Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

A QUALIDADE PERCEBIDA EM CENAS DO COMÉRCIO VAREJISTA DO CENTRO DE CARUARU

COSTA FILHO, Lourival; OLIVEIRA, Isabela Fernandes; YOKOYAMA, Sílvia Akemi;

Artigo Completo:

A pesquisa apresentada buscou avaliar a qualidade percebida em cenas da paisagem midiática do comércio varejista do centro de Caruaru. A Teoria das Facetas foi adotada no desenho da investigação empírica, que utilizou o Sistema de Classificação Múltiplas para coletar os dados com consumidores e comerciantes locais. A técnica não métrica multidimensional Análise da Estrutura de Similaridade foi escolhida para interpretar os dados, que revelaram a aderência da coerência e da complexidade da paisagem midiática enfocada, para a avaliação da sua qualidade percebida, bem como o consenso das respostas entre os dois diferentes grupos abordados.

Artigo Completo:

Palavras-chave: qualidade percebida; imagem avaliativa de lugares; Teoria das Facetas.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-eneac2016-AMB06-2

Referências bibliográficas
  • [1] BERLYNE, Daniel E. (1972). Ends and meanings of experimental aesthetics. Canadian Journal of Psychology, 26, 303-325.
  • [2] BILSKY, Wolfgang. A Teoria das Facetas: noções básicas. In Estudos de Psicologia, v.8, n.3, 2003. p. 357-365
  • [3] GROAT, Linda. Meaning in Post-Modern architecture. An examination using the multiple sorting task. In Journal of Environmental Psychology, v. 2, n. 1, March 1982, p. 3-22.
  • [4] KAPLAN, Stephen. Perception and landscape: conceptions and misconceptions. In NASAR, Jack. (Ed.). Environmental Aesthetics: theory, research, and application. New York: Cambridge University Press, 1988. p. 45-55.
  • [5] COSTA FILHO, Lourival Lopes. MIDIÁPOLIS: comunicação, persuasão e sedução da paisagem urbana midiática. 2012. 271f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco, Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano.
  • [6] MENDES, Camila Faccione. Interferência da Mídia Exterior na Paisagem Urbana. 2004. 211p. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo). FAUUSP, São Paulo, 2004.
  • [7] NASAR, Jack. Environments Aesthetics: theory, research, and applications. New York: Cambridge University Press, 1988.
  • [8] NASAR, Jack. The Evaluative Image of the City. London: SAGE, 199
  • [9] ROAZZI, Antonio; MONTEIRO, Circe Maria Gama; RULLO, Giuseppina. Residencial satisfaction and place attachment: A cross-cultural investigation. In COHEN, Arie (Ed). Facet Theory and Scaling: In search of structure in behavioral and social sciences. Israel: Rubin R. I. D, 200
  • [10] SHYE, Samuel; ELIZUR, Dov; HOFFMAN, Michel. Introduction to Facet Theory: Content design and intrinsic data analysis in behavioral research. London: Sage, 1994.
  • [11] VARGAS, Heliana Comin. Limites ao controle da publicidade na paisagem urbana. In: Revista on line, Ambiente Já, 2007.
  • [12] VILLAROUCO, Vilma. Tratando de ambientes ergonomicamente adequados: seriam ergoambientes? In MONT’ALVÃO, Cláudia; VILLAROUCO, Vilma. (Orgs.). Um novo olhar sobre o projeto: a ergonomia no ambiente construído. Teresópolis: 2AB, 2011.
  • [13] WOHLWILL, Joachim F. Amount of stimulus exploration and preference as differential functions of stimulus complexity. In Perception & Psychophysics, Santa Barbara, v. 4, n. 5, 1968, p. 307-312.
Como citar:

COSTA FILHO, Lourival; OLIVEIRA, Isabela Fernandes; YOKOYAMA, Sílvia Akemi; "A QUALIDADE PERCEBIDA EM CENAS DO COMÉRCIO VAREJISTA DO CENTRO DE CARUARU", p. 541-552 . In: Anais do VI Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído & VII Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral [=Blucher Design Proceedings, v.2 n.7]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-eneac2016-AMB06-2

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações