fevereiro 2014 vol. 1 num. 1 - V Simpósio Internacional de Flebologia

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Varizes Pélvicas

Silva, J. A. L.;

Resumo:

Varizes pélvicas, também definidas como síndrome da congestão pélvica (SCP ), constituem quadro de dilatação e tortuosidade do plexo venoso pélvico associado à diminuição do retorno venoso. Este quadro pode ser encontrado em até 10% das mulheres, sendo mais freqüente durante a menacme, em multíparas jovens com quadro de dor pélvica crônica (DPC ), sem evidencia de processo inflamatório pélvico. Portanto a SCP é uma das causas de DPC , sendo mais freqüente a queixa de peso, dor em queimação, dispareunia, plenitude vesical e dor lombo/sacra. Geralmente é um quadro oligossintomático do ponto de vista ginecológico, por isso é pouco valorizado pelos ginecologistas. Porém, é muito importante que o ginecologista busque, no exame físico, sinais de varizes pélvicas, como varizes subpubianas, vulvares, pudendas e regiões superiores das coxas, que as vezes só aparecem durante a gestação e portanto sendo facilmente diagnosticadas pelos médicos que cuidam de pacientes neste momento, os ginecologistas. As veias pélvicas tem uma comunicação intensa com os vasos dos menbros inferiores (MMII ), e as varizes pélvicas podem ser uma das principais causas de recidivas de varizes de MMII . Daí a grande importância em estudar esta patologia na flebologia e deixar os ginecologistas alertas do quanto eles podem ajudar suas pacientes, portadoras de varizes pélvicas, encaminhando as mesmas para os cuidados de um flebologista. Assim poderá melhorar muito a qualidade de vida destas pacientes, quando bem tratadas, diminuindo ou eliminando os sintomas de DPC e reduzindo os casos de recidivas de varizes de MMII .

Resumo:

Palavras-chave: varizes pélvicas, síndrome congestão pélvica, varizes vulvares,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-flebo-SIF_55

Referências bibliográficas
Como citar:

Silva, J. A. L.; "Varizes Pélvicas", p. 84 . In: In Anais do V Simpósio Internacional de Flebologia [=Blucher Medical Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-flebo-SIF_55

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações