dezembro 2014 vol. 1 num. 5 - II Congresso Brasileiro de Medicina Hospitalar

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Sindrome De DRESS Desencadeado Por Carbamazepina: Relato De Caso E Revisão De Literatura

Lodi, C.M.; Bevilaqua, M.; Boreli, N.S.; Brotas, A.; Osório, D.A.;

Resumo:

A síndrome DRESS (Drug Rash with eosinophilia and systemic symptons) é uma reação adversa rara a medicamentos com características sistêmicas de erupção cutânea, anormalidades hematológicas, linfadenopatia, envolvimento de fígado, rins e pulmão. Ocorre em cerca de 1 a 5 para cada 10000 expostos, sendo mais comum em negros e pode ser fatal em cerca de 10% casos. Objetivos: Descrever e revisar compatíveis com síndrome de DRESS. Método: Relato de Caso: mulher, parda, 53 anos apresentando há duas semanas lesões cutâneas morbiliformes, pruriginosas, inicialmente no tórax com progressão crânio-caudal associadas a febre, hematúria e edema facial, além de cianose plantar e lesões púrpúricas difusas em pernas. Previamente hipertensa, renal crônica (em programa de hemodiálise), hipotireoidea, cardiopata isquêmica e com transtorno bipolar, usando há 3 meses carbamazepina, sertralina, risperidona e carvedilol. Exames na admissão: creatinina 7,8, fosfatase alcalina 244, Gama GT 895, Hemoglobina 13,4, hematócrito 41,4, leucócitos 14430 com 10% de eosinófilos, hematúria leve. TSH2,7. Ecografia abdominal com discreta esplenomegalia, sem outros achados. Radiografia de tórax com diminuição difusa da transparência pulmonar. Anatomopatológico de pele revelou pequenos focos de alteração vacuolar da basilar com espongiose discreta, mínima exocitose, edema e vasos dilatados, circundados por linfócitos e macrófagos, hemácias extravasadas e raríssimos eosinófilos na derme papilar, favorecendo hipótese de reação exantemática a drogas. RESULTADOS: Após suspensão de carbamazepina e tratamento com prednisona 60mg/dia por 4 dias (com regressão gradual) e fexofenadina 240mg/dia 15dias houve importante melhora do edema e rash faciais, prurido e exantema (evoluindo com lesões exfoliativas), além de regressão da colestase e do infiltrado pulmonar. Conclusão: A síndrome DRESS é uma reação severa de hipersensibilidade induzida por drogas, rara e potencialmente ameaçadora da vida. Seu diagnóstico é desafiador considerando-se a diversidade das erupções cutâneas e órgãos envolvidos. Deve ser suspeitada em paciente recebendo medicamento de risco (principalmente anticonvulsivantes) e erupção cutânea morbiliforme ou difusa, febre, edema facial e aumento linfonodal, e alterações sistêmicas.

Resumo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/medpro-II-cbmh-007

Referências bibliográficas
Como citar:

Lodi, C.M.; Bevilaqua, M.; Boreli, N.S.; Brotas, A.; Osório, D.A.; "Sindrome De DRESS Desencadeado Por Carbamazepina: Relato De Caso E Revisão De Literatura", p. 16 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-II-cbmh-007

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações