Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

A aplicação do Design da Informação no auxílio às famílias com casos de microcefalia

The application of Information Design to help families with cases of microcephaly

Rodrigues, Nandia Leticia Freitas; Jorente, Maria José Vicentini;

Artigo completo:

No transcurso da epidemia de microcefalia em decorrência da infecção pelo Zika Virus no Brasil ocorrida nos últimos anos, é urgente e faz-se necessário o estabelecimento de amplas e profundas discursões acerca da temática. O sertão nordestino tem sido o epicentro da microcefalia, afetando majoritariamente as populações mais pobres, rurais e com significativas defasagens na literacia. Considerando as limitações do alfabetismo verbal e o direito do cidadão ao acesso à informação em saúde, a presente pesquisa, sob a égide da Ciência da Informação e disciplinas correlatas, tem como objetivo estudar a utilização estratégica do Design da Informação no desenvolvimento de materiais de comunicação em saúde no auxílio às famílias com crianças nascidas com microcefalia. Assim, o problema de pesquisa se constrói a partir da seguinte indagação: como o Design, por meio das informações imagéticas, estáticas e dinâmicas, compartilhadas através de ambientes na Web 2.0 e aplicativos de smartphones, pode auxiliar as famílias com crianças diagnosticadas como microcefalia? A metodologia aplicada fundamenta-se em estudo bibliográfico e exploratório. Como considerações parciais deste estudo, observa-se que no âmbito da Ciência d Informação, a convergência e a adoção de conceitos, procedimentos e técnicas provenientes da disciplina do Design da Informação, potencialmente subsidiam a produção e representação mais eficiente e eficaz dos conteúdos informacionais nas mídias digitais, fornecendo elementos que propiciem uma melhor experiência dos sujeitos no que se refere a compreensão e retenção das informações produzidas, compartilhadas e acessadas, suprindo suas necessidades informacionais.

Artigo completo:

In the course of the microcephaly epidemic due to the Zika Virus infection in Brazil in recent years, it is urgent and it is necessary to establish broad and profound discourses on the subject. The northeastern backcountry has been the epicenter of microcephaly, affecting mostly the poorest, rural populations with significant literacy gaps. Considering the limitations of verbal literacy and the citizen's right to access health information, this research, under the aegis of Information Science and related disciplines, aims to study the strategic use of Information Design in the development of communication materials. in health in helping families with children born with microcephaly. Thus, the research problem builds on the following question: How can design, through imagery, static and dynamic information, shared through Web 2.0 environments and smartphone applications, help families with children diagnosed with microcephaly? The applied methodology is based on bibliographic and exploratory study. As partial considerations of this study, it is observed that within the Information Science, the convergence and adoption of concepts, procedures and techniques from the Information Design discipline, potentially subsidize the more efficient and effective production and representation of information content in digital media, providing elements that provide a better experience of the subjects regarding the understanding and retention of the information produced, shared and accessed, meeting their informational needs.

Palavras-chave: design da informação, microcefalia, linguagem imagética, ambientes digitais, comunicação em saúde,

Palavras-chave: information design, microcephaly, imaging language, digital environments, communication in health,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-4.0242

Referências bibliográficas
  • [1] Bacelar, J. (1998). Linguagem da visão. Biblioteca On-line de Ciência da Comunicação, Universidade da Beira Interior. Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2019.
  • [2] Dondis, A. D. (1997). Sintaxe da linguagem visual. Tradução de Jefferson Luiz Camargo. ed. São Paulo: Martins Fontes. Coleção A.
  • [3] Frascara, J. (1997). Diseño gráfico para la gente. Buenos Aires: Infinito.
  • [4] Isensee, G. S., & Rosumek, G. B. (2015). Visual Content: um estudo das ferramentas e conceitos entendidos por uma agência de comunicação digital internacional. Revista Brasileira de Design da Informação, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 125-142.
  • [5] Jorente, M. J. V., Landim, L. A., & Silva, A. R (2018). O design da informação na modelagem de ambientes digitais em saúde: políticas informacionais no transcurso da epidemia pelo zika vírus. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.14, n.2, p. 404-421.
  • [6] Jorente, M. J. V. (2017). Relações sistêmicas entre a teoria da complexidade, o design da informação e a ciência da informação na pós-modernidade. In: Alves, M. A; Grácio, M. C. C.; Martinez-Ávila, D. (Org.). Informação, conhecimento e modelos. Campinas: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência, Unicamp; Marília: Oficina Universitária.
  • [7] Ministério da saúde. (2015). Dados do Boletim epidemiológico como o monitoramento dos casos de microcefalia no Brasil até a Semana Epidemiológica 50 de 2015. Secretaria de Vigilância em Saúde; Ministério da Saúde. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2019.
  • [8] Ministério da saúde. (2018). Dados do Boletim epidemiológico Monitoramento integrado de alterações no crescimento e desenvolvimento relacionadas à infecção pelo vírus Zika e outras etiologias infecciosas, até a Semana Epidemiológica 20 de 201 Secretaria de Vigilância em Saúde; Ministério da Saúde. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2019.
  • [9] Pettersson, R. (2012). It Depends: Information Design. Principles and Guidelines, 4. ed. Institute for Infology.
  • [10] Skinner, H. A., Maley, O., & Norman, C. D. (2006). Developing Internet-Based eHealth Promotion Programs: The Spiral Technology Action Research (STAR) Model. Health Promotion Practice, v. 7, n. 4, p. 406-417. Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2019.
  • [11] Wilson, E. A. H., & Wolf, M. S. (2009). Working memory and the design of health materials: a cognitive factors perspective. Patient Education and Counseling, v. 74, n. 3, pp. 318-322. Disponível em: . Acesso em: 17 jun. 2019.
Como citar:

Rodrigues, Nandia Leticia Freitas; Jorente, Maria José Vicentini; "A aplicação do Design da Informação no auxílio às famílias com casos de microcefalia", p. 1813-1820 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-4.0242

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações