Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

O problema da análise comparativa nos estudos das adaptações

Rodrigues, Isadora Meneses;

Artigo Completo:

Este artigo se propõe a discutir a metodologia de análise comparativa nos estudos das adaptações a partir de teóricos que vão refletir a posição das imagens na sociedade contemporânea por meio da relação entre o dizível e o visível, como Vilém Flusser, W.J.T. Mitchell e Jacques Rancière. Com base nos teóricos citados, iremos defender a ideia de que não faz mais sentido falar em especificidade dos meios artísticos e tentaremos apontar caminhos alternativos para o estudo da relação entre palavra e imagem, utilizando os estudos da visualidade e da cultura visual.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Palavra, Imagem, Especificidade,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/phypro-intermidialidade2014-015

Referências bibliográficas
  • [1] Aumont, J. Andamp; Marie, M. (2006). Dicionário teórico e crítico de cinema. Campinas, SP: Papirus.
  • [2] Bazin, A. (1951). O cinema (Ensaios). Tradução de Eloísa de Araújo Ribeiro. São Paulo: Brasiliense.
  • [3] Bakthin, M. (2003). Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes.
  • [4] Bluestone, G. (1973). Novels into Film. Berkeley, University of Califórnia Press.
  • [5] Costa, F. (2005). O primeiro Cinema: espetáculo, narração e domesticação. Rio de Janeiro: Azougue editorial.
  • [6] Eisenstein, S. (2002). A Forma do Filme. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
  • [7] Flusser, V. (2011). Filosofia da Caixa Preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. São Paulo: Anablumm.
  • [8] Genette, G. (2006). Palimpsestos: a literatura de segunda mão. Extratos traduzidos por Luciene Guimarães e Maria Antônia Ramos Coutinho. Belo Horizonte: Faculdade de Letras - UFMG.
  • [9] Horário. (1992). Arte Poética. In: A Poética Clássica: Aristóteles, Horácio. Longino. Org. Roberto de Oliveira Brandão. São Paulo: Cultrix.
  • [10] Mitchell, W. J. T. (1994). Picture Theory. Chicago, University of Chicago Press.
  • [11] _________________. (1986). Iconology. Image, Text, Ideology. Chicago, University of Chicago Press.
  • [12] _________________. (2002) Showing seeing: a critique of visual culture. Journal of Visual Culture, Vol 1(2): 165-181.
  • [13] Rancière, J. (2012a). O destino das imagens. Rio de Janeiro: Contraponto.
  • [14] _________________. (2012b). As Distâncias do Cinema. Rio de Janeiro: Contraponto.
  • [15] _________________. (2009). A Partilha do sensível. São Paulo: Editora 34.
  • [16] Silva, M. V. B. Andamp; Freire, R. de L. (2013). Sobre uma sociologia da adaptação fílmica: um ensaio de método. Crítica Cultural, Florianópolis, v. 2, n. 2, p.1-7, dez. 2007. Disponível em: Andlt;http://linguagem.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/critica/0202/05.htmAndgt;. Acesso em: 28 dez. 2013.
  • [17] Silva, M. V. B. (2013). Adaptação intercultural: em busca de um modelo analítico. Significação, São Paulo, v. 1, n. 38, p.198-226, dez. 2012. Disponível em: Andlt;http://www.usp.br/significacao/artigo.asp?C�digo=107Andgt;.
  • [18] Stam, R. (2003). Introdução à teoria do cinema. Campinas, SP: Papirus.
  • [19] ____________. (2008). A literatura através do cinema. Belo Horizonte: Editora UFMG.
  • [20] Woolf, V. (2014). The Cinema. 1926. Disponível em: Andlt;http://modvisart.blogspot.com.br/2006/04/virginia-woolf-cinema-1926.htmlAndgt;.
Como citar:

Rodrigues, Isadora Meneses; "O problema da análise comparativa nos estudos das adaptações", p. 185-198 . In: Aguiar, Daniella; Queiroz, João (Eds.). Anais do 1º Congresso Internacional de Intermidialidade 2014 [=Blucher Arts Proceedings, v.1 n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2447-3332, DOI 10.5151/phypro-intermidialidade2014-015

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações