Full Article - Open Access.

Idioma principal

A representação do espaço de arquitetura por meio de dispositivos táteis: uma revisão conceitual e tecnológica

Peronti, Gabriela Gonzalez; Silva, Adriane Almeida Borda da; Veiga, Mônica;

Full Article:

This study presents preliminary results of an experiment of production and use of tactile models to explain the form of an architectural space for visually impaired people. As part of a literature review, it explores the digital manufacturing technologies such as laser cutting and 3D printing to generate representations. The review uses a case study representing a house-museum and the experiments are based on a partnership with a school for a visually impaired people. The collaborative process has contributed to learning and explanation of multi-sensory characteristics of the constructed spaces and reinforced the need for a revision of educational processes for the architectural project regarding the habit of prioritizing essentially the aesthetic and visual aspects. The universal design concept gives grounds for each action.

Full Article:

Palavras-chave: Espaço de arquitetura; Modelos táteis; Pessoa com deficiência visual; Acessibilidade; Percepção espacial,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-sigradi2016-729

Referências bibliográficas
  • [1] Bernard, N.; d’Abreu, J. V. V.; Kowaltowski, D. C. C. K. (2009). Orientação espacial no Campus da Unicamp: Diretrizes para o desenvolvimento de um mapa de uso tátil e sonoro como ferramenta de auxílio ao percurso do usuário com deficiência visual. X ENCONTRO NACIONAL e ENCONTRO NACIONAL e VI ENCONTRO LATINO AMERICANO de C O N F O R T O N O A M B I E N T E C O N S T R U Í D O. Natal, 16 a 18 de setembro de 2009.
  • [2] Borda, A.; Veiga, M.; Nicoletti, L.; Michelon, F. (2012). Descrição de Fotografias a partir de modelos táteis: ensaios didáticos e tecnológicos. 3o Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus conservação e técnicas sensoriais, [s.l.: s.n.], 201
  • [3] Cruz, G.; Rossi, M.; Borda, A. (2016). Desenvolvimento tecnologico para sonorização de um mapa tátil: circuito e programa. XXV CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas – RS.
  • [4] Dalla Vecchia, L.F.; Borda, A; Pires, J.; Veiga, M.; Vasconselos, T.; Borges, L. (2015) Tactile models of elements of architectural heritage: from the building scale to the detail The next city - New technologies and the future of the built environment [16th International Conference CAAD Futures 2015. Sao Paulo, July 8-10, 2015. Electronic Proceedings/ ISBN 978-85-85783-53-2] Sao Paulo, Brazil, July 8-10, 2015, pp. 434-446.
  • [5] De Bem, G.; Pupo, R. (2015). Imprimindo o espaço para as pessoas com deficiência visual: uma revisão sistemática. In: SIGRADI 201 Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, nov. 201 Disponível em: . Acesso em: 16 maio. 2016.
  • [6] Fourney, D.; Carter, J. (2005). Initiating Guidance on Tactile and Haptic Interactions:ISO 9241-920. Canada, 2005. Disponível em: http://userlab.usask.ca/GOTHI/Fourney%20%20Guidance.pdf. Acesso em Maio de 2012.
  • [7] Herssens, J.; Heylighen, A. (2007). Haptic architecture becomes architectural hap. Disponível em: http://www.nordiskergonomi.org/nes2007/CD_NES_2007/papers/A34_Herssens.pdf. Acessado em: junho de 2016.
  • [8] Herssens, J.; Heylighen, A. (2009). Haptics and vision in arquitecture: designing for more senses. Conference Sensory Urbanism. University of Strathclyde, Glasgow, UK.
  • [9] Lima, F. J. (2011). Breve revisão no campo de pesquisa sobre a capacidade de a pessoa com deficiência visual reconhecer desenhos hapticamente. Revista Brasileira de Tradução Visual, Vol.6, Nº 6.
  • [10] Milan, L. (2008). Maquetes táteis: infográficos tridimensionais para a orientação espacial de deficientes visuais. Acessado em 10 de jul. 2015. Online. Disponível em: http://www.fec.unicamp.br/~parc/vol1/n2/vol1-n2. Acessado em: junho de 2008.
  • [11] Ornstein, S.W. (org.). Desenho universal: caminhos da acessibilidade no Brasil. São Paulo: Annablume, 2010.
  • [12] Pallasma, J. Os olhos da pele: Arquitetura e os sentidos. Trad: Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Bookman, 2011. 68p.
  • [13] Pereira, C.M. Conversa com Carlos Mourão Pereira sobre o espaço e percepção de um arquiteto cego. Disponível em:http://hugopeepbox.com/2016/02/15/uma-conversa-com-carlos-mourao-pereirasobre-espaco-e-percecao-com-um-arquiteto-cego/. Acessado em: abril de 2016.
  • [14] Peronti, G.G.; Veiga, M; Borges, L.F.; Parker, G.; Borda, A. (2015). Mapas e Maquetes Táteis utilizados por instituições culturais: Estudo de caso. II CONGRESSO DE EXTENSÃO E CULTURA. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas – RS.
  • [15] Peronti, G.G.; Veiga, M.; Borda, A. (2016). A extensão da percepção: Uma experiência com a produção de modelos táteis para descrever a ambiência gerada pela claraboia do casarão 8, Pelotas-RS. III CONGRESSO DE EXTENSÃO E CULTURA. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas – RS.
  • [16] Pietrykoswka, J. (2015). Physical Models of Built Heritage – Making Architecture More Comprehensive to the Blind and Visually Impaired. In: ENVISIONING ARCHITECTURE: IMAGE, PERCEPTION AND COMMUNICATION OF HERITAGE. Lodz, PolandLodz University of Technology, out. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 maio. 2016
  • [17] Sarraf, V.P. (2013). A Comunicação dos sentidos dos sentidos nos espaços culturais brasileiros: estratégias de medições e acessibilidade para as pessoas com suas diferenças. 235p. Tese de Doutorado – Programa de Pós-graduação em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
  • [18] Veiga, M.; Borda, A.; Michelon, F.; Lebedeff, T. (2013). Atribuição de Acessibilidade à Fotografia através da Restituição e Desconstrução da Tridimensionalidade. XVII CONFERENCE OF THE IBEROAMERICAN SOCIETY OF DIGITAL GRAPHICS, 17., Valparaíso, Chile, 2013. SIGRADI: Knowledge-based Design 2013, Universidad Técnica Federico Santa María, 2013.p.449.
  • [19] Vieira, A., Aguiar, J., Pedro, J. B. (2012). O que os olhos não vêem mas o coração sente: O reconhecimento do espaço arquitetónico por invisuais. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO: Espaços Narrados: a construção dos múltiplos territórios da língua portuguesa. São Paulo: FAU/USP,2012 p.1486.
  • [20] Voigt, A.; Martens, B. (2006). Development of 3D Tactile Models for the Partially Sighted to Facilitate Spatial Orientation. In: ECAADE 24 : COMMUNICATING SPACE(S). Volos , Greece: University of Tessaly, 2006. Disponível em: . Acesso em: 12 maio. 2016.
Como citar:

Peronti, Gabriela Gonzalez; Silva, Adriane Almeida Borda da; Veiga, Mônica; "A representação do espaço de arquitetura por meio de dispositivos táteis: uma revisão conceitual e tecnológica", p. 561-566 . In: XX Congreso de la Sociedad Iberoamericana de Gráfica Digital [=Blucher Design Proceedings, v.3 n.1]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-sigradi2016-729

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações