Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

SEPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DAS FRAÇÕES DE SÓLIDOS PROVENIENTES DE SEDIMENTO DE DRAGAGEM DO PORTO DE RIO GRANDE – RS

PASSOS, T.; ROSA SILVA, E.; CORTELINI, T.; OGRODOWSKI, C. S.; SANTANA, F.B.;

Artigo Completo:

Frente à necessidade de fontes renováveis de energia e grandes volumes de sedimentos marinhos provenientes do processo da dragagem de portos, a implementação de células combustíveis microbianas utilizando tais sedimentos vem sendo aplicada. A proposta deste trabalho é a caracterização e separação das frações sólidas do sedimento marinho proveniente da dragagem do Porto de Rio Grande. Foram utilizados os seguintes parâmetros de caracterização física: massa específica, porosidade do leito, fator de forma de Corey, fator de textura de Powers e velocidade terminal. Para a caracterização química quantificou-se a quantidade de carbono total nas amostras. Como processo de separação foi utilizado a elutriação com água à temperatura ambiente. A fração que apresentou o melhor potencial para o uso em células combustíveis microbianas foi a de mistura de argila e silte, que representa 34,55 % do sedimento e contém 2,42 % de material orgânico.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-207-32821-261284

Referências bibliográficas
  • [1] COELHO, R. M. L.; MASSARANI, G. Fluidodinâmica de Partículas: Ainda sobre Correlações em Base aos Dados Experimentais de Pettyjohn e Christiansen. Relatório Técnico, LSL/COPPE, Rio de Janeiro, 1996.
  • [2] DE SÁ, J. S.; MEZZOMO, H.; NOGUES, L. B.; FRAGA, M. F ; OGRODOWSKI, C. S.; SANTANA, FABRICIO B. . Efeito do processo contínuo sem reciclo de biomassa na operação de células de combustível microbiológicas. Vetor (FURG), v. 23, p. 49-60, 2013.
  • [3] DIETRICH, W.E., Settling velocity of natural particles. Water Resources Research; v. 18, p.1615–1626, 1982.
  • [4] EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA – EPE. Projeção da Demanda de Energia Elétrica para os Próximos 10 anos (2013-2022), Relatório Técnico, 2012.
  • [5] FERGUNSON, R.I; CHURCH, M. A simple universal equation for grain settling velocity. J. Sediment Research, v. 74, p. 933–937, 2004
  • [6] HETTLER, E. N.;GULLIVER, J. S. KAYHANIAN, M., An elutriation device to measure particle settling velocity in urban runoff. Science of Total Environment. v. 409, p.5444-5443, 2011.
  • [7] KRISHNAPPAN, B. G.; MARSALEK, J.; EXALL, K.; STEPHANS, R.P.; ROCHFORT, Q.; SETO, P. A water elutriation apparatus for measuring settling velocity distribution of suspended solids in combined sewer overflows. Water Quality Research J., v. 139, p 432-438, 2004.
  • [8] LOGAN, B. E. Microbial Fuel Cells, John Wiley Andamp; Sons, Hoboken, New Jersey, 1ª Edição, 200
  • [9] MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (MCTI). Estimativas Anuais de Emissões de Gases de Efeito Estufa no Brasil. Relatório Técnico, 2013.
  • [10] STOKES, G.G. On the effect of the internal friction of fluids on the motion of pendulums (part II). Trans Cambridge Philos Soc ; 9:8, 1851.
  • [11] TELEKEN, J. T. Modelagem matemática da geração de corrente elétrica em uma céula combustível microbiana inoculada com micro-organismos marinhos. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.
  • [12] WENTWORTH, C. K. A Scale of Grade and Class Terms for Clastic Sediments. J. of Geology, Vol. 30, No. 5, pp. 377-392, 1992.
Como citar:

PASSOS, T.; ROSA SILVA, E.; CORTELINI, T.; OGRODOWSKI, C. S.; SANTANA, F.B.; "SEPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DAS FRAÇÕES DE SÓLIDOS PROVENIENTES DE SEDIMENTO DE DRAGAGEM DO PORTO DE RIO GRANDE – RS", p. 2004-2009 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-207-32821-261284

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações