Abstract - Open Access.

Idioma principal

Ocorrência de Casos de Intoxicação Alimentar no Brasil, 2007-2012

Ocorrência de Casos de Intoxicação Alimentar no Brasil, 2007-2012

Santos, Aline Cristini dos; Machinski Junior, Miguel;

Abstract:

Introdução: Os alimentos são susceptíveis à contaminação por distintos agentes etiológicos, podendo culminar em doenças acarretadas pela ação de microrganismos patogênico ou suas toxinas. Tais contaminações podem levar a intoxicações alimentares que atingem milhões de pessoas em todo mundo. No entanto, Pesquisas utilizando o banco de dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), que possuem domínio público, podem minimizar custos e tempo, constituindo para pesquisas e organização de serviços e políticas públicas. O objetivo do trabalho foi analisar a ocorrência de notificações de intoxicação de origem alimentar.Materiais e métodos: Os dados foram obtidos por meio de consulta à base de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), disponibilizado pelo DATASUS no endereço eletrônico (http://www.datasus.gov.br), que foi acessado em 03/07/2014. A população do estudo foi constituída de todos os casos notificados de intoxicações exógenas pela ingestão de agente tóxico definido, alimento e bebida, no período entre 2007-2012 no território brasileiro. Resultados e discussão: O agente tóxico alimento ou bebida foi o mais notificado no espaço de tempo determinado, representando 87,05% de todos os casos. Destacando que foi escolhido o período de 2007-2012, por ser o intervalo de tempo que está disponível para o acesso. Houve um aumento anual crescente no numero de casos, culminando em 2012 o ano com maior numero de casos (n=4.710), possivelmente, isto deve-se pela intensificação das agências reguladoras para que os casos fossem efetivamente notificados. Outubro foi mês predominante (n=1.517). A região dominante foi a sudeste, com 3.349 casos notificados no estado de Minas Gerais, no entanto, Espirito Santo foi o estado com maior numero de exposições ao agente tóxico alimento ou bebida (n=1.463) e de todos os casos notificados, 3.364 residiam em Minas Gerais, o que pode ser justificado pela intoxicação alimentar de turistas que visitavam Espirito Santo, porém, residiam e notificaram os casos em Minas Gerais. Conclusão: É necessário que o diagnóstico laboratorial apropriado, a determinação da fonte e o tipo intoxicação alimentar seja realizado em todos os casos com suspeita de intoxicação alimentar, pois só assim é possível medir a rela ocorrência das intoxicações alimentares. A base de dados do DATASUS precisa ser mais explorada, tanto por pesquisadores, quanto por gestores de saúde pública para o apoio a projetos de pesquisa e implantação de políticas públicas.

Abstract:

Palavras-chave: Contaminação de Alimentos, Noticação de Intoxicação Alimentar, Ocorrência,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-249

Referências bibliográficas
Como citar:

Santos, Aline Cristini dos; Machinski Junior, Miguel; "Ocorrência de Casos de Intoxicação Alimentar no Brasil, 2007-2012", p. 193-194 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-249

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações