Resumo - Open Access.

Idioma principal

A ÉTICA FOUCAULTIANA COMO RESISTÊNCIA POLÍTICA

BRANDÃO, Ramon Taniguchi Piretti;

Resumo:

É sabido que a análise do poder conduziu Foucault à noção de governo. Tendo analisado, inicialmente, as formas pelas quais os sujeitos são governados, o filósofo buscou num segundo momento pensar o modo pelo qual os sujeitos se governam, ou melhor, o modo pelo qual os sujeitos se conduzem a si mesmos. Isso, ademais, aponta para a distinção de dois tipos de governo na existência do indivíduo: por um lado, um poder que se exerce sobre ele e, por outro, o poder cuja origem reside nele mesmo.

Resumo:

Palavras-chave: Poder; Resistência; Ética; Genealogia; Estética da existência.,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/socsci-secunifesp2015-0018

Referências bibliográficas
  • [1] FOUCAULT, Michel. Dits et Écrits II – 1976-1988. Paris: Quarto Gallimard, 200
  • [2] _______________. Dits et écrits I, 1954-1975. Paris: Éditions Gallimard, 2001b.
  • [3] _______________. Dits et écrits II, 1976-1984. Paris: Éditions Gallimard, 2001c.
  • [4] _______________. Ditos e Escritos V: ética, sexualidade, política. 2º edição, Rio de Janeiro: Forense Univerisária, 2006.
  • [5] DREYFUS, Hubert L. Michel Foucault, uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 199
Como citar:

BRANDÃO, Ramon Taniguchi Piretti; "A ÉTICA FOUCAULTIANA COMO RESISTÊNCIA POLÍTICA", p. 120-124 . In: Anais do VIII Semana de Ciências Sociais UNIFESP - Educação com o Recorte de Combate às Opressões [=Blucher Social Science Proceedings, v.2, n.1].. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2359-2990, DOI 10.5151/socsci-secunifesp2015-0018

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações