Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS COMO AUXÍLIO REABILITATIVO A CRIANÇAS DEFICIENTES VISUAIS

THE USE OF DIDACTIC GAMES AS A REHABILITATIVE AID FOR VISUALLY IMPAIRED CHILDREN

Moura, João Cezar Silva; Nickel, Elton Moura; Santos, Flávio Anthero Nunes Vianna dos; , ;

Artigo Completo:

Este artigo reúne estudos voltados à utilização de jogos enquanto recurso didático na reabilitação de crianças deficientes visuais e de seus aspectos físicos, cognitivos e sensoriais. São vistos conceitos que definem a deficiência visual, suas características e as dificuldades desta condição associadas ao universo infantil. Também são exploradas práticas de aprendizagem, bem como a classificação e atributos de jogos e didáticas utilizados nos processos reabilitativos. A coleta de dados se deu através de entrevistas semiestruturadas e observações sistemáticas em centros de reabilitação, objetificando-se a compreensão das atividades praticadas em conjunto com professores, orientadores e demais profissionais envolvidos. Por fim, as análises e conclusão foram realizadas mediante teorias e fundamentos de autores da área para identificar as principais contribuições que os jogos apresentam em todas as etapas deste processo.

Artigo Completo:

This article brings together studies aimed at the use of games as a didactic resource in the rehabilitation of visually impaired children and their physical, cognitive and sensorial aspects. Concepts that define visual deficiency, its characteristics and the difficulties of this condition associated to the infant universe have also been studied. Learning practices, classifications and attributes of games and didactics used in rehabilitation processes were explored as well. Data was collected through semistructured interviews and systematic observations in rehabilitation centers, objectifying the understanding of the activities practiced together with teachers, counselors and other professionals. Finally, the analyzes and conclusion were carried out through theories and foundations of authors of the area to identify the main contributions that the games present in all stages of this process.

Palavras-chave: deficiência visual, jogos didáticos, reabilitação de crianças invisuais,

Palavras-chave: visual impairment, educational games, rehabilitation of blind children,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0067

Referências bibliográficas
  • [1] BIZ, V. A. et al. Processo de inclusão de alunos deficientes visuais na rede regular de ensino: confecção e utilização de recursos didáticos adaptados. Disponível em: . p. 6-7, 2002. Acesso em 23 out. 2016.
  • [2] BRITO, P. R.; VIETZMAN, S. Causas de cegueira e baixa visão em crianças. Arq. Bras. Oftalmol., n.1, p. 49, 2000.
  • [3] CAMPOS, L. M. L. C.; FELÍCIO, A. K. C.; BORTOLO, T. M. A produção de jogos didáticos para o ensino de ciências e biologia: uma proposta para favorecer a aprendizagem. Caderno dos Núcleos de Ensino, p. 48, 200
  • [4] CUNHA, N. Brinquedo, desafio e descoberta. Rio de Janeiro: FAE, 1988.
  • [5] GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, p.10, 2004.
  • [6] GOMES, R. R.; FRIEDRICH, M. A Contribuição dos jogos didáticos na aprendizagem de conteúdos de Ciências e Biologia. Rio de Janeiro: Erebio, 2001.
  • [7] INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Disponível em: . 2013. Acesso em 20 out. 2016.
  • [8] INMETRO. Disponível em: . 2016. Acesso em 20 out. 2016
  • [9] LAPLANE, A. L. F. de; BATISTA, C. G. Ver, não ver e aprender: a participação de crianças com baixa visão e cegueira na escola. Cad. CEDES [online], n.75, p. 11, 2008.
  • [10] LIONS CLUBS INTERNARTIONAL FOUNDATION. Disponível em: . 2016. Acesso em 20 out. 2016
  • [11] MASINI, E. F. S. Educação do portador de deficiência visual: as perspectivas do vidente e do não vidente. Brasília: Ministério da Ação Social, CORDE, p. 62, 1993.
  • [12] MIRANDA, S. No fascínio do jogo: a alegria de aprender. In: Ciência Hoje, p. 64. 2001.
  • [13] ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. The World Bank. Relatório Mundial Sobre a Deficiência. Trad Lexicus Serviços Linguísticos. São Paulo: SEDPcD, p. 04-29, 2011.
  • [14] PÁDUA, L. D. Epistemologia Genética de Jean Piaget. Revista FACEVV., n.2, p. 01, 2009.
  • [15] PALÁCIO DO PLANALTO (Casa Civil), Decreto Nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Disponível em:. 1999. Acesso em 20 out. 2016
  • [16] PALÁCIO DO PLANALTO (Casa Civil), Decreto Nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004. Disponível em:. 2004. Acesso em 20 out. 2016
  • [17] PALÁCIO DO PLANALTO (Casa Civil), Decreto Nº 6.571, de 17 de setembro de 2008. Disponível em:. 2008. Acesso em 20 out. 2016
  • [18] SANTIN, S.; SIMMONS, J. N. Problems in the construction of reality in congenitally blind children. Journal of Visual Impairment & Blindness, Volume 71, 1977.
  • [19] SOUZA et al. Descrição do desenvolvimento neuropsicomotor e visual de crianças com deficiência visual. Arq. Bras. Oftalmol., 2010.
  • [20] TURATO, E. R. A questão da complementaridade e das diferenças entre métodos quantitativos e qualitativos de pesquisa: uma discussão epistemológica necessária. Em S. Grubits & José A. V. Noriega (Orgs.), Método qualitativo: epistemologia, complementariedades e campos de aplicação. São Paulo: Vetor Editora, p. 17- 51, 2004.
  • [21] UNESCO. Traduzido do inglês e digitado em São Paulo por Maria Amélia Vampré Xavier.
  • [22] Understanding and responding to children´s needs in inclusive classrooms. p. 53, 2009. World Health Organization International. Classification of impairments, disabilities, and handicaps: a manual of classification relating to the consequences of disease. Geneva, 2004.
Como citar:

Moura, João Cezar Silva; Nickel, Elton Moura; Santos, Flávio Anthero Nunes Vianna dos; , ; "A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS COMO AUXÍLIO REABILITATIVO A CRIANÇAS DEFICIENTES VISUAIS", p. 676-685 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0067

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações