setembro 2015 vol. 2 num. 1 - VI Encontro Científico de Física Aplicada

Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Perfil tensões residuais em profundidade num aço inoxidável investigado através da técnica de difração de raios X

MIlagre, M. X.; MACHADO, C. S. C.; Orlando, M. T. D.;

Artigo Completo:

Conhecer o estadode tensões residuais de um material é importante na prevenção de falhasestruturais. A técnica de difração de raios X mostra-se vantajosa, para estefim, por ser um método não destrutivo de avaliação. Entretanto, no caso demetais, a alta absorção do feixe de difratado torna o valor de tensãoencontrado não representativo do bulk. Como forma de contornar este problema pode-semontar um perfil de tensões em função da profundidade. Neste trabalhoinvestigaram-se os valores de tensões residuais de uma amostra de aço inoxidávelduplex UNS S32304. Este material apresenta duas fases, uma ferritica eoutra austenítica. Para avaliar a tensão residual na fase austenítica acompanhou-seo comportamento do plano 420 com radiação CuKα (λ = 0,15419 nm ) emdifratômetro de geometria bragg-brentano. Submeteu-se a amostra a etapas depolimento eletrolí­tico com solução de H2SO4 25% etempos variados a fim de se obter um perfil de tensões  em função da profundidade.

Artigo Completo:

Palavras-chave: tensões residuais, difração de raios-x, profundidade,

Palavras-chave: tensões residuais, difração de raios-x, profundidade,

DOI: 10.5151/phypro-vi-efa-032

Referências bibliográficas
  • [1] Withers PJ. Bhadeshia HKDH. Residual stress part 2: nature and origins, Materials science and technology. 2011;17: 366-375.
  • [2] SAE HS-784. Residual stress measurement by x-ray diffraction. SAE Internacional. 2003
  • [3] FITZPATRICK. M.E. et al. Determination of residual stresses by x-ray diffraction: issue 2. National Physical Laboratory. Teddington. 2005
  • [4] ASTM E1558. Standard guide for electrolytic polishing of metallographic specimens. ASTM International. 2009
  • [5] ASTM E2860. Standard test method for residual stress measurement by x-ray diffraction for bearing steels. ASTM Internacional, 2012
  • [6] Silva CC. Avaliação das tensões residuais de soldagem em tubulações de pequeno diâmetro usadas em refinaria de petróleo [dissertação de mestrado]. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará; 2007
  • [7] Wojdyr M. Fityk: a general-purpose peak fitting program. Journal of Applied Crystallography. 2010; 43: 1126-1128
  • [8] JOHANSSON J.ODEN M. ZENG. X.-H. Evolution of the residual stress state in a duplex stainless steel during loading. Acta Metallurgica. 1999; 47; 9: 2669-2684
  • [9] Badji R.Bacroix B. Bouabdallah M. Texture, microstructure and anisotropic properties in annealed 2205 duplex stainless steel welds. Materials Caracterization. 2011; 62: 833-843
  • [10] Yang Y. Yan B. The microstructure and low behavior of 2205 duplex stainless steels during high temperature compression deformation. Materials Science & Engineering A. 2013; 579: 194-201
Como citar:

MIlagre, M. X.; MACHADO, C. S. C.; Orlando, M. T. D.; "Perfil tensões residuais em profundidade num aço inoxidável investigado através da técnica de difração de raios X ", p. 138-141 . In: Anais do VI Encontro Científico de Física Aplicada [=Blucher Physics Proceedings, v.2, n.1].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2358-2359, DOI 10.5151/phypro-vi-efa-032

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações