPR. DOI http://dx.doi.org/10.5380/dma.v45i0.48583 Disponível em: https://revistas.ufpr.br/made/article/view/48583. Acesso em: 10 de março 2021.
  • [9] LEIMIG, E.S.F. Dialogicidade e Significado: A Relação entre Freire e Ausubel no Processo Avaliativo. InterMeio: revista do Programa de Pós-graduação em educação - UFMS, Campo Grande, v.20, n40, p.168-179, jul/dez. 2014. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/intm/article/view/2327. Acesso em: 10 de março 2021.
  • [10] MEDEIROS, F.H.N.; MORAES, T.M.R. Contação de histórias: tradição, poéticas e interfaces. São Paulo: Edições Sesc São Paulo, 2015. 544 p.
  • [11] MUNARI, B. Das coisas nascem coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1998. 375 p.
  • [12] "
Como citar:

Cestari, Glauba Alves do Vale ; Figueiredo , Luiz Fernando Gonçalves de ; Perpetuo, Nayara Chaves Ferreira ; Lima , Terezinha de Jesus Campos de; "Abordagem Sistêmica do Design e Educação Quilombola: instrumentalizando histórias de Itamatatiua em um projeto colaborativo para a sustentabilidade cultural. ", p. 247-257 . In: Anais da II Jornada de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Design - UFMA. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/jopdesign2021-29

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações