Artigo - Open Access.

Idioma principal

O PAPEL DO DESIGN NA GESTÃO DE RESÍDUOS DA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: UMA PROPOSTA DE PRODUTO

Santos, Heliana Marcia; Razza, Bruno Montanari; Santos, João Eduardo Guarnetti dos;

Artigo:

A produção do vestuário gera um volume grande de resíduos têxteis que podem ser reaproveitados para a geração de novos produtos. Neste contexto, é papel do design desenvolver soluções criativas para esses problemas. Atualmente, as preocupações com o meio ambiente estão diretamente ligadas à qualidade de vida e às futuras gerações, o que torna a procura por produtos com desenvolvimento sustentável agregado a responsabilidade social. A indústria têxtil gera desperdícios em quantidades consideráveis, nomeadamente as confecções, através das aparas, retalhos e peças rejeitadas. A indústria de confecção de vestuário é o setor principal na produção de bens finais dentro da cadeia de produção têxtil, no entanto, o ciclo de vida da maior parte dos produtos produzidos pelas confecções é curto, durando cerca de seis meses. O objetivo deste artigo é pontuar o papel do design como um dos agentes responsáveis para o desenvolvimento de novos produtos inseridos na gestão de resíduos das indústrias de confecção e apresentar uma proposta de produto inserido neste contexto. O material desenvolvido com o descarte das indústrias de confecção traz uma proposta para o desenvolvimento de têxteis de forma sustentável. Tendo em vista a responsabilidade social do designer de moda, a proposta de ação sustentável apresentada neste trabalho se aplica na conscientização de se reutilizar materiais já descartados, economia de um novo processo industrial relacionado à extração de recursos naturais, redução da poluição com o descarte de resíduos envolvidos no processo e interagir com a sociedade para introduzir essa consciência no consumo de produtos de origem reciclada.

Artigo:

The garment industry produces a high amount of residual fabric that can be reused in order to make new products. In this context, it is a role of the design to propose creative solutions to these problems. Currently, concerns about the environment are directly linked to life quality and future generations, which make the demand for sustainable products with assembled social responsibility. The textile industry generates a considerably high amount of waste, specially the clothing industry with retail and rejected products. This is the main sector in the production of final goods in the chain of textile production; however, the life cycle of most of the products produced by the clothing industry is short, lasting about six months. This paper had as a goal to point out the design role as an agent responsible to the development of new products reusing wastes generated by the garment industry, and to present a proposition of product design inserted in the sustainable context. The material developed with the discarded material of the clothing industries brings a proposal for the development of sustainable textiles. considering the social responsibility of the fashion designer, the sustainable action presented in this paper applies the awareness of reuse materials already discarded, saving a new industrial process related to natural resource extraction, pollution reduction with the disposal of residues involved in the process and the interaction with society to bring this awareness in the consumption of clothes made with recycled fibers.

Palavras-chave: Design, Resíduos Têxteis, Sustentabilidade, Confecção., Design, Textile waste, Sustainability, Garment.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-01402

Referências bibliográficas
  • [1] ABDI; UNICAMP. Relatório de Acompanhamento Setorial Têxtil e Confecção. Volume I. Campinas, 2008. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.abdi.com.br/ Estudo/textil%20e%20confeccao%20junho%2008.pdfAndgt;. Acesso em: 21 abr. 2014.
  • [2] ABIT- Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção. Perfil do setor. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.abit.org.br/Imprensa.aspx#3|LR|CAndgt;. Acesso em 28 abr. 2014.
  • [3] ALENCAR, R. C. S.; ASSIS, S. F. Gestão de resíduos sólidos gerados pelas indústrias de confecção de Colatina/ES. 2009. Disponível na internet por http em: Andlt;http://redectidoce.com.br/?secao=artigos_visualizarAndamp;id=1Andamp;artigo=85Andgt;. Acesso em: 21 abr. 2014.
  • [4] ARAUJO, M. Manual de Engenharia Têxtil. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 198
  • [5] BELMIRO, Arnaldo. Como fazer sapatos. Rio de Janeiro: Ediouro. 1986.
  • [6] BERWANGER, E.G. Antropometria do Pé Feminino em Diferentes Alturas de Salto Como Fundamento para Conforto de Calçados. Dissertação (Mestrado em Design). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2011. Disponível na internet por HTTP em: Andlt;http://hdl.handle.net/10183/31577Andgt; Acesso 20 abr. 2014.
  • [7] BERWANGER, E. G. Medidas de formas para calçados femininos no mercado brasileiro. Serviço Nacional De Aprendizagem Industrial – SENAI- RS- Centro tecnológico de Calçados SENAI, 2013. Disponível na internet em http Andlt; http://www.sbrt.ibict.br/acessoRT/27699Andgt; 17abr. 2014
  • [8] BRASIL. Decreto nº 7.404, de 23 de dezembro de 2010. Regulamenta a Lei n.12.305, de 2 de agosto de 2010. Brasília, 2010. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/Decreto/D7404.htmAndgt;. Acesso em: 23 abr. 2014.
  • [9] BRENDLER, E.; BRANDLI, L. L. Integração do sistema de gestão ambiental no sistema de gestão de qualidade em uma indústria de confecções. Gestão de Produção. vol.18, n. 1, 2011. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.scielo.br/scielo.php? pid=S0104530X2011000100003Andamp;script=sci_arttextAndgt; Acesso 21 de abril de 2014.
  • [10] CHATAIGNER, Gilda. Fio a fio: tecidos, moda e linguagem.São Paulo: Estação das Letras, 2006.
  • [11] FREIRE, Estevão; LOPES, Guilherme Bretz. Implicações da Política Nacional de Resíduos Sólidos para as práticas de gestão de resíduos no setor de confecções. REDIGE – Revista de Design, Inovação e Gestão Estratégica v.4, n.3, 2013. Disponível na internet por www em: Andlt;http://www.cetiqt.senai.br/ead/redige/index.php/redige/article/viewFile/190/234Andgt; Acesso em 15 abr. 2014
  • [12] JONES, Sue Jenkyn. Fashion design – Manual do Estilista. São Paulo: Cosac Naify, 2005.
  • [13] KAZAZIAN, T. Haverá a idade das coisas leves: Design e desenvolvimento Sustentável. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2005.
  • [14] MANZINI, E.; VEZZOLI, C. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: EdUSP, 2005.
  • [15] MARTINS, Susana; SAMPAIO, Cláudio Pereira de; MELLO, Nathalia Castilho. Moda e sustentabilidade; um proposta de sistema de produto- serviço para o setor de vestuário. Revista Projetica v.2, n.1, 2011. Disponível na internet por www em Andlt; http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/projetica/article/view/10532Andgt; Acesso em 20 abr. 2014.
  • [16] METZ, Cesar Augusto. Fabricação de sapatilhas tipo alpargata. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI-RS Centro Tecnológico do Calçado SENAI.2005. Disponível na internet por www em:Andlt;www.respostatecnica.org.br/acessoRT/335Andgt; Acesso 14 abr. 2014.
  • [17] MILAN, G. S; VITTORAZZI, C.; REIS, Z. C. A Redução de Resíduos Têxteis e de Impactos Ambientais: Um Estudo Desenvolvido em uma Indústria de Confecções do Vestuário. In: XIII Seminário de Administração. Anais do XIII Seminário de Administração, São Paulo, 2010. Disponível na internet por www em: Andlt;http://www.ead.fea.usp.br/semead/13semead/resultado/trabalhosPDF/282.pdfAndgt; Acesso 14 abr. 2014
  • [18] MORAES, Edson Vanderlei. Diferenças entre cabedais. Serviço Nacional De Aprendizagem Industrial – SENAI- RS- Centro tecnológico de Calçados SENAI, 2010. Disponível na internet em http Andlt; http://www.sbrt.ibict.br/acessoRT/17152Andgt; 17abr. 2014.
  • [19] PEZZOLO, D. B. Tecidos - História, Tramas, Tipos e Usos. SENAC. São Paulo, 2007. SUDJIC, Deyan. A linguagem das coisas. Rio de Janeiro; Intrínseca, 2010.
  • [20] VICENT-RICARD, Françoise. As espirais da moda. São Paulo: Paz e Terra, 1989.
Como citar:

Santos, Heliana Marcia; Razza, Bruno Montanari; Santos, João Eduardo Guarnetti dos; "O PAPEL DO DESIGN NA GESTÃO DE RESÍDUOS DA INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: UMA PROPOSTA DE PRODUTO", p. 2840-2851 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-01402

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações