setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

A Empregabilidade dos engenheiros na bahia - análise da influência do gênero, etnia e vulnerabilidade social

CALDAS, I; VIANNA, R. F; , ;

Pôster:

Esse trabalho visa analisar a empregabilidade e inserção no mercado de trabalho dos engenheiros formados há menos de cinco anos no Estado da Bahia. O foco da investigação recaiu sobre a existência ou não de relação entre a empregabilidade e o sexo, etnia e ter ingressado na universidade através de políticas de ações afirmativas dos cursos de engenharia. A metodologia usada envolveu a aplicação de questionário e análise qualitativa e quantitativa dos dados obtidos. O público alvo foram engenheiros egressos de instituições públicas e privadas dos cursos das engenharias elétrica, mecânica, produção e química, por apresentarem semelhanças no tipo de mercado de trabalho, e que tenham concluído o curso há cinco anos ou menos. Os resultados preliminares sinalizam para um baixo nível de empregabilidade nas engenharias, cerca de 39% dos egressos nos últimos 5 anos conseguiram colocação até o momento da entrevista. Quanto aos fatores estudados, constatou-se uma tendência a maior empregabilidade do sexo masculino (59%) superando levemente a incidência percentual desse gênero na amostra (56%). Quanto à etnia, os egressos brancos apresentaram uma empregabilidade condizente ao esperado com base na incidência dessa etnia na amostra estudada, enquanto os negros tiveram empregabilidade 6% inferior ao esperado, totalizando um déficit de 6% contra os egressos negros. Foi observada também uma variação em relação aos egressos do sistema de cotas. Esses representaram quase 24% da amostra analisada, e constituíram 20% do total de empregados na área. Esse resultado sinaliza para a necessidade de se aprofundar estudos sociológicos procurando se identificar as causas dessa menor empregabilidade com o intuito de minorá-la.

Pôster:

Palavras-chave: INFLUÊNCIA,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.1067

Referências bibliográficas
  • [1] KYMLICKA, W. Contemporary political philosophy: na introduction. Oxford: Claredon
  • [2] Press, 1996.
  • [3] RAWLS, J. Uma teoria da justice. 2. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
  • [4] VELLOSO, J. Cotistas e não cotistas: rendimento de alunas da Universidade de Brasília.
  • [5] Cadernos de Pesquisa, São Paulo, 2009.
Como citar:

CALDAS, I; VIANNA, R. F; , ; "A Empregabilidade dos engenheiros na bahia - análise da influência do gênero, etnia e vulnerabilidade social", p. 4043-4046 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.1067

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações