Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Processos de criação da Companhia de Dança Contemporânea da UFRJ no contexto da ciência Andamp; arte

Meyer, André; Earp, Ana Célia de Sá; Cohen, Sara;

Artigo Completo:

Este trabalho visa refletir sobre os processos intermidiáticos de roteirização e montagem coreográfica dos espetáculos “Transições” e “Anatomia dos Contatos” da Companhia de Dança Contemporânea da UFRJ. Inicialmente são explicitadas relações entre ciência e arte tomando como referência a Hiperfenomenologia de François Dagognet, a partir da qual são abordadas questões-chaves da pesquisa, tais como: método morfológico e grafismo figurativo-simbólico, evidenciando o papel primordial que faz da imagem-símbolo o fundamento das ciências contemporâneas. A arte contemporânea é analisada como uma arte de interação multimidiática e plurisensorial, enfaticamente corporal e performática. Dentro deste contexto, vem se intensificando a presença de temas científicos como fonte de inspiração para a criação de espetáculos coreográficos. O trabalho demonstra como os Fundamentos da Dança de Helenita Sá Earp foram aplicados: a) na estetização coreográfica de mudanças estruturais e conformacionais celulares, moleculares e sub-moleculares presentes no modelo de regulação e homeostasia do cobre em leveduras que foi utilizado na roteirização do espetáculo multimídia “Transições” e b) na interação com a música através do uso de ruídos eletroacústicos, sonoridades desconstruídas, guitarra estruturada, sons da respiração, voz e percussão sinfônica juntamente com a pesquisa dos contatos e apoios do espetáculo “Anatomia dos Contatos”. Assim como Dagognet ressalta a epistemologia de índole estética na atualidade, este artigo aponta para uma poética intermidiática na dança como forma de arte contemporânea.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Ciência e Arte, Processos de Criação, Fundamentos da Dança de Helenita Sá Earp, Intermidialidades,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/phypro-intermidialidade2014-018

Referências bibliográficas
  • [1] Bulcão, M. (2010). O Gozo do Conhecimento e da Imaginação: François Dagognet diante da Ciência e da Arte Contemporânea. Rio de Janeiro: Mauad X.
  • [2] Cohen, R. (1999). Work in Progress na Cena Contemporânea. São Paulo: Perspectiva.
  • [3] Dagognet, F. (1975). Ecriture et Iconographie. Paris: J. Vrin.
  • [4] Earp, A. (2010). Princípios de conexões dos movimentos básicos em suas relações anátomo-cinesiológicas na dança segundo Helenita Sá Earp. Disponível em: Andlt; http://www.portalabrace.org/vicongresso/pesquisadanca/Ana%20C%E9lia%20S%E1%20Earp%20-%20Princ%EDpios%20de%20conex%F5es%20segundo%20H.%20Earp.pdfAndgt; Acessado em: 05/02/2015.
  • [5] Earp, R. (1992). Aspectos Comuns da Matemática, da Metafísica e das Artes. Revista Unimar, Universidade Estadual de Maringá, n. 14, v. 1, p.75-93.
  • [6] Meyer, A. (2012). Dança e Ciência: Estudo acerca de Processos de Roteirização e Montagem Coreográfica baseados em Formas e Padrões de Organização Biológicos a partir dos Fundamentos da Dança de Helenita Sá Earp. Tese (doutorado). Rio de Janeiro: UFRJ. http://fenix3.ufrj.br/50/teses/d/CCS_D_AndreMeyerAlvesDeLima.pdf
  • [7] Michaud, Y. (1984). Extérieur sans intérieur, corps sans âme? In Canguilhem, G; Debru, C; Escat, G; Guéry, F; Lambert, J; Moulin, A. Anatomie d’un épistémologue: Françõis Dagognet. Paris: J. Vrin.
  • [8] Schafer, M. (1992). O ouvido pensante. São Paulo: Unesp.
  • [9] Shaw, J. (1999). Editorial. In Forsythe, W. Improvisation Technologies - a tool for the analytical dance eye. Karlsruhe: ZKM Digital Arts Editions.
Como citar:

Meyer, André; Earp, Ana Célia de Sá; Cohen, Sara; "Processos de criação da Companhia de Dança Contemporânea da UFRJ no contexto da ciência Andamp; arte", p. 235-251 . In: Aguiar, Daniella; Queiroz, João (Eds.). Anais do 1º Congresso Internacional de Intermidialidade 2014 [=Blucher Arts Proceedings, v.1 n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2447-3332, DOI 10.5151/phypro-intermidialidade2014-018

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações