fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

PREDIÇÃO DA TEMPERATURA INICIAL DO LEITO INERTE NA PIRÓLISE DE BIOMASSA

NASCIMENTO, T. B.; PIRES, C. A. M.;

Artigo:

O estudo de novas fontes energéticas é de suma importância para o desenvolvimento econômico, ambiental e tecnológico da sociedade. A produção de bio-óleo a partir de biomassa encontra-se no grupo de energias alternativas discutidas atualmente. O emprego deste estudo está, muitas vezes, vinculado ao aproveitamento de resíduos orgânicos gerados em processos produtivos de pequeno e grande porte. A planta piloto estudada utiliza o resíduo da palma de sisal como matéria-prima para gerar bio-óleo através de pirólise rápida em reator de leito fluidizado. A percentagem de bio-óleo produzida está vinculada a temperatura de pirólise, que é indiretamente controlada pela temperatura do leito. Este estudo mostra através de ferramentas estatísticas, como regressão múltipla e planejamento experimental, que dentre a altura e granulometria do leito e a temperatura do gás de aquecimento, esta última é quem gera interferência mais significativa na temperatura de pirólise e, portanto merece maior atenção.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1290-20063-157505

Referências bibliográficas
  • [1] Almeida M., Bio-óleo a partir da pirólise rápida, térmica ou catalítica, da palha da cana-de-açúcar e seu co-processamento com gasóleo em craqueamento catalítico, p. 09-13, 2008.
  • [2] Araújo J. , A influência da adição de caulim, quartzo e feldspato potássico na formulação de massas cerâmicas para telhas: Modelo Estatístico, p. 24, 2008.
  • [3] Costa P., Produção de Hidrocarbonetos Líquidos e Gasosos por Pirólise de Resíduos Plásticos, p. 26 e 27, 2006.
  • [4] Gómez E, Estudo da Pirólise Rápida de Capim Elefante em Leito Fluidizado Borbulhante Mediante Caracterização dos Finos de Carvão, p. 13-16, 2002.
  • [5] MONTGOMERY. D; RUNGER G.; HUBELE N., Estatística Aplicada a Engenharia, Rio de Janeiro: Editora LTC, 2004.
  • [6] MONTGOMERY D. RUNGER G.; Estatística Aplicada e Probabilidade para Engenheiros, Rio de Janeiro , Editora LTC, 2012.
  • [7] Pérez J., Testes em uma planta de pirólise rápida de biomassa em leito fluidizado: critérios para sua otimização,p. 35-40, 2004.
Como citar:

NASCIMENTO, T. B.; PIRES, C. A. M.; "PREDIÇÃO DA TEMPERATURA INICIAL DO LEITO INERTE NA PIRÓLISE DE BIOMASSA", p. 8492-8499 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1290-20063-157505

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações