Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

REMOÇÃO DE COR E MATÉRIA ORGÂNICA DE LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO POR MEIO DE TRATAMENTO COM O3, O3/TiO2 e O3/ZnO

CORSO, B. L.; SCANDELAI, A. P. J.; TAVARES, C. R. G.;

Artigo Completo:

O lixiviado, gerado pela degradação dos resíduos sólidos, apresenta alta concentração de matéria orgânica de difícil remoção por processos convencionais e biológicos. O presente trabalho objetivou avaliar a eficiência da ozonização e ozonização catalítica (O3/TiO2, O3/ZnO) na remoção de cor e matéria orgânica presentes no lixiviado gerado no aterro sanitário de Maringá-PR. A eficiência dos tratamentos foi avaliada por meio da remoção de cor aparente e matéria orgânica [DQO (demanda química de oxigênio), DBO (demanda bioquímica de oxigênio) e COD (carbono orgânico dissolvido)]. Os tratamentos apresentaram altas remoções de cor (Andgt; 93%), porém baixas remoções de matéria orgânica, indicadas pela remoção de DQO, DBO e COD.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-303-33888-259988

Referências bibliográficas
  • [1] APHA – AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Standard methods for the examination of water and wastewater. 20 ed. APHA: USA, 1998.
  • [2] ASSALIN, M. R.; DURÁN, N. Novas tendências para aplicação de ozônio no tratamento de resíduos: ozonização catalítica. Revista Analytica, n. 26, p. 76-86, 2006.
  • [3] BIDONE, R. F. Tratamento de Lixiviado de Aterro Sanitário por um Sistema Composto por Filtros Anaeróbios seguidos de Banhados Construídos: Estudo de caso – Central de Resíduos de Recreio em Minas do Leão/RS. Dissertação (Mestrado em Hidráulica e Saneamento), EESC/USP, São Paulo, 2007.
  • [4] BILA, D. M.; MONTALVÃO, A. F.; SILVA A. C.; DEZOTTI, M. Ozonation of a landfill leachate: evaluation of toxicity removal and biodegradability improvement. J. Hazard. Mater., v. B117, p. 235-242, 2005.
  • [5] COELHO, M. G.; SANTOS, L. P.; SANTOS, C. L.; ANDRADE, S. M. A. Utilização de processos oxidativos avançados (POAs) no tratamento de líquidos percolados provenientes do aterro sanitário de Uberlândia-MG/Brasil. In: Anais do XXVIII Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental, Cancún, 2002.
  • [6] EPA - ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. Advanced Photochemical Oxidation Processes, Handbook, Washington, U.S., 1998.
  • [7] FERREIRA, J. A.; GIORDANO, G.; RITTER, E.; ROSSO, T. C. A.; CAMPOS, J. C.; LIMA, P. Z. M. Uma revisão das técnicas de tratamento de chorume e a realidade do Estado do Rio de Janeiro. In: 21º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, João Pessoa, PB, 2001.
  • [8] HACH Company. Procedures Manual of Spectrophotometer DR/2010. USA, 1996.
  • [9] KJELDSEN, P.; BARLAZ, M. A.; ROOKER, A. P.; BAUN, A.; LEDIN, A.; CHRISTENSEN, T. Present and long-term composition of MSW landfill leachate: a review. Environ. Sci. Technol., v. 32, n. 4, p. 297-336, 2002.
  • [10] MORAIS, J. L. Estudo da potencialidade de processos oxidativos avançados, isolados e integrados com processos biológicos tradicionais, para tratamento de chorume de aterro sanitário. Tese (Doutorado em Química), UFPR, Curitiba, PR, 2005.
  • [11] NAIK, S. P.; FERNANDES, J. B. Temperature programmed desorption studies on a new active zinc oxide catalyst. Thermochim. Acta, v. 332, p. 21-25, 1999.
  • [12] PEDROSO, K. Avaliação do tratamento do lixiviado do aterro sanitário de Maringá, Paraná, por processo de coagulação/floculação e ozonização. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana), UEM, Maringá, PR, 20
  • [13] TELLES, C. A. S. Processos combinados para o tratamento de lixiviado de aterro sanitário. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química), UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, 2010.
  • [14] VON SPERLING, M. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. 4 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 20
Como citar:

CORSO, B. L.; SCANDELAI, A. P. J.; TAVARES, C. R. G.; "REMOÇÃO DE COR E MATÉRIA ORGÂNICA DE LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO POR MEIO DE TRATAMENTO COM O3, O3/TiO2 e O3/ZnO", p. 264-269 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-303-33888-259988

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações