Maio 2018 vol. 4 num. 3 - Colóquio Internacional de Design 2017

Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Abordagem Sistêmica associada à gamificação como uma ferramenta de prototipagem de serviços

Systemic approach associated with gamification as a service prototyping tool

Ferreira, Alais Souza; Figueiredo, Luiz Fernando Gonçalves de; Ourives, Eliete Auxiliadora Assunção;

Artigo Completo:

O design não se restringi apenas a elaboração e prestação de um serviço, uma vez que este vem ampliando seu campo de atuação de maneira mais estratégica. Para este novo olhar, o foco é transferido dos objetos para o estudo global dos sistemas considerando todos os processos envolvidos. A gamificação surge como ferramenta para auxiliar na compreensão deste estudo, tornando-o mais dinâmico, divertido e envolvente. A gestão do design busca promover um melhor gerenciamento de pessoas, projetos, processos e procedimentos relacionados com os serviços, ambientes e experiências, além de visar uma abordagem holística. Inserido neste contexto, está o design de serviço que ajuda a inovar, criar novos, ou aperfeiçoar serviços, tornando-os mais úteis, usáveis e desejáveis aos clientes, eficiente e eficaz para as organizações. No Município de Chapadão do Lageado, os estabelecimentos locais precisam obedecer as normas de higiene e segurança, separar e descartar corretamente os resíduos e implantar sistemas de identidade visual. Diante do expostos, surge o questionamento: como a abordagem sistêmica, a gamificação e a prototipagem de serviços podem estar relacionadas com os empreendimentos dos microempreendedores? Desta forma, a pesquisa objetiva identificar a relação entre abordagem sistêmica associada à gamificação e prototipagem de serviços dos microempreendedores. Porém, é relevante esclarecer que este artigo busca discutir essas relações com o apoio de dados secundários, constituídos de referências bibliográficas e documentos, com a finalidade de levantar reflexões sobre o assunto e fornecer base teórica para uma pesquisa acadêmica científica. Portanto, a pesquisa classifica-se como qualitativa, exploratória e descritiva. Os resultados apontam que a gestão de design – com abordagem sistêmica baseada na produção, serviços e usuário – dos empreendimentos de microempreendedores pode ser aprimorada, por ser uma área em amplo desenvolvimento e possuir grande flexibilidade de oportunidades de negócios como saneamentos, capacitação, atendimento ao cliente, entre outras. Além disso, este artigo contribui com uma discussão teórica sobre a abordagem sistêmica relacionada com a gamificação e a prototipagem de serviços, que servirá de base para o desenvolvimento de uma pesquisa acadêmica científica, além de contribuir com uma reflexão para novas pesquisas nesta área.

Artigo Completo:

The design does not restrict only the elaboration and provision of a service, since it has expanded its field of expertise more strategically. For this new look, focus is transferred from the objects to the global study of systems considering all the processes involved. Gamification emerges as a tool to assist in understanding this study, making it more dynamic, entertaining and engaging. Design management seeks to promote better management of people, projects, processes and procedures related to the services, environments and experiences, in addition to targeting a holistic approach. Inserted in this context, it is the service design that helps innovate, create new, or refine services, making them more useful, usable and desirable to customers, efficient and effective for organizations. In the municipality of Chapadão do lager, local establishments need to obey the hygiene and safety norms, to separate and dispose of waste properly and implant systems of visual identity. In the face of the exposed, the questioning arises: how the systemic approach, the gamification and the prototyping of services can be related to the ventures of the micro entrepreneurs? In this way, the research aims to identify the relationship between systemic approach associated with the gamification and prototyping of microentrepreneurial services. However, it is important to clarify that this article seeks to discuss these relationships with secondary data support, consisting of bibliographical references and documents, for the purpose of raising reflections on the subject and providing theoretical basis for scientific academic research. Therefore, research is classified as qualitative, exploratory and descriptive. The results indicate that design management – with a systemic approach based on production, services and user – of micro entrepreneurial enterprises can be enhanced, because it is a broad development area and has great flexibility of business opportunities such as sanitation, training, customer service, among others. Furthermore, this article contributes a theoretical discussion on the systemic approach to the gamification and the prototyping of services, which will serve as a basis for the development of a scientific academic research, and to contribute a reflection to new research in this area.

Palavras-chave: gestão de design; abordagem sistêmica; prototipagem de serviços; gamificação,

Palavras-chave: design management; systemic approach; prototyping services; gamification,

DOI: 10.5151/cid2017-05

Referências bibliográficas
  • [1] AMÉRICO, Marcos; NAVARI, Shelley Costa; BELDA, Francisco Rolfsen. Gamificação: modelagem de conteúdos para programas e aplicativos educativos no ambiente da tv digital interativa, in Revista Ibero-americana de Estudos em Educação, v. 9, n. 4, UNESP. Araraquara, SP: 2014.
  • [2] BERTALANFFY, Ludwig Von. Teoria geral dos sistemas: fundamentos, desenvolvimento e aplicações, 3. ed., Vozes. Petrópolis, RJ: 2008.
  • [3] BEST, Kathryn. Fundamentos de gestão do design, Bookman. Porto Alegre: 2012.
  • [4] BONSIEPE, Gui. Design, Cultura e Sociedade, Blucher. São Paulo: 2011.
  • [5] BRASIL. Lei Federal n.º 11.326, de 24 de julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais, in: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: 2006. Disponível em: . Acesso em: 04 Jul. 2016.
  • [6] BROWN, Tim. Design thinking: uma metodologia ponderosa para decretar o fim das velhas ideias, Elsevier. Rio de Janeiro: 2010.
  • [7] COHEN, Aaron M. The gamification of education, in: Futurist, v. 45, n. 5, p. 16-1 Washington: Sep/Oct 2011.
  • [8] CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto, SAGE. Porto Alegre: 2010.
  • [9] FIGUEIREDO, Luiz Fernando Gonçalves de; MERINO, Eugenio; MUNIZ, Marco Ogê; MERINO, Giselle. Aplicação do design em casos de Inovação social do Estado de Santa Catarina, Brasil, in: V CIPED. Bauru, SP: 10-12 Out 200
  • [10] FRANCISCO, Pedro Henrique Dier. Avaliação estética de protótipos no design de serviço. Dissertação (Mestrado em Design), Setor de Artes, Comunicação e Design, Universidade Federal do Paraná. Curitiba: 2016.
  • [11] GIL, Antonio C. Como elaborar projetos de pesquisa, Atlas. São Paulo: 2010.
  • [12] HOWKINS, John. The creative economy: how people make money from ideas, 2. ed., Penguin. United Kingdom: 2013.
  • [13] KOTLER, Philip. Administração de Marketing, Prentice Hall. São Paulo: 2005.
  • [14] KRUCKEN, L. Design e território: valorização de identidades e produtos locais, 1. ed., v. 1., Nobel. São Paulo: 2009.
  • [15] KRUPINSK, Cássio. Entendendo a economia colaborativa e compartilhada. 2014. Disponível em: . Acesso em: 14 Ago. 2016.
  • [16] LIPOR. Economia Circular: conceito e benefício. 20 Disponível em: . Acesso em: 14 Ago. 20
  • [17] MARSHALL JUNIOR, Isnard; ROCHA, Alexandre Varanda; MOTA, Edmarson Bacelar. Gestão da qualidade e processos, FGV. Rio de Janeiro, RJ: 2012.
  • [18] MCGONIGAL, Jane. A realidade em jogo, BestSeller. Rio de Janeiro: 2012.
  • [19] MORIN, Edgar. O método 1: a natureza da natureza, Sulina. Porto Alegre: 2005.
  • [20] MORITZ, Stefan. Service Design: practical access to an evolving fiel, Köln International School of Design. London: 2005.
  • [21] MOZOTA, Brigitte Borja de. Gestão do design: Usando o design para construir o valor de marca e inovação corporativa, Bookman. Porto Alegre: 2011.
  • [22] LAURO, Aline Bertolini; HOFFMANN; FIGUEIREDO, Luiz Fernando Gonçalves de. Design para inovação social sob a ótica ambiental: um estudo de caso em Chapadão do Lageado, in: Anais do 4º Simpósio Paranaense de Design Sutentável (SPDS), v. 1, p. 37-49, UFPR. Curitiba: 2012.
  • [23] NAVARRO, Gabrielle. Gamificação: a transformação do conceito do termo jogo no contexto da pósmodernidade, Biblioteca Latino-Americana de Cultura e Comunicação, v. 1, n. 1, p. 1-26. São Paulo: 2013. Disponível em: . Acesso em: 16 Jul. 2016.
  • [24] QUADROS, Gerson Bruno Forgiarini de. Construindo o estado da arte da gamificação, In: Anais do Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia Online. Belo Horizonte: 2015. Disponível em: . Acesso em: 16 Jul. 2016.
  • [25] SANTOS, Flávio Anthero dos. O design como diferencial competitivo: o processo de design desenvolvido sob o enfoque da qualidade e da gestão estratégica, Editora da Univali, 2. ed. Itajaí: 2000.
  • [26] STICKDORN, Marc; SCHENEIDER, Jakob. This is service design thinking: basics, tools, cases, Wiley. Amsterdan: 2012.
  • [27] TROPOSLAB. O que é meu é seu: economia do compartilhamento. 2016. Disponível em: . Acesso em: 14 Ago. 2016.
  • [28] TURNES, Valério Alécio; GUZZATTI, Thaise Costa. Turismo rural na agricultura familiar: conceitos e práticas, Imaginar o Brasil. Florianópolis: 2015.
  • [29] VASCONCELLOS, Maria José Esteves de. Pensamento sistêmico: o novo paradigma da ciência, Papírus, 10. ed. Campinas, SP: 2013.
  • [30] VIANNA, Ysmar; VIANNA, Maurício; MEDINA, Bruno; SAMARA; Tanaka. Gamification, inc: como reinventar empresas a partir de jogos, 1. ed., MJV Press. Rio de Janeiro: 2013.
  • [31] VIRGILLITO, Salvatore Benito. Pesquisa de marketing: uma abordagem quantitativa e qualitativa, Saraiva. São Paulo, SP: 2010.
  • [32] ZUIN, Luís Fernando Soares; ZUIN, Poliana Bruno. Produção de alimentos tradicionais contribuindo para o desenvolvimento local/regional e dos pequenos produtores rurais, Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 4, n. 1, FURB. Blumenau: 2008.
Como citar:

Ferreira, Alais Souza; Figueiredo, Luiz Fernando Gonçalves de; Ourives, Eliete Auxiliadora Assunção; "Abordagem Sistêmica associada à gamificação como uma ferramenta de prototipagem de serviços", p. 54-63 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, ISBN: cid2017
DOI 10.5151/cid2017-05

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações