Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

A INOVAÇÃO SOCIAL ORIENTADA PELO DESIGN: PERSPECTIVAS PARA CRIAÇÃO DE UMA PLATAFORMA HABILITANTE

Oliveira, Caio Marcelo Miolo de; Freire, Karine de Mello; Franzato, Carlo;

Artigo Completo:

O designer estratégico é identificado como potencial agente para catalisar inovações sociais. Através de suas competências de recombinar tecnologias, técnicas, disciplinas e propor diálogos entre os atores de uma determinada comunidade criativa/ organização colaborativa, pode empoderá-los a utilizar da criatividade que possuem para resolver os problemas existentes, ou gerar novas oportunidades que favoreçam a comunidade como um todo. Ao conceber instrumentos técnicos e organizacionais para tais fins, o designer estratégico favorece o desenvolvimento de plataformas habilitantes. Nesse contexto, o presente artigo trata sobre como o design estratégico pode desenvolver inovações sociais através da criação de plataformas habilitantes. Além de expandir o conhecimento sobre plataformas habilitantes, o principal objetivo deste trabalho é explorar como o design estratégico, apoiado na abordagem de Community Centered Design (CCD) e redes podem contribuir para o desenvolvimento de plataformas habilitantes. Como resultados, espera-se chegar a perspectivas preliminares de criação/ desenvolvimento de uma plataforma habilitante.

Artigo Completo:

Palavras-chave: inovação social, plataformas habilitantes, design estratégico, Community Centered Design,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-sbds15-4st703c

Referências bibliográficas
  • [1] BENTZ, Ione. Processos de significação para projetos de design. In: PARODE, Fábio; BENTZ, Ione (Org.). Cadernos de Cultura e Estética Contemporânea. Porto Alegre: Entremeios, 2013.
  • [2] CANTÚ, Daria. Ideas Sharing Lab. Community Centred Design for Multifuncional and Collaborative Food Services. Doctoral Thesis, Politécnico Di Milano, FEB. 201
  • [3] CANTÚ, Daria; CORUBOLO, Marta; SIMEONE, Giulia. A Community Centered Design approach to developing service prototypes. 2012. Disponível em: < http://www.servdes.org/ >. Acesso em: 20 jan. 2015.
  • [4] CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2009.
  • [5] COTTAM, H.; LEADBEATER C. Health: Co-creating Services. London, Design Council, 2004.
  • [6] FRANQUEIRA, Teresa. Creative Places for Collaborative Cities. Universidade de Aveiro. Milan, Italy, 2010. Disponível em: < http://aveiro.academia.edu/teresafranqueira > . Acesso em: 30 jul. 2015.
  • [7] LÉVY, P. As tecnologias da inteligência: O futuro do pensamento na era da informática. Lisboa: Instituto Piaget, 1992.
  • [8] LÉVY, P. A inteligência coletiva: para uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Edições Loyola, 2011.
  • [9] MANZINI, E; JÉGOU, F. Sustainably everyday: scenarios of urban life. Milano: Edizioni Ambiente, 2003.
  • [10] MANZINI, E. Design para inovação social e sustentabilidade: comunidades criativas, organizações colaborativas e novas redes projetuais. Rio de Janeiro: E-Papers, 2008a.
  • [11] MANZINI, E. Design context: enabling solutions for sustainable urban everyday life. In: MANZINI, Ezio; WALKER, Stuart ; WYLANT, Barry. Enabling Solutions for Sustainable Living: A Workshop. Calgary: University of Calgary Press, 2008b.
  • [12] MCGINLEY, Chris; DONG, Hua. Designing with Information and Empathy: Delivering Human Information to Designers. In: The Design Journal VOLUME 14, ISSUE 2 PP 147–150, 2011.
  • [13] MERONI, Anna. Strategic design: where are we now? Reflection around the foundations of a recent discipline. Strategic Design Research Journal, v.1, n.1, Dec 1, p.31-38, 2008a.
  • [14] MERONI, Anna. Strategic Design to take care of the territory. Networking Creative Communities to link people and places in a scenario of sustainable development. In: P&D Design 2008, 8º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. São Paulo, 2008b.
  • [15] MERONI, Anna; SANGIORGI, Daniela. Design for services. Gower Publishing, 2011.
  • [16] MORELLI, Nicola. Designing Product/Service Systems: A Methodological Exploration. In: Design Issues, v.18, n.3, p.3-17, 2002. Disponível em: . Acesso em 11 out. 2014.
  • [17] MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Porto Alegre: Sulina, 2006.
  • [18] MURRAY, R; CAULIER-GRICE, J; MULGAN, G. The open book of social innovation. London: The Young Foundation & NESTA, 2010.
  • [19] OUDEN, Elke den. Innovation Design: Creiating value for people, organizations and society. 2012.
  • [20] SANDERS, Elizabeth B-N; STAPPERS, Pieter Jan. Co-creation and the new landscapes of design. CoDesign, v.4, n.1, p-5-18, mar. 2008. Disponível em: . Acesso em 10 jun. 2015.
  • [21] TOURAINE, A. Após a crise. Rio de Janeiro: Vozes, 2011.
  • [22] WARNKE, Philine; CAGNIN, Cristiano. Articulation with the macro-context. From the micro to the macro level: Methodological considerations. In: JÉGOU, F; MANZINI, E. Collaborative services: social innovation and design for sustainability. Milano: Edizioni Poli.design. 2006.
  • [23] ZURLO, Francesco. Design Strategico. In: XXI Secolo, vol. IV, Gli spazi e le arti. Roma: Enciclopedia Treccani, 2010.
Como citar:

Oliveira, Caio Marcelo Miolo de; Freire, Karine de Mello; Franzato, Carlo; "A INOVAÇÃO SOCIAL ORIENTADA PELO DESIGN: PERSPECTIVAS PARA CRIAÇÃO DE UMA PLATAFORMA HABILITANTE", p. 434-444 . In: Anais do 5º Simpósio Brasileiro de Design Sustentável [=Blucher Design Proceedings, v.2, n.5]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-sbds15-4st703c

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações