Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

O MERCADO INFORMAL E A ERGONOMIA: UMA AVALIAÇÃO E PROJETO ERGÔNOMICO DE UMA RECHEADEIRA DE CHURROS

THE INFORMAL MARKET AND ERGONOMICS: AN EVELUATION AND ERGONOMIC DESIGN OF A CHURROS RECHEADEIRA

VASCONCELOS, Hortência Lira de; VASCONCELOS, Angélica Lira de; BARROS, Bruno;

Artigo:

O mercado informal se configura como um grande setor que envolve diretamente seres humanos em postos de trabalho improvisados. Desta forma o referente artigo objetivou a análise e projeto conceitual para o redesign ergonômico do maquinário destinado a rechear churros. Instalado em uma carrocinha, o artefato possui diversos problemas relacionados ao uso e principalmente a ergonomia. Através de análises antropométricas, biomecânicas, analises de similares e amparados pela metodologia de intervenção ergonomizadora do sistema humano-tarefa-máquina, foi possível identificar e listar os problemas que o mesmo ocasionava ao usuário e estabelecer uma possível solução projetual para os mesmos.

Artigo:

The informal market is configured as a large sector that directly involves human beings in makeshift jobs. thus the related article aimed to analysis and conceptual design for ergonomic redesign of machinery designed to fill churros. housed in a wagon, the artifact has several problems related to the use and especially ergonomics. through anthropometric analysis, biomechanical, similar analyzes and supported by ergonomizadora intervention methodology of the human-machine-task system, it was possible to identify and list the problems that it occasioned to the user and establish a possible architectural design solution for the same.

Palavras-chave: Mercado, Ergonomia, Churros, Market, Ergonomics, Churros,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-84-E096

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - NBR 10152: níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 1987.4 p.
  • [2] DUL. Jan. Ergonomia prática 1954. Editora Blucher 2° edição, tradutor Itiro Iida 2004.
  • [3] FILHO. João Gomes. Ergonomia do objeto: sistema técnico de leitura ergonômica.
  • [4] GRANDJEAN, E. Manual de Ergonomia: Adaptando o trabalho ao homem. 5.ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005.
  • [5] IIDA, Itiro. Egonomia: projeto e produção. 2ª edição. São Paulo: Edgard Blucher, 200
  • [6] Ler/DORT. Cuidados para a sua saúde. Disponível em Andlt;http://www.lerdort.com.brAndgt;Acesso em 16/01/2015.
  • [7] MORAES, Anamaria; MONT’ALVÃO, Cláudia. Ergonomia: Conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: 2AB, 2010.
  • [8] NORMA ISO 11064-6:2005 Disponível em: http://www.iso.org/iso/catalogue_detail.htm?csnumber=39713. Acessado em 16/01/201.
  • [9] PANERO, J., ZELNIK, M. Dimensionamento Humano para Espaços Interiores. Gustavo Gili, Barcelona, 2013.
  • [10] SOARES, M. M. Andamp; MORAES, A. de. Ergonomia Princípios e Métodos. Apostila Curso de Especialização – Departamento de Design, Universidade Federal de Pernambuco, 2003.
  • [11] VILLAROUCO, V. O ambiente está adequado? Anais do ENEAC 2007: I Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído e II Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. Recife, 2007.
Como citar:

VASCONCELOS, Hortência Lira de; VASCONCELOS, Angélica Lira de; BARROS, Bruno; "O MERCADO INFORMAL E A ERGONOMIA: UMA AVALIAÇÃO E PROJETO ERGÔNOMICO DE UMA RECHEADEIRA DE CHURROS", p. 646-657 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-84-E096

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações