Dezembro 2020 vol. 7 num. 3 - VIII Simpósio de Engenharia de Produção

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA TRIZ E DO DESIGN THINKING NO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO DA INDÚSTRIA 4.0

A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA TRIZ E DO DESIGN THINKING NO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO DA INDÚSTRIA 4.0

Drumond, Paula; Martins, Lorenna Dias; Paixão, Alexandre Camacho da Santos;

Artigo completo:

O setor de Planejamento e Controle da Produção atua na coordenação de uma série de atividades que se complementam e determina a melhor alocação dos recursos produtivos, de modo a maximizar a produção e minimizar as falhas decorrentes dos processos. O cenário da Indústria 4.0, através da integração de tecnologias e velocidade de informação nos sistemas, vem para auxiliar o Planejamento e Controle da Produção a alcançar o que é programado, evitando possíveis erros de comunicação e tornando as tomadas de decisão mais assertivas. Nesse contexto, a utilização da Teoria da Resolução Inventiva de Problemas (TRIZ), através do Método dos Princípios Inventivos com a Matriz de Contradições (MC) e o Algoritmo de Resolução Inventiva de Problemas (ARIZ), e do Design Thinking, com a estruturação do pensamento, se torna um diferencial. Essas metodologias servirão de apoio nessa evolução, ajudando as organizações a enfrentar os inúmeros desafios trazidos por essa nova esfera e a melhorar o sistema com base em suas essências. Dessa maneira, o presente trabalho tem como objetivo aplicar simultaneamente a metodologia TRIZ e o Design Thinking no Planejamento e Controle da Produção com foco nas ações da Indústria 4.0, propondo etapas para a implementação de novos produtos.

Artigo completo:

O setor de Planejamento e Controle da Produção atua na coordenação de uma série de atividades que se complementam e determina a melhor alocação dos recursos produtivos, de modo a maximizar a produção e minimizar as falhas decorrentes dos processos. O cenário da Indústria 4.0, através da integração de tecnologias e velocidade de informação nos sistemas, vem para auxiliar o Planejamento e Controle da Produção a alcançar o que é programado, evitando possíveis erros de comunicação e tornando as tomadas de decisão mais assertivas. Nesse contexto, a utilização da Teoria da Resolução Inventiva de Problemas (TRIZ), através do Método dos Princípios Inventivos com a Matriz de Contradições (MC) e o Algoritmo de Resolução Inventiva de Problemas (ARIZ), e do Design Thinking, com a estruturação do pensamento, se torna um diferencial. Essas metodologias servirão de apoio nessa evolução, ajudando as organizações a enfrentar os inúmeros desafios trazidos por essa nova esfera e a melhorar o sistema com base em suas essências. Dessa maneira, o presente trabalho tem como objetivo aplicar simultaneamente a metodologia TRIZ e o Design Thinking no Planejamento e Controle da Produção com foco nas ações da Indústria 4.0, propondo etapas para a implementação de novos produtos.

Palavras-chave: Planejamento e Controle da Produção; Teoria da Resolução Inventiva de Problemas (TRIZ); Design Thinking; Indústria 4.0.,

Palavras-chave: Planejamento e Controle da Produção; Teoria da Resolução Inventiva de Problemas (TRIZ); Design Thinking; Indústria 4.0.,

DOI: 10.5151/viisimep-315639

Referências bibliográficas
  • [1] BARBOSA, B. C.; PAULA, I. C. DE. Desenvolvimento de um produto alimentício utilizando técnicas e
  • [2] ferramentas do Design Thinking. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), 2017.
  • [3] BROWN, T. Change by Design. New York: HarperCollins, 2009.
  • [4] CARVALHO, M. A. DE. Metodologia Ideatriz Para A Ideação De Novos Produtos. Tese de Doutorado do
  • [5] Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, 2007.
  • [6] CECATTO, C.; BELFIORE, P. O uso de métodos de previsão de demanda nas indústrias alimentícias
  • [7] Brasileiras. Gestão e Produção, v. 22, n. 2, p. 404–418, 2015.
  • [8] DAVIES, R. Industry 4.0. Digitalisation for productivity and growth. European Parliamentary Research
  • [9] Service, n. September, p. 10, 2015.
  • [10] Echos - Laboratório de Inovação. Disponível em:
  • [11] .
  • [12] FERNANDES, J. N. S. Aplicação da Metodologia TRIZ em Empresas Industriais. Dissertação de Mestrado
  • [13] da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, 20
  • [14] GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6a
  • [15] ed. São Paulo: Atlas, 2017.
  • [16] MARQUES, J. F. Aplicação da Metodologia TRIZ e da Manutenção Autónoma em Atividades de
  • [17] Manutenção Industrial. Dissertação de Mestrado da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova
  • [18] de Lisboa, 2014.
  • [19] RAMÍREZ, D. M. B.; ZANINELLI, T. B. O uso do design thinking como ferramenta no processo de inovação
  • [20] em bibliotecas. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 22, n. 49,
  • [21] p. 59, 2017.
  • [22] REVISTA EXAME: Como construir o Brasil 4.0. Revista Exame, v. 52, n. 9, p. 1689–1699, 2018.
  • [23] SAVRANSKY, S. D. Engineering of Creativity: Introduction to TRIZ Methodology of Inventive Problem
  • [24] Solving. Boca Raton, Florida: CRC-Press, 2000.
  • [25] SEHNEM, S.; ERDMANN, R. H. Análise do PCP pelas lentes da complexidade. Revista de Gestão da USP, v.
  • [26] 13, n. 4, p. 79–94, 2006.
  • [27] SHULYAK, L. Introduction to TRIZ. 40 Principles: TRIZ Keys to Technical Innovation, v. 40, p. 15–22,
  • [28] 1998.
  • [29] SLACK, N. et al. Administração da Produção. São Paulo: Editora Atlas, 2006.
Como citar:

Drumond, Paula; Martins, Lorenna Dias; Paixão, Alexandre Camacho da Santos; "A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA TRIZ E DO DESIGN THINKING NO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO DA INDÚSTRIA 4.0", p. 1489-1502 . In: Anais do VIII Simpósio de Engenharia de Produção . São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/viisimep-315639

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações