Artigo - Open Access.

Idioma principal

TRANSPORTE PÚBLICO CURITIBANO: HISTÓRIAS DE DESIGNS PELO VIÉS DA TEORIA CRÍTICA DA TECNOLOGIA

Caviquiolo, Suelen Christine; Queluz, Gilson Leandro;

Artigo:

Este trabalho discute, pelo viés da teoria crítica da tecnologia, a história do transporte público na cidade de Curitiba entre as décadas de 1960 e 1980. A partir do projeto e implantação do plano diretor, buscamos evidenciar como questões sociais foram traduzidas em questões técnicas que definiram os contornos mais visíveis do sistema de transporte. Em seguida, mostramos de que maneira a população que depende do transporte público reagiu ao design desse sistema que foi configurado em [por] um contexto político e econômico marcado pela tecnocracia da ditadura militar. Por fim, apontaremos possibilidades de designs alternativos que poderiam contemplar um sistema de transporte mais democrático.

Artigo:

This paper discusses, through the critical theory of technology, the history of public transport in Curitiba between the 1960s and 1980s. From the design and implementation of the master plan, we seek to show how social issues were translated into technical issues which defined the more visible outlines of the transport system. Then, we show how the population which depends on public transportation reacted to the system''s design that was set up in [for] a political and economic context marked by the technocracy of the military dictatorship. Finally, we will point out possibilities of alternative designs that could provide for a more democratic transportation system.

Palavras-chave: Transporte Coletivo, Curitiba, Teoria Crítica da Tecnologia, História do Design em Curitiba., Public Transport, Curitiba, Critical Theory of Technology, Curitiba’s Design History.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00844

Referências bibliográficas
  • [1] BIJKER, Wiebe. Of Bicycles, Bakelites, and Bulbs: Toward a Theory of Sociotechnical Change. London: MIT Press, 1997.
  • [2] CONFUSÃO no primeiro dia do expresso. Gazeta do Povo, Curitiba, p.1, 24 set. 1974.
  • [3] CURITIBA. Decreto Municipal n. 92 de 30 de janeiro de 1980. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1980. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [4] CURITIBA. Decreto Municipal n. 400 de 25 de abril de 1980. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1980a. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 201
  • [5] CURITIBA. Decreto Municipal n. 768 de 17 de julho de 1980. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1980b. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [6] CURITIBA. Decreto Municipal n. 404 de 19 de novembro de 1981. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1981. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [7] CURITIBA. Decreto Municipal n. 254 de 14 de agosto de 1984. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1984. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [8] CURITIBA. Decreto Municipal n. 44 de 30 de janeiro de 1987. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1987. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [9] CURITIBA. Decreto Municipal n. 45 de 30 de janeiro de 1987. Curitiba: Palácio 29 de Março, 1987a. Disponível em: Andlt;http://cm-curitiba.jusbrasil.com.brAndgt;. Acesso em: 20 abril 2014.
  • [10] DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES PÚBLICAS E PROMOÇOES DA PREFEITURA MUNICIPAL
  • [11] DE CURITIBA. Roteiro da Cidade. n.9. Junho de 1974.
  • [12] EXPRESSO funciona no domingo. Gazeta do Povo, Curitiba, p.28, 18 set. 1974.
  • [13] EXPRESSO e seus inúmeros casos. Gazeta do Povo, Curitiba, p.6, 29 set. 1974a.
  • [14] EXPRESSO: Monstro que Lerner Criou. Paraná em Páginas, v.10, n.117. Curitiba: Editora Jornalística Paraná em Páginas , nov. 1974b.
  • [15] FEENBERG, Andrew. As Variedades de Teoria. Tecnologia e o Fim da História. In: Transforming Technology. A Critical Theory Revisited. New York: Oxford University Press, 2002, pp. 3-35. Tradução: Carlos Alberto John. Disponível em: http://www.sfu.ca/~andrewf/books/Portug_Chapter_1_Transforming_Technology.pdf . Acesso em: janeiro 2014.
  • [16] ______. Agency and Citizenship in a Technological Society. Palestra apresentada no curso de Cidadania Digital, University of Copenhagen, 2011. Disponível em: http://www.sfu.ca/~andrewf/copen5-1.pdf. Acesso em: 26 novembro 2013.
  • [17] ______. Racionalização Subversiva: Tecnologia, Poder e Democracia. Tradução de Anthony T. Gonçalves. In: NEDER, Ricardo T. (org.). A teoria crítica de Andrew Feenberg: racionalização democrática, poder e tecnologia. Brasília: Observatório do Movimento pela Tecnologia Social na América Latina / CDS / UnB / Capes, 2010. p.69- 95.
  • [18] FENG, P.; FEENBERG, A. Thinking About Design: Critical Theory of Technology and the Design Process. In: VERMAAS, P. E. et al. (eds.). Philosophy and Design: From Engineering to Architecture. New York: Springer, 2008. p.104-1
  • [19] INSTITUTO GALLUP DE OPINIAO PÚBLICA. Relatório dos trabalhos de pesquisa sobre Problemas de Transportes Urbanos em Curitiba. Curitiba: IPPUC, 1979.
  • [20] IPPUC. Plano Diretor: Anteprojeto de Lei. Maio, 1966. Disponível em: Andlt;http://www.ippuc.org.brAndgt;. Acesso em: 05 ago 2013.
  • [21] ______. Avaliação da opinião pública em relação à implantação do sistemas de ônibus expresso em Curitiba. Curitiba: IPPUC, 1975.
  • [22] ______. Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba: peculiaridades, soluções locais. Curitiba: IPPUC, 1986.
  • [23] ______. Memória da Curitiba Urbana: planejamento urbano: concepção Andamp; prática. Curitiba, PR: IPPUC, 1990. (Depoimentos, 5)
  • [24] ______. Memória da Curitiba Urbana: planejamento urbano: concepção Andamp; prática. Curitiba, PR: IPPUC, 1991. (Depoimentos, 7)
  • [25] LAUFER, Felipe. Expresso, ex-“Diabo Vermelho”, faz 30 anos. Gazeta do Povo. Curitiba, p.5, 14 nov. 2004.
  • [26] MUITA coisa por fazer nas obras do expresso. Gazeta do Povo, Curitiba, p.1, 17 set. 1974.
  • [27] NEVES, Lafaiete Santos. Movimento popular e transporte coletivo em Curitiba (1970- 1990). Curitiba: Editora Gráfica Popular: CEFURIA, 2006.
  • [28] OLIVEIRA, Dennison de. Curitiba e o mito da cidade modelo. Curitiba: Ed. da UFPR, 2000.
  • [29] ÔNIBUS comum agora é rejeitado. Gazeta do Povo, Curitiba, p.1, 27 set. 1974.
  • [30] SOUZA, Nelson Rosario de. Planejamento urbano, saber e poder: o governo do espaço e da população em Curitiba. 1999. 316f. Tese (doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.
  • [31] TOMIZAWA, L. T Entrevista concedida a Suelen Caviquiolo. Curitiba, 13 de agosto de 2013, 1 hora de duração.
  • [32] URBAN, Teresa. Transporte Coletivo. Curitiba: Prefeitura Municipal de Curitiba, 1987.
  • [33] URBS. Transporte Coletivo Curitiba e Região Metropolitana: A história, o planejamento urbano e a evolução do Sistema Integrado. Curitiba, URBS: 1998.
  • [34] WERSHOSKI, A. Desconforto. Gazeta do Povo, Curitiba, 2 out. 1974, Coluna do Leitor, p.6.
Como citar:

Caviquiolo, Suelen Christine; Queluz, Gilson Leandro; "TRANSPORTE PÚBLICO CURITIBANO: HISTÓRIAS DE DESIGNS PELO VIÉS DA TEORIA CRÍTICA DA TECNOLOGIA", p. 816-828 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00844

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações