Dezembro 2020 vol. 8 num. 5 - Colóquio Internacional de Design 2020

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

A ressignificação do têxtil: como usar resíduostêxteis na criação de produtos sustentáveis atravésdo design

The research was developed in order to understand the importance of the textile industryin the world and in Brazil, about problems caused by it and how design can offer sustainable solutionsfrom this context. The central idea of the project is an application of design in the reuse of scrapsdiscarded by clothing, medium and large, in order to develop a product that meets sustainablethinking. Therefore, the researcher had the opportunity to research a uniform manufacturing companylocated in the region of the city of Ubá, in order to develop the objective of reusing the scrapsdiscarded by the manufacture and in the future to produce a product, using design methods andtools, which resignifies the value of the tissue discarded in the current market. To this end, a study ofGeneration Y was also carried out, identified in the research as the public of greatest interest in thetopic addressed by the present project.

Lopes, Joelma Pacheco; Cerqueira, Clara Santana Lins;

Artigo completo:

A pesquisa foi desenvolvida com o intuito de entender a importância da indústria têxtil no mundo e noBrasil, sobre problemas acarretados que a mesma gera e como o design pode oferecer soluçõessustentáveis a partir desse contexto. A ideia central do projeto é a aplicação do design na reutilizaçãode retalhos descartados pelas confecções, de médio e grande porte, a fim de desenvolver um produtoque atendesse ao pensamento sustentável. Portanto, a pesquisadora teve como pesquisa de campouma empresa de confecção de uniformes, situada na região da cidade de Ubá, para desenvolverestratégias de reaproveitando dos retalhos descartados pela confecção e futuramente elaborar umproduto, através de métodos e ferramentas de design, que ressignifique o valor do tecido descartadono mercado vigente. Para isso, foi feito também um estudo da Geração Y, identificado na pesquisacomo o público de maior interesse no tema abordado pelo presente projeto.

Artigo completo:

The research was developed in order to understand the importance of the textile industryin the world and in Brazil, about problems caused by it and how design can offer sustainable solutionsfrom this context. The central idea of the project is an application of design in the reuse of scrapsdiscarded by clothing, medium and large, in order to develop a product that meets sustainablethinking. Therefore, the researcher had the opportunity to research a uniform manufacturing companylocated in the region of the city of Ubá, in order to develop the objective of reusing the scrapsdiscarded by the manufacture and in the future to produce a product, using design methods andtools, which resignifies the value of the tissue discarded in the current market. To this end, a study ofGeneration Y was also carried out, identified in the research as the public of greatest interest in thetopic addressed by the present project.

Palavras-chave: design sustentável; têxtil; ressignificação,

Palavras-chave: sustainable design; textile; reframe; reuse,

DOI: 10.5151/cid2020-15

Referências bibliográficas
  • [1] ABIT. Perfil do setor. Disponível em: . Acesso em 14 de mai., 2019.
  • [2] ANICET, Anne. RÜTHSCHILLING, Evelise Anicet. Relações entre moda e sustentabilidade. In: Colóquio de Moda, IX., 2013, Fortaleza. Anais. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2013.Disponível em: .
  • [3] BAXTER, M. R. Projeto de produto: guia prático para o design de novos produtos. São Paulo: Blucher, 2011.
  • [4] BELCHIOR, C; RIBEIRO, R. A. da C. Estruturando uma metodologia para analisar a ressignificação como ferramenta estratégica do design. Colóquio Internacional de Design. Belo Horizonte, 2017.
  • [5] CAMPANA, G. CIMATTI, B. The slow factory: a new paradigm for manufacturing. 11th Global Conference on Sustainable Manufacturing. Germany: Berlin, 2013.
  • [6] DEARO, Guilherme. Existem dois tipos de millennials e eles são muito diferentes. São Paulo: Exame, 2017. Disponível em: . Acesso em: 10, de ago., 2020.
  • [7] DETANICO, F. B. C. TEIXEIRA, F. G. SILVA, T. K. A biomimética como método criativo para o projeto de produto. Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.SO, R. Uma introdução à história do design. São Paulo: Blucher, 2000.
  • [8] G1. Pássaro caramancheiro 'cultiva' plantas para decorar seu ninho: Macho mantém o ambiente colorido para atrair as fêmeas. São Paulo: Globo Natureza, 2012. Disponível em:. É o primeiro registro de cultivo sem fins alimentícios no mundo animal.
  • [9] IBGE. Disponível em: . Acesso em 16 de mai., 201
  • [10] INTERSIND. Nosso polo. Disponível em:. Acesso em 16 de mai., 2019.
  • [11] LIPOVETSKY, G. SERROY, J. A estetização do mundo: Viver na era do capitalismo artista. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.
  • [12] LUCIETTI, T. J; TRIERWEILLER, A. C; RAMOS, M. S; SORATTO, R. B. Importância do upcycling no desenvolvimento da moda: estudo de caso da marca recollection lab. Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis, v.15, n.2. Florianópolis, 2018.
  • [13] MANZINI, Ezio; VEZZOLI, Carlo. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: EdUSP, 2008.
  • [14] MENA. Isabela. Verbete draft: o que é slow design. DRAFT,2018. Disponível em: https://www.projetodraft.com/verbete-draft-o-que-e-slow-design/. Acesso em 16 de mai., 2019.
  • [15] MIZUTA, E. Como o Banco de Tecido ganha dinheiro e preserva o meio ambiente eliminando o desperdício na cadeia têxtil. Disponível em: . Acesso em: 15 de abr., 2019.
  • [16] MUNARI, Bruno. Das coisas nascem coisas. Lisboa: Edições70, Lda, 1981.
  • [17] NAÇÕES UNIDAS BRASIL. A ONU e o meio ambiente. Disponível em: . Acesso em 19 de mai., 2019.
  • [18] NORMAN. D. A. Design emocional: Por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia a dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.
  • [19] PANERO, J. ZELNIK, M. Dimensionamento humano para espaços interiores. Barcelona: Gustavo Gili, 2002.
  • [20] PAPANEK, Victor. Arquitectura e design: ecologia e ética. Lisboa: Edições 70, 2002.
  • [21] PAZMINO, Ana Verônica. Como se cria: 40 métodos para design de produtos. São Paulo: Edgard. Blucher, 2015.
  • [22] PHILLIPS, P. L. Briefing: a gestão do projeto de design. São Paulo: Blucher, 2007.
  • [23] RIBEIRO, R. A. da C. HORTA, A. A. COTRIM, M. de A. P. Tempo e Design: as gerações e suas lógicas de consumo. Belo Horizonte: EdUEMG, 2017.
  • [24] RUTHSCHILLING, Evelise Anicet. Design de superfície. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2008.
  • [25] DETANICO, F. B. TEIXEIRA, F. G. SILVA, T. K. A biomimética como método criativo para o projeto de produto. Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.
  • [26] SUDJIC, D. A linguagem das coisas. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2010.
  • [27] VIRGÍLIO, C. V. Os Millennials e a Indústria da Moda. Dissertação apresentada como requisito para aprovação no Mestrado em Branding e Design de Moda na Universidade da Beira Interior. Portugal: Covilhã, 2017.
  • [28] Wanderley, Ingrid Moura; Santos, Maria Cecília Loschiavo dos; "DESIGN DOS OUTROS: UM OLHAR AOS OBJETOS COTIDIANOS (RE)CRIADOS", p. 913-925 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016. ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0078 ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0078
Como citar:

Lopes, Joelma Pacheco; Cerqueira, Clara Santana Lins; "A ressignificação do têxtil: como usar resíduostêxteis na criação de produtos sustentáveis atravésdo design", p. 178-192 . In: Anais do Colóquio Internacional de Design 2020. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/cid2020-15

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações