Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

TRATAMENTO DO ÓLEO DE FRITURA COM FIBRA DE COCO PARA POSTERIOR OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS.

CALIMAN CATELAN, T.; BRITO DOS SANTOS, F.; FURLAN MENDES, A. N.; SANTANA ROCHA, S. M.;

Artigo Completo:

A preocupação com o meio ambiente e a necessidade de redução dos níveis de poluição são fatores que têm contribuído para a busca de combustíveis alternativos aos derivados de petróleo. Entre Dentre as alternativas encontradas, o biodiesel obtido a partir do óleo de fritura pode ser é uma alternativa técnica viável e já foi comprovada por vários estudos. Com isso, a reciclagem do óleo de fritura vem ganhando espaço cada vez maior, pois além de ser uma opção de matéria-prima barata, já que, o aproveitamento deste resíduo evita a degradação e diminui a poluição ambiental. No entanto, a principal dificuldade em utilizar ona utilização do óleo de fritura para a produção do biodiesel é o alto índice de acidez que este apresenta devido à grande quantidade de ácidos graxos liberados durante as quebras das cadeias lipídicas do óleo quando este é submetido a elevadas temperaturas. Por essa razão, o óleo de fritura deve ser tratado antes de ser utilizado na produção de biodiesel. Este trabalho tem teve como objetivo tratar o óleo residual de fritura utilizando a fibra de coco como material adsorvente para a redução da cor e do teor de acidez, visando a sua reutilização para a produção de biodiesel através da reação de transesterificação básica. Os resultados obtidos até o momento mostram que a fibra de coco é eficiente para redução do índice de acidez do óleo de fritura.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-428-34047-266674

Referências bibliográficas
  • [1] ANTOLIN, G.; TINAUT, F. V.; BRICENO, Y.; CASTANO, V.; PÉREZ, C.; RAMIREZ, A. I. Bioresource Technology 2002, 82 (2), 11
  • [2] ATKINS, P. W. Físico-Química. 6 ed., Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1999.
  • [3] BOTTON, V.; RIVA, D.; SIMIONATTO, E. L.; WIGGERS, V. R.; ENDER, L.; MEIER, H.F.; BARROS, A. A. C. Craqueamento termo-catalítico da mistura de óleo de fritura usado-lodo de estamparia têxtil para a produção de óleo com baixo índice de acidez. Química Nova, v. 35, n. 4, p. 677-682, 2012.
  • [4] CHOE, E.; MIN, D. B. Chemistry of deep-fat frying oils. Journal of Food Science, v. 72, n. 5, p. 77-86, 2007.
  • [5] COSTA NETO, P. R. da; FREITAS, R. J. S. de. Purificação de óleo de fritura. Boletim do CEPPA, v. 14, n. 2, p. 163-170, 1996.
  • [6] COSTA NETO, P. R. da; ROSSI, L. F. S.; ZAGONEL, G. F.; RAMOS, L. P. Produção de biocombustível alternativo ao óleo diesel através da transesterificação de óleo de soja usado em frituras. Química Nova, v. 23, n. 4, p. 531-537, 2000.
  • [7] FERRARI, R. A. OLIVEIRA, V. da S., SCABIO, A. Biodiesel de Soja – Taxa de Conversão em Ésteres Etílicos, Caracterização Físico-Química e Consumo em Gerador de Energia. Química Nova, v.28, 2005.
  • [8] FUKUDA, H.; KONDO, A.; NODA, H. J. Bioscience. Bioengeneering. 2001, 92 (5), 405.
  • [9] LEITE, C. V. C. Produção de biodiesel usando misturas de óleos virgens e residuais: purificação com adsorventes. 2008. 126 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e de Materiais, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2008.
  • [10] McCABE, W. L.; SMITH, J. C.; HARRIOTT, P. Unit Operations of Chemical Engineering. 5 ed. Singapura: McGraw-Hill, 1993.
  • [11] MEHER, L. C.; SAGAR, D. V.; NAIK, S. N. Technical aspects of biodiesel production by transesterification – a review. Renewable and Sustainable Energy Reviews, n.10, p. 248-268, 2006.
  • [12] MELO, B. N. de. Compósitos obtidos a partir de matrizes poliuretônicas reforçadas com fibras de sisal, luffa e serragem modificadas. 172 f.Tese (Doutorado em Química) – Departamento de Química, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.
  • [13] TOSE, L. V.; SOARES, A. B. Estudo comparativo da clarificação do óleo residual de fritura pelo emprego do bagaço da cana-de-açúcar e das cascas de arroz in natura. In: Encontro Capixaba de Química, 3., 2011, Vitória. Anais... Vitória: ENCAQUI, 2011. 1 CD-ROM.
  • [14] VARGAS, T. V. Tratamento do óleo de fritura utilizando fibra de coco para posterior aplicação na produção de biocombustíveis. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Espirito Santo, 2013.
  • [15] ZAMBELLI, R. A. Relatório referente a prática de determinação de acidez em óleos. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009. Disponível em:Andlt;http://www.ebah.com.br/content/ABAAAA7vsAA/acidez-oleosAndgt;. Acesso em: 01 de Março de 20
  • [16] ZHANG, Y.; DUBÉ, M. A.; McLEAN, D. D.; KATES, M. Biodiesel production from waste cooking oil: Economic assessment and sensitivity analysis. Bioresource Technology, v. 90, n. 3, p. 229-240, 2003.
Como citar:

CALIMAN CATELAN, T.; BRITO DOS SANTOS, F.; FURLAN MENDES, A. N.; SANTANA ROCHA, S. M.; "TRATAMENTO DO ÓLEO DE FRITURA COM FIBRA DE COCO PARA POSTERIOR OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS.", p. 108-114 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-428-34047-266674

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações