dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

USO DE APARATO LABORATORIAL PARA ESTUDO ACELERADO DE DIFUSÃO IÔNICA EM ESTRUTURAS POROSAS

SOUZA, F.M.; SANTOS, I.H.L.; RIBEIRO, D.V.;

Artigo:

A indústria química produz e utiliza eletrólitos para diversos fins – a exemplo, o ácido sulfúrico, fundamental na indústria petroquímica – sendo alguns deles indicadores econômicos de uma nação. Tecnologias como filtros poliméricos seletores de íons ou dessalinização de água por osmose reversa, demonstram o interesse da engenharia em estudar a difusão iônica através estruturas porosas. Outras áreas de da engenharia estudam esse tema, como a engenharia civil que modela a migração de cloretos em concreto para estimar a vida útil de edificações. No presente estudo, observou-se a eficácia de aparato laboratorial alternativo no estudo de difusão de cloretos, de forma induzida e acelerada, avaliando a evolução do fenômeno em estruturas porosas, utilizando corpos de prova de concreto de cimento Portland. O sistema foi constituído por um corpo de prova cilíndrico entre duas câmaras de PVC, uma com solvente e a outra com o eletrólito em concentração conhecida, sob uma tensão aproximadamente constante. Foi observada a transição entre os estado transiente e estacionário, sendo os respectivos coeficientes de difusão determinados com pequenos desvios associados. Após a associação dos resultados com a porosidade dos corpos de prova, observou-se a aplicabilidade do sistema ao estudo da difusão de íons em estruturas porosas.

Artigo:

Palavras-chave: migração iônica, sólidos porosos, coeficientes de difusão,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-038

Referências bibliográficas
  • [1] CASCUDO, O. (1997), O Controle de Corrosão de Armaduras em Concreto: Inspeção e Técnicas Eletroquímicas. Editora Pini, São Paulo-SP.
  • [2] CALÇADA, L.M.L. (2004), Estudo da Eficácia do Ensaio de Migração em Condições de Fluxo Não-Estacionário na Previsão da Penetração de Cloretos em Concreto, PPGEC/UFSC (tese de doutorado), 214p.
  • [3] TONG, L., GJøRV, O.E. (2001) “Chloride diffusivity based on migration testing”, Cement and Concrete Research, n. 31, p. 973- 982.
  • [4] CASTELLOTE, M., ANDRADE, C., ALONSO, C. (2001) “Measurement of the steady and non-steady-state chloride diffusion coefficients in a migration test by means of monitoring the conductivity in the anolyte chamber Comparison with natural diffusion test” Cement andConcrete Research, n. 31, p. 1411-1420.
  • [5] RIBEIRO, D.V. (2010) Influência da adição da Lama vermelha nas propriedades e na corrosibilidade do concreto armado, PPGCM/UFSCAR (tese de doutorado), 260p.
  • [6] JUSTNES, H. (2008) “A review of chloride binding in cementitious systems”, disponível em: Andlt;www.itn.is/ncr/ publications/doc_21-4.pdfAndgt;. Acesso em: 14 jun. 2012.
  • [7] CRANK, J. (1975), The Mathematics of Diffusion. 2ª Ed. Editora LTC, J.W. Arrowsmith.
  • [8] KEISTER, J.C., KASTING, G.B. (1986), “Ionic Mass Transport Through a Homogeneous Membrane in The Presence of a Uniform Electrical Field”. Journal of Membrane Science, Amsterdam, v.29, p.155-167.
  • [9] PRAUSNITZ, J.M. (1998), Molecular Thermodynamics of Fluid-Phase Equilibria. 3ª Ed. Editora Englewood Cliffs, Pratice Hall.
Como citar:

SOUZA, F.M.; SANTOS, I.H.L.; RIBEIRO, D.V.; "USO DE APARATO LABORATORIAL PARA ESTUDO ACELERADO DE DIFUSÃO IÔNICA EM ESTRUTURAS POROSAS", p. 456-460 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-038

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações