Artigo - Open Access.

Idioma principal

PROJETO WU – UMA PESQUISA DAS POÉTICAS DO DESIGN NAS LINGUAGENS CONTEMPORÂNEAS.

Rossi, Dorival Campos; Fernandes, Tatiana Aleixo Lima; Martinussi, Julia Carvalho;

Artigo:

Tecendo teorias e conceitos, o projeto manifesta a intenção de enriquecer o estudo das linguagens contemporâneas, prelúdio de uma nova maneira de encarar o sensível, o afeto, e o próprio Design. Híbrido, “Wu” é resultado de uma experiência imersiva a partir da perspectiva de quem o atualiza, sendo assim permanece inacabado, desdobra-se dentro de seus próprios processos. Colocando a Superfície ao mesmo tempo como entremeio e fronteira que excede a extensão das nossas relações, o projeto apresenta-se como uma instalação interativa, que se propõe a anular nossos referenciais habituais ao evidenciar a intangibilidade da Realidade e nossa percepção subvertida da mesma. Composto por uma intervenção audiovisual submersa em uma estrutura geodésica, sua dinâmica converge, conecta e reverbera todas as influências externas e internas. A potencialidade que o caracteriza emerge das infinitas possibilidades de significações, do seu eterno vir-a-ser em vazio e lugar, em superfície e profundidade, em linguagem e exprimível. Este projeto é fruto de um estudo desenvolvido dentro do grupo de pesquisa P.I.P.O.L.

Artigo:

Interlacing concepts and theories, the present work expresses the intention of enriching contemporary languages researches, as well as being a prelude to a new way to envisage human senses, affection, and Design itself. Hybrid, “Wu” is the result of an immersive experience based on the perspective of who interacts with it. Thus, it remains unfinished, unfolding through its own processes. Considering the Surface at the same time as means and frontier, exceeding the extension of our relations, this project presents itself as an interactive installation that seeks to nullify our ordinary referentials, by putting in evidence how intangible reality can be - and our subverted perception of it. Composed by an audiovisual intervention submersed throughout a geodesic structure, its dynamics converges, connects and reverberates all inner and outer influences. Its Potentiality emerges from its infinite signification possibilities, from its eternal come-tobe into void and places, surface and depth, language and expressiveness. This is the result of a study developed within P.I.P.O.L research group.

Palavras-chave: instalação, interação, percepção, conexões, design do sensível., installation, interaction, perception, connections, sensitive design.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00064

Referências bibliográficas
  • [1] BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. São Paulo: Martins, 2009.
  • [2] CAMUS, Albert. O Mito de Sísifo. Rio de Janeiro: Best Seller, 201
  • [3] CAPRA, Fritjof. Conexões Ocultas: Ciência para uma vida sustentável. São Paulo: Cultrix, 2002.
  • [4] CAPRA, Fritjof. O Tao da Física: um paralelo entre a física moderna e o misticismo oriental. São Paulo: Cultrix, 1983.
  • [5] CAUQUELIN, Anne. Frequentar os Incorporais. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
  • [6] CHERNG, Wu Jyh. O Tao e o Taoísmo. Jornal Tao do Taoísmo, n. 19. Disponível em Andlt;http://sociedadetaoista.com.br/blog/taoismo/Andgt; Acesso em 20 de Maio de 2013.
  • [7] DINIZ, J. A. V. Estruturas Geodésicas: Estudos Retrospectivos e Proposta para um Espaço de Educação Ambiental. 2006. 143 f. Tese (Mestrado em Engenharia Civil) - Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006. Disponível em: Andlt;http://joaodiniz.files.wordpress.com/2011/07/joao-diniz-dissertac3a7c3a3o-final 2.pdfAndgt; Acesso em 27 de Maio de 2013.
  • [8] DELEUZE, Gilles. Lógica do Sentido. São Paulo: Perspectiva, 199
  • [9] DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. Mil Platôs. Capitalismo e Esquizofrenia. v.4,Col. Trans. Rio de Janeiro: Editora 34. 1997.
  • [10] EAMES, Charles. A Communications Primer. EUA, 1953. 22 min. son., color. Disponível em: Andlt;http://www.youtube.com/watch?v=b2ljNJteRYMAndgt; Acesso em 28 de Maio de 2013. FLUSSER, Vilém. Língua e Realidade. São Paulo: Herder, 1963.
  • [11] FLUSSER, Vilém. O Mundo Codificado. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
  • [12] FLUSSER, Vilém. Uma filosofia do design: a forma das coisas. Lisboa: Relógio D’água, 2010.
  • [13] LEVY, PIERRE. O que é Virtual?. São Paulo: 34, 1996.
  • [14] LOTUFO, Vitor Amaral; LOPES, João Marcos de Almeida. Geodésicas Andamp; Cia. Projeto (Editores Associados Ltda.), São Paulo, 1982.
  • [15] MIRANDA, Regina. Corpo-espaço: Aspectos de uma Geofilosofia do Movimento. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2008.
  • [16] MOURA, Drayfine. A Ética dos Estoicos Antigos e o Estereótipo Estoico na Modernidade. Cadernos Espinosanos: Estudos sobre o séc. XVII, São Paulo, n. XXVI, p. 111-128, 2012. Disponível em Andlt;http://www.fflch.usp.br/df/espinosan os/ ARTIGOS /nu mero%2026/cadernos%2026.pdfAndgt;. Acesso em 20 de Maio de 2013.
  • [17] SERRES, Michel. Os Cinco Sentidos. Tradução de Eloá Jacobina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.
  • [18] TOBEN, Bob; WOLF, Fred Allan. Espaço-tempo e Além: Rumo a uma Explicação do Inexplicável. São Paulo: Cultrix, 1988.
  • [19] WISNIK, José Miguel. O Som e o Sentido: Uma Outra História das Músicas. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.
  • [20] ZOURABICHVILI, François. O Vocabulário de Deleuze. Rio de Janeiro, 2004. Disponível em Andlt;http://claudioulpiano.org. br.s87743.gridserver.com/wp-content/ Uploads/2010/ 05/deleuze-vocabulario-francois-zourabichvili1.pdfAndgt;. Acesso em 20 de Maio de 2013.
  • [21] ROM.
Como citar:

Rossi, Dorival Campos; Fernandes, Tatiana Aleixo Lima; Martinussi, Julia Carvalho; "PROJETO WU – UMA PESQUISA DAS POÉTICAS DO DESIGN NAS LINGUAGENS CONTEMPORÂNEAS.", p. 286-297 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00064

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações