Artigo - Open Access.

Idioma principal

A PRÁTICA DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA NO BRASIL: O CASO DE MINAS GERAIS

URBANO, Marcely Lopes Mendes; ALMEIDA, Maria Rita Raimundo e;

Artigo:

A Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) é um instrumento de política ambiental que visa avaliar os impactos de uma ação proposta por políticas, planos e programas, portanto, em uma fase anterior à de projetos. Esse instrumento começou a ser implementado na década de 1990, a partir da percepção das falhas da Avaliação de Impacto Ambiental de projetos no que diz respeito à inserção da sustentabilidade em níveis estratégicos de planejamento. No Brasil, a AAE não possui regulamentação, sendo utilizada de forma voluntária, o que acaba enfraquecendo o instrumento. Sendo assim, a presente pesquisa teve como objetivo avaliar a prática da AAE no estado de Minas Gerais, visando contribuir para sua adoção e regulamentação. Para tal, foram levantadas as AAE realizadas no estado, identificados os aspectos legais/formais do instrumento e analisados os respectivos relatórios de AAE, com enfoque no diagnóstico, alternativas e participação. Os resultados apontaram que a prática da AAE ainda não cumpre o papel de instrumento de planejamento estratégico e promotor da sustentabilidade.

Artigo:

Palavras-chave: Planejamento, Avaliação de Impacto Ambiental, Base de dados, Minas Gerais,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-eneeamb2016-gap-010-5055

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. Lei Nº 6.938 de 31 de agosto de 198 Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 02 de setembro de 198 Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6938.htm. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [2] COUTINHO, A. L. C; OLIVEIRA, R. L. de. A Avaliação Ambiental Estratégica e o Licenciamento Ambiental no Brasil: Complementaridades e Perspectivas. 2013. Disponível em: http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=cc40d06ff0a16a79. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [3] EGLER, P. C. G. Perspectivas de uso no Brasil do processo de Avaliação Ambiental Estratégica. Revista Parcerias Estratégicas, v.11, n.12, p.175-190, 2001. Disponível em: http://seer.cgee.org.br/index.php/parcerias_estrategicas/article/viewFile/166/160. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [4] FISHER, T. B. Theory and Practice of Strategic Environmental Assessment: Towards a More Systematic Approach. United States of America, 2007.
  • [5] GARCIA, H. S.; GARCIA, D. S. S. Importância da aplicação da Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) no ordenamento jurídico brasileiro. 2014. Universitas JUS, v.25, n.2, p.45-57. Disponível em: http://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/index.php/jus/article/viewFile/2469/2442. Acesso em: 10 dez. 201
  • [6] MALVESTIO, A. C. Análise da Efetividade da Avaliação Ambiental Estratégica como instrumento de política ambiental no Brasil. São Carlos, 2013. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-10092013-101337/pt-br.php. Acesso em: 3 fev. 201
  • [7] MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE (MMA). Avaliação Ambiental Estratégica. Brasília: MMA/SQA, 2002. Disponível em: http://www.mma.gov.br/estruturas/sqa_pnla/_arquivos/aae.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [8] OLIVEIRA, I. S. D. de; MONTAÑO, M.; SOUZA, M. P. de. Avaliação Ambiental Estratégica. São Paulo: São Carlos: Suprema, 2009.
  • [9] PELLIN, A.; LEMOS, C. C. de; TACHARD, A.; OLIVEIRA, I. S. D. de; SOUZA, M. P. de. Avaliação Ambiental Estratégica no Brasil: considerações a respeito do papel das agências multilaterais de desenvolvimento. Engenharia Sanitária e Ambiental, v.16, n.1, p.25-36, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/esa/v16n1/a06v16n1.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [10] SADLER, B.; VERHEEM, R. International Study of Effectiveness of Environmental Assessment. Netherlands, 1996. Disponível em: https://www.iaia.org/publicdocuments/EIA/EAE/EAE_10E.PDF. Acesso em: 30 set. 2015.
  • [11] SÁNCHEZ, L. E. Avaliação Ambiental Estratégica e sua aplicação no Brasil. Texto referência para o debate “Rumos da Avaliação Ambiental Estratégica no Brasil”, 2008. Disponível em: http://www.iea.usp.br/iea/aaeartigo.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [12] SÁNCHEZ, L. E.; CROAL P. Environmental impact assessment, from Rio-92 to Rio+20 and beyond. Ambiente & Sociedade, v.15, n.3, 20 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-753X2012000300004&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 10 dez. 2015.
  • [13] SANTOS, S. M.; SOUZA, M. P. de. Análise das contribuições potenciais da Avaliação Ambiental Estratégica ao Plano Energético Brasileiro. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 16, n. 4, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-41522011000400008&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 10 dez. 2015.
Como citar:

URBANO, Marcely Lopes Mendes; ALMEIDA, Maria Rita Raimundo e; "A PRÁTICA DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA NO BRASIL: O CASO DE MINAS GERAIS", p. 88-98 . In: Anais do XIV Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Ambiental [= Blucher Engineering Proceedings v.3 n.2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-eneeamb2016-gap-010-5055

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações