Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

A CIDADE E O IDOSO: UMA INTERAÇÃO CRIATIVA NECESSÁRIA

Benedetto, Isabel Lanner Carvallho; Moroni, Janaina Luisa da Silva; Silva, Regio Pierre da;

Artigo Completo:

Atualmente, espera-se que grande parte da população viva além dos sessenta anos (OMS, 2015). A análise deste fato abre inúmeras questões sobre o tratamento que as pessoas de idade avançada necessitam e de como se relacionam com seu meio ambiente. Os projetistas devem pensar criativamente em projetos favoráveis a idosos. Neste sentido, este artigo apresenta abordagem teórica-bibliográfica sobre idosos e cidades, com exemplos de projetos estrangeiros e nacionais, de calçadas focadas no bem-estar destes indivíduos. Foi considerado o método de análise SWOT (sigla em inglês para Força, Fraqueza, Oportunidade e Ameaça), aplicadas aos projetos destinados a idosos. Os resultados apresentados focam nas normas e legislação brasileira para projetos de calçadas para melhoria de vida dos anciãos.

Artigo Completo:

Palavras-chave: criatividade; idosos; cidades.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0281

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas.NBR 9050,Rio de Janeiro: ABNT, 2004. Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos.
  • [2] ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas.NBR 9283,Rio de Janeiro: ABNT, 1986.Classificação do Mobiliário Urbano - MU .
  • [3] ANDERSON, S.On Streets. London: Mit Press, 1978.
  • [4] ALBUQUERQUE, M. A. L.; CARVALHO, V. C.P. Análise do Bem-estar de Idosos no Centro de Convivência da Terceira IdadeinA Terceira Idade: Estudos sobre Envelhecimento.Serviço Social do Comércio. São Paulo: SESC-GETI, v.24,n.º56, 2013.
  • [5] ARGIMON, I. I. L.Desenvolvimento Cognitivo na Terceira Idade.2002.134 f.Tese doutorado, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Curso de Pós-graduação em Psicologia.
  • [6] BONSIEPE, Gui et al.Metodologia experimental: desenho industrial.Brasília: CNPq/Coordenação Editorial, 1984.
  • [7] BRASIL, 2015. MINISTÉRIO DAS CIDADES.PlanMob: caderno de referência para elaboração de plano de mobilidade urbana.Brasília: Ministério das Cidades, 2015.
  • [8] CARR, S; et al.Public Space.Cambridge: Cambridge University Press, 1992.
  • [9] DA SILVA, N. R. R.Avaliação do Nível de Serviço de calçadas em cidade de porte médio, considerando a percepção de usuários e técnicos.2008.137 f.Tese mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Curso de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional.
  • [10] FRANCIS, M.Cases Study in land and community design. Urban Open Space: Designning for user needs. USA: Island Press, 2003.
  • [11] GEHL, J. Life between buildings: using public space. New York: Van Nostrand Reinhold, 1987.
  • [12] IBGE, 2002. Instituto Brasileiro de Economia e Estatística.Perfil dos Idosos Responsáveis pelos Domicílios no Brasil 2000. Comunicação Social do IBGE, 2010.
  • [13] INOYE, K; et. al.Octogenários e cuidadores: perfil sócio demográfico e correlação da variável qualidade de vida.Texto-Contexto Enfermagem, Florianópolis, v.17, n.2, p. 350-357, abr./jun. 2008.
  • [14] JACOBS, Allan B.Great Streets.London: The Mit Press, 1993.
  • [15] LANG, J.Urban Design: the American experience, New York: Van Nostrand Reinhold Company, 1994.
  • [16] LYNCH, K.La buena forma de la ciudad. Barcelona: G. Gilli, 1985.
  • [17] LOBACH, B.Design Industrial: Bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Editora Edgard Blucher, 2000.
  • [18] MORONI, J. L. S.Aplicação do design gráfico para o desenvolvimento de mobiliário urbano.2008.195 f. Tese mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Curso de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional.
  • [19] OMS. Organização Mundial da Saúde.Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde– Resumo. 28 p., 2015.
  • [20] OMS.Organização Mundial da Saúde.Guia Global das Cidades Amigas das Pessoas Idosas. 80 p., 2007.
  • [21] ONU, 2002. Organização das Nações Unidas. Plano de ação internacional para o envelhecimento.Tradução de Arlene Santos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 49 p. (Série Institucional em Direitos Humanos; v. 1), 2003.
  • [22] Qaader, M.Pluralistic Planning for Multicultural Cities. In: Journal of Planning Association – The Canadian Practice, 1997.
  • [23] SERRA, J. M.Elementos urbanos – mobiliário y microarquitectura.Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 2002.
  • [24] SMOV – Secretaria Municipal de Obras eViação de Porto Alegre.“Minha Calçada: Eu curto, Eu cuido”Guia para calçada legal e acessível, promovido pela Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social: Prefeitura de Porto Alegre, 2016.
  • [25] WHITAKER, B.Parks for people. New York: S. Ed. 1971 .
Como citar:

Benedetto, Isabel Lanner Carvallho; Moroni, Janaina Luisa da Silva; Silva, Regio Pierre da; "A CIDADE E O IDOSO: UMA INTERAÇÃO CRIATIVA NECESSÁRIA", p. 3274-3285 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0281

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações