Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

A PERCEPÇÃO INFANTIL SOBRE O APRENDIZADO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS NA ESCOLA: UMA ANÁLISE ENUNCIATIVA

RUBBO, Gabriella Fraletti de Souza; PICANÇO, Deise Cristina de Lima;

Artigo Completo:

As discussões mais recentes sobre a maneira como os sujeitos concebem o ensino de línguas estrangeiras para crianças demonstram a importância que esta disciplina adquiriu nos últimos anos. Nos discursos veiculados socialmente acerca da aprendizagem de outras línguas na escola, sobressaem-se, contudo, enunciados que assimilam o papel da criança às necessidades e objetivos típicos do universo adulto, deixando de lado todo o aspecto formativo que este aprendizado pode proporcionar. Mas e as crianças, o que têm elas a dizer sobre esta disciplina? Na busca por pistas de reflexão para responder a esta questão, este trabalho apresenta uma análise do discurso infantil sobre o aprendizado de línguas estrangeiras com base nos enunciados de aproximadamente 80 crianças, na faixa etária de 8 a 9 anos, matriculadas em quatro escolas do município de Curitiba que ofertam aulas dos idiomas inglês, francês, alemão ou espanhol. Foi possível constatar, a partir do diálogo com as crianças em rodas de conversa, que elas têm muito a dizer a respeito do tema que lhes foi proposto. A fundamentação da análise enunciativa na teoria do Círculo de Bakhtin permitiu perceber que as concepções infantis sobre o aprendizado de línguas estrangeiras parecem estar bastante marcadas pela presença de uma palavra autoritária que as faz com frequência reiterar ideias relacionadas à função meramente utilitária do aprendizado desta disciplina. No entanto, conforme o diálogo se desenvolve, as crianças começam progressivamente a relatar experiências individuais em relação às línguas estrangeiras e, então, algumas de suas palavras passam a demonstrar um reconhecimento do valor deste aprendizado para aspectos mais amplos de sua formação. Assim, o intuito deste trabalho é de contribuir para uma revisão das metodologias e dos materiais produzidos para o ensino desta disciplina, bem como subsidiar uma reflexão acerca das políticas públicas brasileiras neste âmbito.

Artigo Completo:

Palavras-chave: crianças; língua estrangeira; discurso infantil,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/edupro-clafpl2016-026

Referências bibliográficas
Como citar:

RUBBO, Gabriella Fraletti de Souza; PICANÇO, Deise Cristina de Lima; "A PERCEPÇÃO INFANTIL SOBRE O APRENDIZADO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS NA ESCOLA: UMA ANÁLISE ENUNCIATIVA", p. 317-329 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/edupro-clafpl2016-026

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações